• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.74.2018.tde-25052018-113302
Documento
Autor
Nome completo
Fabricia de Arruda Roque
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Pirassununga, 2018
Orientador
Banca examinadora
Araújo, Lúcio Francelino (Presidente)
Albuquerque, Ricardo de
Gomide, Catarina Abdalla
Pizzolante, Carla Cachoni
Título em português
Enzimas exógenas para poedeiras comerciais
Palavras-chave em português
Carboidrase
Carboidrato
Fitase
Fósforo
Valorização de nutrientes
Resumo em português
As enzimas exógenas são mecanismos de redução de custos e otimização da eficiência do uso de ingredientes aumentando a digestão e reduzindo a excreção de nutrientes ao ambiente. Desta forma, foram realizados dois experimentos para avaliar o efeito da adição de enzima exógena sobre o desempenho e qualidade dos ovos de poedeiras comerciais. O primeiro estudo teve como intuito avaliar os efeitos da dieta com nutrientes reduzidos e suplementados com fitase para poedeiras comerciais de 70 a 86 semanas de idade sobre as características de desempenho, qualidade do ovo e parâmetros econômicos. As poedeiras comerciais Novogen White ® (n = 256) foram distribuídas de acordo com um delineamento inteiramente casualizado em quatro tratamentos, com oito repetições de oito galinhas cada: controle positivo (CP): dieta convencional, não suplementada com fitase; dieta com níveis reduzidos de P (-0.12%), Ca (-0.10%) e ME (-14 kcal / kg) e suplementados com 300 FTU fitase / kg (CN300FTU); dieta com níveis reduzidos de P (-0,16%), Ca (-0,13%), ME (-18 kcal / kg), CP (-18%), aminoácidos sintéticos (-0,01%) e suplementados com 600 FTU fitase / kg (RN600FTU); e dieta com níveis reduzidos de P (-0.18% P), Ca (-0.15%), ME (-20 kcal / kg), CP (-20%), aminoácidos sintéticos (-0,01%) e suplementados com 900 FTU fitase / kg (CN900FTU). Durante o experimento foi coletado os dados desempenho, a qualidade dos ovos e os dados de análise econômica. As poedeiras alimentadas com a dieta CN300FTU apresentaram uma produção de ovos 2,68% maior que as alimentadas com a dieta CP. As poedeiras alimentadas com CP tiveram os ovos mais pesados (66,80 g). A massa de ovos produzida por poedeiras alimentadas com CP e CN300FTU foi estatisticamente similar. As características de qualidade dos ovos não foram influenciadas pelos tratamentos dietéticos, com exceção da espessura da casca do ovo, cujo maior valor foi obtido nas poedeiras alimentadas por CP. O custo da ração da dieta CN900FTU foi aproximadamente 9% menor do que o da dieta CP. Este estudo mostrou que as poedeiras alimentadas com uma dieta de nutrientes reduzidos e suplementados com fitase de 300FTU produziram o melhor desempenho e resultados econômicos. No segundo experimento, foi avaliado os efeitos dos níveis de energia metabolizável e suplementadas com complexo enzimático para poedeiras comerciais, de segundo ciclo, de 84 a 100 semanas de idade em seu desempenho, qualidade do ovo e parâmetros econômicos. As poedeiras comerciais Hy-line White ® (n = 224) foram distribuídas de acordo com um delineamento inteiramente casualizado em esquema fatorial 2 X 2, dois níveis de energia metabolizável (2.626, 2.776 Kcal de energia metabolizável) e com e sem suplementação de carboidrase (5g/t), totalizando quatro tratamentos com sete repetições. Houve interação entre o nível de energia e o complexo enzimático para produção e massa de ovo. Sendo, maior produtividade e massa de ovos foi para as poedeiras alimentadas com maior nível de energia e a suplementada com o complexo enzimático. Conclui-se que a suplementação de enzimas exógenas (fitase e carboidrase) para poedeiras comerciais nos dois experimentos apresentou efeitos satisfatórios para as características zootécnicas e econômicas.
Título em inglês
Exogenous enzymes for commercial laying hens
Palavras-chave em inglês
Carbohydrase
Carbohydrate
Nutrient reduction
Phosphorus
Phytase
Resumo em inglês
The exogenous enzymes are mechanisms for cost reduction and optimization of the efficiency of the use of ingredients enhancing digestion and reducing the excretion of nutrients. In this way, two independent experiments were performed to evaluate the effect the addition of exogenous enzyme on egg production and quality characteristics of the egg of laying hens. The firty study, the objective of this study was to evaluate the effects of feeding reduced-nutrient diets supplemented with phytase to commercial laying hens from 70 to 86 weeks of age on their performance, egg quality, and economic parameters. Novogen White ® commercial laying hens (n=256) were distributed according to a completely randomized design into four treatments, with eight replicates of eight hens each: Positive control: conventional diet, not supplemented with phytase; diet with reduced levels of P (-0.12%), Ca (-0.10%), and ME (-14 kcal/kg), and supplemented with 300 FTU phytase/kg (RN300FTU); diet with reduced levels of P (-0.16%), Ca (-0.13%), ME (-18 kcal/kg), CP (-18%), synthetic amino acids (-0,01%), and supplemented with 600 FTU phytase/kg (RN600FTU); and diet with reduced levels of P (-0.18% P), Ca (-0.15%), ME (-20 kcal/kg), CP (-20%), synthetic amino acids (-0,01%), and supplemented with 900 FTU phytase/kg (RN900FTU). Performance, egg quality, and economic parameters data were collected during the experiment. The layers fed the RN300FTU diet presented 2.68% higher egg production than those fed the PC diet. PC-fed hens laid the heaviest eggs (66.80g). Egg mass produced by PC- and RN300FTU-fed hens were statistically similar. Egg quality traits were not influenced by the dietary treatments, except for eggshell thickness, which highest value was obtained in the PC-fed hens. The feeding cost of the RN900FTU diet was approximately 9% lower compared with that of the PC diet. This study showed that feeding layers with a reduced-nutrient diet supplemented with 300FTU phytase yielded the best performance and economic results. In the second experiment, study was to evaluate the effects of feeding levels of metabolizable energy diets supplemented with enzymatic complex to commercial laying hens, second cycle, from 84 to 100 weeks of age on their performance, egg quality, and economic parameters. Novogen White ® commercial laying hens (n=256) were distributed according to a completely randomized design into four treatments, with eight replicates of eight hens each: Positive control: conventional diet, not supplemented with phytase. Hy-line White ® commercial laying hens (n= 224) were distributed according to a completely randomized design into factorial arrangement 2 X 2, two levels of metabolizable energy (2,626, 2,776 Kcal of metabolizable energy) and with and without supplementation carbohydrase (0, 5 / t), totaling four treatments with seven repetitions. There was interaction between the energy level and the enzymatic complex for production and egg mass. Being, greater productivity and egg mass was for layers that had the highest energy level and the inclusion of the enzyme complex. It was concluded that the supplementation of exogenous enzymes (phytase and carbohydrase) for commercial laying hens in both experiments presented satisfactory effects for the zootechnical and economic characteristics.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
ME9502138COR.pdf (836.15 Kbytes)
Data de Publicação
2018-05-30
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.