• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.74.2009.tde-13042009-094603
Documento
Autor
Nome completo
Letícia de Abreu Faria
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Pirassununga, 2009
Orientador
Banca examinadora
Luz, Pedro Henrique de Cerqueira (Presidente)
Mazza, Jairo Antonio
Zanetti, Marcus Antônio
Título em português
Levantamento sobre selênio em solos e plantas do Brasil e sua aplicação em plantas forrageiras
Palavras-chave em português
Brasil
Gramínea
Leguminosa
Selenato de sódio
Resumo em português
A incidência de altas concentrações de selênio (Se) no solo é relatada em várias partes do mundo. Em regiões do estado de São Paulo se observou deficiência em gramíneas, provavelmente associadas ao solo, que em alguns países é corrigido através de fertilização. O Se é essencial aos animais e sua deficiência implica na ocorrência de doenças e nas plantas superiores sua essencialidade também foi constatada. É relevante a falta de informações sobre o assunto a ser estudado, principalmente em solos tropicais. O objetivo da pesquisa foi à obtenção de informações sobre Se no sistema solo x planta. O experimento foi conduzido na FZEA/USP, e constou de uma fase de levantamento de dados sobre os teores de Se em diferentes solos brasileiros e para o teor foliar de Brachiaria decumbens neles desenvolvidas. A segunda fase consistiu na avaliação da aplicação de doses Selenato de sódio em solos considerados com teores deficientes de Se com o cultivo da gramínea Brachiaria brizantha [(Hochst. ex A. Rich.) Stapf] cv. Marandu e da leguminosa Stylosanthes capitata cv. Campo Grande avaliando os reflexos do micronutriente na nutrição mineral da planta, o que tem implicação direta na nutrição animal. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, em fatorial 3x2x3, sendo os fatores: 1º Fator: tipos de solo (Argissolo Amarelo, Latossolo Vermelho e Nitossolo Vermelho eutroférrico); 2º Fator: plantas forrageiras (Brachiaria brizantha e Stylosanthes capitata) e o 3º Fator: doses de selênio (0, 10 e 20 g.ha-1), com 4 repetições e realização de dois cortes (30 e 80 dias após a uniformização) e os dados foram analisados pelo proc mixed do SAS (2004). Na primeira fase verificou-se que os solos avaliados apresentaram baixos teores de Se e consequentemente, a gramínea desenvolvida neles apresentaram teores considerados deficientes, confirmando a relação do Se no solo e na planta que, pode ser variável de solo para solo. Os teores no solo apresentaram correlação negativa com o teor de areia. A leguminosa apresentou maior capacidade de absorção uma vez que, as doses aplicadas nos solos não foram satisfatórias para que a gramínea atingisse teores foliares necessários para suprir as exigências do animal. No caso da leguminosa a dose de 10 g.ha-1 já foi suficiente para que a planta atingisse o teor requerido, porém o aumento dos teores de Se na parte vegetal foram acompanhados por uma significativa redução nos teores de proteína. As doses não modificaram a produção de massa seca, mas alteraram a composição química das plantas com interferência nos teores de Ca na gramínea e de Ca, S, Fe e Mn na leguminosa. A fertilização do solo com doses de até 20 g.ha-1 de Se em pastagens consorciadas com leguminosas pode favorecer o aumento do consumo de Se pelos animais, porém em um curto espaço de tempo. Em pastagens solteiras, somente com Brachiaria brizantha essas doses foram baixas assegurando a necessidade de mais estudos para que seja possível a recomendação de doses eficientes sem correr riscos de intoxicação do animal, ou mesmo da planta.
Título em inglês
Selenium quantity in brasilian soils and plants, and selenium application in different forages
Palavras-chave em inglês
Brazil
Grassy
Legume
Selenate of sodium
Resumo em inglês
High Selenium (Se) concentrations in soil are reported in some places around the world. Deficiencies in grasses were observed in São Paulo´s state areas, probably associated with soil´s quantity of Selenium. Some countries correct this deficiency through of fertilization. Se is essential to animals and its deficiency causes diseases. Se essentiality in plants was evidenced. There is few scientific information about this subject, mainly in tropical soils. Research object was to get information about Se in soil x plant system. The research was realized in FZEA/USP and it had a part of datacollecting of Se quantities in Brazilian soils, and also Se quantities in plant (Brachiaria decumbens) developed in these soils. The second part involved different levels´ application of Sodium selenate in soils with cultures of one grassy Brachiaria brizantha [(Hochst. ex A. Rich.) Stapf] cv. Marandu and of one legume Stylosanthes capitata cv. Campo Grande. These soils were deficient in Se quantities. It was evaluated the consequences of the Selenium in plants mineral nutrition because its implication in animals nutrition. Experimental design was randomized blocks with factorial 3x2x3: 1º Factor: soils kinds (typic hapludalf, Oxisol, Red Dusky Podzol); 2º Factor: forages (Brachiaria brizantha e Stylosanthes capitata) and 3º Factor: Selenium levels (0, 10 and 20 g.ha-1). It was 4 repetitions and two cuts (30 and 80 days later uniformization). Datum were analyzed in proc mixed of the SAS (2004). The first part of research conclused that the soils had Se low quantities and consequently, the grassy had deficient quantities too. It confirmed the Ses relation soil-plant can be variable of soil to soil. Ses quantities in Soil had presented high negative correlation with sand quantities. Legume had greater capacity to Ses absorption. Levels of Ses applications in soil weren`t satisfactory to grassy, because Ses quantities in plant werent sufficient to supply animal requirement. Legume got enough plant quantity with 10 g.ha-1. However, the increase in plant quantity to legume was followed of significant reduction in protein quantities. Ses levels didn`t modified dry matter production. Ses levels modified plants chemical composition with interference in Ca quantities to grassy and Ca, S, Fe and Mn to legume. Ses animal consumption would be beneficed in pasture with legume in consort with application until 20 g.ha-1 in soil fertilization, however during short period. The levels evaluated wont be sufficient to pastures with only Brachiaria brizantha.This fact assured the necessity of more research to determinate the efficient level without risks of animal intoxication or plant intoxication.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
3744152ME.pdf (1.19 Mbytes)
Data de Publicação
2009-04-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.