• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.74.2018.tde-20062018-144642
Documento
Autor
Nome completo
Fábio Luís Henrique
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Pirassununga, 2018
Orientador
Banca examinadora
Titto, Cristiane Gonçalves (Presidente)
Celeghini, Eneiva Carla Carvalho
Gallo, Sarita Bonagurio
Raineri, Camila
Salvador, Flávio Moreno
Valente, Paula Pimentel
Título em português
Ovelhas desafiadas no final da gestação: respostas comportamentais e reprodutivas de cordeiros
Palavras-chave em português
Desenvolvimento testicular
Estresse
Lipopolissacarídeo
Ovinos
Relação materno filial
Resumo em português
Tendo em vista a importância fisiológica e comportamental da relação entre ovelha e cordeiro, este trabalho teve por objetivo confirmar o perfil de alterações fisiológicas do lipopolissacarídeo (LPS) em ovelhas no terço final da gestação e se mães estressadas durante a gestação apresentam maior disponibilidade e estabilidade quanto aos cuidados maternos com seus filhos, intencionando minimizar prejuízos ao longo da vida como compensação das adversidades sofridas durante a gestação, além de analisar a influencia deste estresse na gestação sobre os parâmetros reprodutivos dos cordeiros. Foram utilizadas 39 ovelhas prenhes, mestiças da raça Santa Inês, nulíparas, com idade média de 12 meses e média de 45 kg de peso vivo (PV), dando origem aos 17 cordeiros machos que também fizeram parte do experimento. As ovelhas gestantes foram divididas em dois tratamentos, TF e TC, devido à indução ou não de LPS no final da gestação. Foram avaliadas alterações fisiológicas e a relação materna destes animais até a idade da desmama dos cordeiros, assim como análises do desenvolvimento reprodutivo destes animais até completarem um ano de idade. Os dados comportamentais foram analisados pela teoria de modelos lineares generalizados proposta por Nelder e Wenderburn (1972), as medidas fisiológicas e os parâmetros reprodutivos, após análise de variância foram comparadas pelo teste F e t de stundent ao nível de 5% de significância, utilizando-se o procedimento GLIMMIX do software SAS para todas as análises. Houve diferenças em relação ao cortisol sanguíneo e a temperatura retal (P<0,05) devido à ação do LPS durante a gestação. Cordeiros desafiados pelo LPS durante a gestação apresentaram maiores dificuldades de aprendizado e memória aos 30 dias de vida durante um teste cognitivo em um labirinto (P<0,05). Sendo encontrados também diferentes perfis (P<0,05), entre os tratamentos, no que diz respeito aos cuidados maternos medidos segundo a interação comportamental entre ovelha e cordeiro, do momento do parto até a idade da desmama destes animais. Os índices de mamada e o início do consumo de alimentos sólidos pelos cordeiros apresentaram-se como uma boa prática de observação para se mensurar a capacidade de independência dos cordeiros. Para os dados reprodutivos houve efeito de tempo, em relação à idade da puberdade fisiológica ao início da maturidade sexual dos animais, para a maioria das variáveis analisadas (P<0,05), havendo efeito também de tratamento para a qualidade espermática dos cordeiros neste mesmo período (P<0,01). O LPS provoca alterações fisiológicas em ovelhas no final da gestação, influencia nos cuidados maternos e na capacidade cognitiva dos cordeiros, assim como altera a qualidade espermáticas de machos do durante a puberdade fisiológica até o início da maturidade sexual.
Título em inglês
Challenged sheep at the end of gestation: behavioral and reproductive responses of lambs
Palavras-chave em inglês
Lipopolysaccharide
Maternal filial relationship
Sheep
Stress
Testicular development
Resumo em inglês
Considering the physiological and behavioral importance of the relationship between sheep and lamb, this study aimed to confirm the profile of LPS physiological changes in sheep in the final third of gestation, and if mothers who are stressed during pregnancy present greater availability and stability regarding care maternal with their children, intending to minimize losses during the life as compensation of the adversities suffered during the gestation, besides analyzing the influence of this stress in the gestation on the reproductive parameters of the lambs. Thirty - nine pregnant ewes of Santa Inês breed, nulliparous, with a mean age of 12 months and an average of 45 kg of live weight were used, giving birth to the 17 male lambs that were also part of the experiment. Pregnant ewes were divided into two treatments, FT and CT, due to the induction or not of LPS at the end of gestation. Physiological and physiological values were evaluated in relation to the animals up to the weaned age of the lambs, as well as the responses to the reproductive development of the animals until one year of age. The behavioral data were analyzed by the theory of generalized linear models proposed by Nelder and Wenderburn (1972), the physiological measures and the reproductive parameters, after analysis of variance were compared by the test F et de stundent at the 5% level of significance, the SAS software GLIMMIX procedure is used for all analyzes. There were differences in blood cortisol and rectal temperature (P<0.05) due to the action of LPS during pregnancy. Lambs challenged by LPS during gestation presented greater learning difficulties and memory at 30 days of life during a cognitive test in a labyrinth (P<0.05). Different profiles (P<0.05) were also found among the treatments, in relation to the maternal care measured according to the behavioral interaction between sheep and lamb, from the moment of delivery until the weaning age of these animals. Feeding rates and the onset of solid food intake by lambs were a good observational practice in order to measure lambs' independence. For the reproductive data, there was a time effect, in relation to the age of physiological puberty at the beginning of the sexual maturity of the animals, for most of the analyzed variables (P<0.05), also having an effect on the sperm quality of the lambs in this same period (P<0.01). LPS causes physiological changes in sheep at the end of gestation, influences maternal care and cognitive ability of lambs, as well as alter the sperm quality of males during physiological puberty until the onset of sexual maturity.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
DO8389120COR.pdf (2.20 Mbytes)
Data de Publicação
2018-07-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.