• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.74.2006.tde-29012007-142000
Documento
Autor
Nome completo
José Luiz Domingues
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Pirassununga, 2006
Orientador
Banca examinadora
Nogueira Filho, Jose Carlos Machado (Presidente)
Alleoni, Guilherme Fernando
Henrique, Wignez
Leme, Paulo Roberto
Silva, Saulo da Luz e
Título em português
Avaliação do desempenho em confinamento, do metabolismo ruminal e do perfil de ácidos graxos da carne em novilhos Nelore, utilizando milho com alto teor de óleo nas dietas de terminação
Palavras-chave em português
Ácido linolêico conjugado (CLA)
Composição do ganho
Desempenho animal
Milho alto óleo
Nutrição de ruminantes
Perfil de ácidos graxos
Resumo em português
Nas pesquisas com bovinos de corte, além do bom desempenho animal e da viabilidade econômica, busca-se agregar características qualitativas à carne produzida. O fornecimento de milho alto óleo a bovinos de corte em terminação aumenta o ganho de peso e a qualidade de carcaça, quando comparado ao milho comum. Buscou-se consolidar as informações quanto aos efeitos das dietas para novilhos Nelore em confinamento, sobre os parâmetros da produção animal, como ganho de peso, rendimento de carcaça, degradabilidade das dietas, efeitos sobre os protozoários ciliados e outras medidas ruminais, parâmetros físicos do Longissimus dorsi, composição centesimal da carcaça, composição do ganho e perfil de ácidos graxos nesse músculo. Foram utilizados 48 novilhos da raça Nelore, com peso vivo inicial médio de 435 kg, submetidos a um dos seis tratamentos, usando dois tipos de milho (comum e alto óleo) e três níveis de inclusão de milho no concentrado (25%, 40% e 55%). Os animais foram confinados por um período de 84 dias. Amostras do Longissimus dorsi foram coletadas para avaliação das características físicas da carne e análise do perfil de ácidos graxos na gordura intramuscular. Os tratamentos não influenciaram o ganho de peso, o consumo de alimentos, a conversão alimentar ou os parâmetros da carcaça. A qualidade física da carne também não foi influenciada pelos tratamentos. Para as dietas contendo milho alto óleo, houve alteração na população de protozoários no rúmen e na degradação da FDN. Dietas com milho alto óleo favoreceram o aumento no total dos ácidos graxos intermediários da biohidrogenação na gordura intramuscular. Houve diferenças significativas no ácido rumênico (CLA - C18:2_cis9_trans11), passando de 0,43% para 0,49%, representando um aumento médio de 12,7%, devido ao uso de dietas contendo milho alto óleo.
Título em inglês
Evaluation of feedlot performance, ruminal metabolism and fatty acids profile of Nellore cattle using high oil corn on finishing diets
Palavras-chave em inglês
Animal performance
Conjugated linoleic acid (CLA)
Fat acid profile
Gain composition
High oil corn
Rumenic acid
Ruminant nutrition
Resumo em inglês
Beef cattle researchers, over than animal performance and economics are looking for nutritional characteristics of the products from ruminants. Inclusion of high oil corn (HOC) on diets increases weight gain and carcass quality compared to common corn grain. This study looks for data from animal performance on diets using high oil corn, evaluating live weight gain, carcass composition, diets digestibility, dry matter degradability, effects on ciliated protozoa number and quality, muscle quality characteristics, meat composition and fatty acids profile on intramuscular fat. Where used 48 Nellore steers, with initial average live weight of 435 kg in six treatments, using two corn grain varieties (common and high oil corn) and three levels of corn grain in concentrate diets (25%, 40% and 55%). Animals were in feedlot pens for 84 days, after an adaptation period to diets and installations. The Longissimus dorsi was used for evaluating meat characteristics and fatty acids profile on intramuscular fat. There was no effect of diets on daily gain, intake, conversion, or carcass parameters. Meat quality was not also affected by treatments. Diets with high oil corn altered protozoa population and ruminal degradation of NDF. The total biohidrogenated fatty acids in intramuscular fat were increased by treatment with high oil corn and also rumenic acid. Rumenic acid was the major conjugated linoleic acid (CLA) detected in this tissue, with concentrations increasing from 0,43% to 0,49%, representing an average increase of 12,7% caused for HOC diets.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
743430DO.pdf (365.65 Kbytes)
Data de Publicação
2007-02-02
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.