• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.74.2007.tde-08022008-081236
Documento
Autor
Nome completo
Gabriela Aferri
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Pirassununga, 2007
Orientador
Banca examinadora
Leme, Paulo Roberto (Presidente)
Henrique, Wignez
Lanna, Dante Pazzanese Duarte
Medeiros, Sérgio Raposo de
Moreira, Marcelo Zacharias
Título em português
Exigências de energia e proteína e composição do ganho em peso compensatório de novilhos Nelore por meio do indicador óxido de deutério
Palavras-chave em português
desempenho
eficiência bioeconômica
exigências nutricionais
ganho de peso compensatório
parâmetros sangüíneos
restrição alimentar
Resumo em português
Foram utilizados 36 novilhos da raça Nelore, alojados em baias individuais em regime de confinamento, com 20 meses de idade e 359 kg no início do experimento, para determinar as exigências de energia e proteína líquidas para mantença e para ganho de peso, e também para avaliar o efeito da restrição alimentar sobre o desempenho e composição do ganho de peso, bem como o perfil hormonal dos animais e para avaliar a eficiência bioeconômica do ganho de peso compensatório em confinamento. Para isso foram realizados dois experimentos em seqüência, o primeiro teve uma duração de 58 dias e o segundo 78 dias. No primeiro foi fornecida uma mesma dieta, em três níveis de ingestão de matéria seca (MS), sendo alimentação ad libitum (TAL), 75 g MS/kg PV0,75 (T75) e 60 g MS/kg PV0,75 (T60). A composição corporal foi estimada com o óxido de deutério como marcador, que possibilitou a repetição das medidas nos mesmos animais e o estudo de suas respostas à realimentação. Os animais apresentaram exigência de energia líquida para mantença (ELm) de 0,070 Mcal/kg PV0,75 e a exigência de energia líquida para ganho (ELg) foi descrita pela equação ELg = 0,0467 * PCVz0,75 * GPCVz0,8585. A exigência de proteína metabolizável para mantença (PMm) foi determinada pela equação PMm = 4,32 * PV0,75 e a exigência de proteína metabolizável para ganho (PMg) foi de 266 g/kg GPCVz. No segundo experimento, os animais que receberam alimentação restrita na primeira fase foram alimentados ad libitum com a mesma dieta. Os hormônios avaliados foram influenciados pelo padrão de alimentação imposto aos animais e pelo ganho de peso compensatório. Animais que apresentaram ganho de peso compensatório apresentaram melhor eficiência bioeconômica.
Título em inglês
Energy and protein requirements and compensatory gain composition of Nellore steers through the marker deuterium oxide
Palavras-chave em inglês
bio economic efficiency
blood parameters
compensatory weight gain
feed restriction
nutritional requirements
performance
Resumo em inglês
Thirty six Nellore steers with a mean weight and age of 359 kg and 20 months at the beginning of the experiment were fed individually to determine the energy and protein requirements for maintenance and gain and also to evaluate the effect of the feed restriction on the performance and gain composition, hormonal profile and bio economic efficiency during re-alimentation. Two sequential experiments were developed, the first lasted 58 days and the second 78 days. In the first the steers were fed the same diet in three levels of dry matter intake, ad libitum (TAL), 75 g DM/kg LW0,75 (T75) and 60 g DM/kg LW0,75 (T60). The body composition was estimated with the marker deuterium oxide that allowed repeated water estimative of the same animal and the re-alimentation study. The steers had a net energy requirement for maintenance (NEm) of 0,070 Mcal/kg EBW0,75 and the net energy requirement for gain (NEg) was described by the equation NEg = 0,0467 * EBW0,75 * LWGVz0,8585. The metabolizable protein requirement for maintenance (MPm) was described by the equation MPm = 4,32 * LW0,75, and the metabolizable protein for gain (MPg) was 266 g/kg ELWG. In the second experiment the animals that had restricted intake in the first phase were fed ad libitum. The hormones evaluated were influenced by the feeding pattern that the animals were submitted and by the compensatory weight gain. Animals that showed compensatory gain had greater bio economic efficiency.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
DO1051340.pdf (460.15 Kbytes)
Data de Publicação
2008-02-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.