• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.74.2002.tde-19122002-084149
Documento
Autor
Nome completo
Rosane Barros da Silva Stein
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Pirassununga, 2002
Orientador
Banca examinadora
Toledo, Luiz Roberto Aguiar (Presidente)
Almeida, Fernando Queiroz de
Leme, Paulo Roberto
Título em português
Avaliação de métodos para determinação da digestibilidade aparente utilizando farelo de vagem de Algaroba (Prosopis juliflora (Swartz) D.C.) em eqüinos.
Palavras-chave em português
digestibilidade
equinos
nutrição animal
suplementos alimentares para animais
Resumo em português
Utilizando 16 éguas adultas da raça Mangalarga Marchador, com idade entre 3,5 a 18,4 anos, e peso médio de 394,80 ± 46,22 kg, determinaram-se os coeficientes de digestibilidade aparente (CD) da matéria seca (MS), matéria orgânica (MO), proteína bruta (PB), fibra em detergente ácido (FDA), fibra em detergente neutro (FDN), hemicelulose (HCEL) e energia bruta (EB), e avaliou-se a viabilidade econômica de dietas contendo farelo de vagem de algaroba (FVA) em substituição ao milho desintegrado com palha e sabugo – rolão de milho (MDPS). Foram comparadas quatro metodologias para estimar os CDMS: colheita total de fezes (CT) e o uso dos indicadores internos: celulose indigestível (CELi), fibra em detergente ácido indigestível (FDAi) e cinza insolúvel em ácido (CIA). As dietas foram isoprotéicas e isocalóricas, compostas de feno de Coast cross (Cynodon dactylon cv. Coast cross) e concentrado (60:40%), e a variação ocorreu nos níveis de substituição do MDPS pelo FVA, os quais foram: 0, 33, 66 e 100%. O delineamento experimental adotado foi em blocos casualizados com 4 repetições em cada tratamento. A avaliação das estimativas do CDMS pelos indicadores foi efetuada através de um modelo considerando o viés, ou seja, a diferença entre CDMS estimado pelo indicador e pela CT. Não ocorreu efeito de bloco para nenhuma das variáveis estudadas. O consumo não foi afetado pelos tratamentos, obtendo-se valores médios de 1,8% PV (peso vivo), 7,02 kg MS/dia e 79,84 g MS/ kg PV 0,75. A substituição afetou quadraticamente a excreção de FDA e EB nas fezes (p < 0,05). Os CDMS, CDMO CDPB e CDHCEL não mostraram diferenças entre os tratamentos. As médias calculadas foram 49,19% (CDMS), 50,19% (CDMO), 56,89% (CDPB) e 35,46% (CDHCEL). Observou-se efeito linear decrescente para o CDFDN (p = 0,0105), e efeito quadrático para os CDFDA (p = 0,0468) e para o CDEB (p = 0,0147) em função dos níveis de substituição do MDPS pelo FVA. De acordo com as equações obtidas, o ponto máximo de digestibilidade para a FDA foi alcançado com 22,27% de substituição, enquanto para FDN e EB, com 0% de substituição do MDPS pelo FVA. Entre os indicadores avaliados o FDAi foi o de parâmetros mais acurados. Com respeito à precisão, não foram observadas diferenças entre os indicadores (p < 0,05). Sobre robustez, as estimativas da FDAi e da CELi foram afetadas pelo consumo de matéria seca e pelo próprio CDMS, ao passo que a CIA foi afetada apenas pelo CDMS (p < 0,05). As taxas de recuperação calculadas foram 98,49, 94,49 e 144,5% para a FDAi, CELi e CIA, respectivamente, e apenas a da FDAi não diferiu de 100% (p < 0,05). A classificação dos indicadores em função dos conceitos de avaliação utilizados (acurácia, precisão e robustez) foi FDAi > CIA > CELi. O custo das rações aumentou em 4,53, 10,64 e 11,60% para os níveis de 33, 66 e 100% de substituição, em relação ao tratamento isento de FVA. A viabilidade econômica da substituição do MDPS pelo FVA ocorre desde que o seu preço/kg não ultrapasse 85,95% do preço/kg do MDPS ou 70,09% do preço/kg do milho grão.
Título em inglês
Determination of apparent digestibility evaluation methods in equines, using mesquite pod meal (Prosopis juliflora (Swartz) D.C.).
Palavras-chave em inglês
alimentary supplements for animals
animal nutrition
digestibility
equine
Resumo em inglês
Sixteen mares of the Mangalarga Marchador breed, ageing from 3.5 to 18.4 years, weighting 394.80 + 46.22 kg were used. The apparent digestibility coefficients (CD) of dry matter (MS), organic matter (MO), crude protein (PB), acid detergent fiber (FDA), neutral detergent fiber (FDN), hemicellulose (HCEL) and gross energy (EB) were determined. The economic viability of the diets with mesquite pod meal (FVA) substituting corn and cob meal (MDPS) was evaluated. Four methods to estimate CDMS were compared: total feces collection (CT) and the use of internal markers: indigestible cellulose (CELi), indigestible acid detergent fiber (FDAi) and acid insoluble ash (CIA). The diets were isoproteic and isocaloric and were composed by Coast cross (Cynodon dactylon cv. Coast cross) hay and concentrate (60:40%). The variation occurred on the level of substitution of MDPS by FVA: 0, 33, 66 and 100%. A randomized complete blocks experimental design with 4 replications per treatment was adopted. The CDMS evaluation estimated by the markers was made by a model considering the bias, i.e., the difference between CDMS estimated by marker and by CT. Blocks did not affect significantly any studied variables. The intake was not affected by the treatments, averaging 1.8% PV (body weigh), 7.02 kg MS/day, 79.84 g MS/kg PV 0.75. The substitution had a second-degree effect on excretion of FDA and EB in feces (p < 0.05). The CDMS, CDMO, CDHCEL and CDPB did not differ between the treatments. The averages were 49.19% (CDMS), 50.19% (CDMO), 56.89% (CDPB), and 35.46% (CDHCEL). The decrease linear effect for CDFDN (p = 0.0105), and second-degree effect for CDFDA (p = 0.0468) and for CDEB (p = 0.0147), was observed in function of the substitution. According of the equations, the max point of digestibility to FDA was obtained with 22.27% of substitution, however to FDN e EB, was obtained with 0%. Between the evaluated markers, FDAi was more accurate. Considering precision, no differences were observed between markers (p < 0.05). On robustness, FDAi and CELi estimatives were affected by dry matter intake and by its own CDMS, whereas CIA’s estimative were affected only by CDMS (p < 0.05). Markers recoveries were 98.49, 94.49 and 144.5% for FDAi, CELi e CIA, respectively and, only the FDAi recovery did not differ from 100% (p < 0.05). The ranking of the markers by the evaluation of the concepts (accuracy, precision and robustness) was FDAi > CIA > CELi. The concentrate cost increased in 4.53, 10.64 and 11.60% for the substitution levels of 33, 66 and 100%, respectively, compared to the diets without FVA. The economic viability of substitution of MDPS by FVA occurs since its price/kg is not over 85.95% of the MDPS’s price/kg or 70.09% of the corn’s price/kg.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
3220936.pdf (1.39 Mbytes)
Data de Publicação
2002-12-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.