• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.74.2004.tde-01042005-110845
Documento
Autor
Nome completo
Nedilse Helena de Souza
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Pirassununga, 2004
Orientador
Banca examinadora
Franzolin Neto, Raul (Presidente)
Arrigoni, Mario de Beni
Gomide, Catarina Abdalla
Jorge, André Mendes
Schalch, Edison
Título em português
Metabolismo ruminal e balanço de minerais em bubalinos com diferentes níveis de ingestão de fósforo
Palavras-chave em português
búfalo
digestibilidade
fósforo
metabolismo ruminal
minerais
rúmen
Resumo em português
Quatro bubalinos adultos com fístulas ruminais foram utilizados com o objetivo de se estudar os efeitos da ingestão de níveis de fósforo sobre as características do metabolismo ruminal e digestão das rações. Foram avaliados os seguintes parâmetros: pH; concentração de amônia; volume e taxa de passagem do líquido ruminal; quantificação de minerais no conteúdo ruminal; digestibilidade com marcador (Cr2O3) e estimativa de excreção fecal de minerais. Os animais foram delineados em Quadrado Latino (4x4), com ingestão de quatro diferentes níveis de fósforo na dieta (8, 12, 15 e 18 gramas), mantendo-se a relação volumoso:concentrado foi de 85:15 e com o uso de cana de açúcar como único volumoso. Cada sub-período compreendeu 28 dias, sendo 14 de adaptação. Não houve influencia no pH,n a concentração de amônia, no volume e na taxa de passagem do líquido ruminal; nas concentrações de minerais no conteúdo ruminal (P, Ca, Mg, Na, K, S, Fe, Cu, Zn e Mn) e nos coeficientes de digestibilidade da matéria seca, fibra em detergente neutro, proteína bruta e energia bruta. Observou-se excreção linear de fósforo nas fezes em função ao fósforo ingerido da dieta, podendo ser estimada pela equação de regressão Y = 0,03 + 0,610 * X, onde Y é a quantidade de fósforo excretado nas fezes diariamente em g/kg0,75 e X é a quantidade de fósforo ingerido diariamente em g/kg0,75.
Título em inglês
Rumen metabolism and the mineral balance in water buffaloes with different levels of the phosphorus intake
Palavras-chave em inglês
Buffalo
digestibility
mineral
phosphorus
rumen
rumen metabolism
Resumo em inglês
Four mature buffaloes fitted with rumen cannulas were used to study the effects of different levels of the phosphorus intake on the ruminal metabolism and the digestion in the diets. Ammonia concentration, pH, fluid and solid outflow rates, rumen volume; concentration of mineral in the ruminal content; digestibility and estimate of faecal output of minerals were determined. The animals were designed in Latin Square experiment (4x4) with each period of 28 d of duration. Treatments were applied four rations with different levels of P intake (8, 12, 15 e 18 grams). The proportion forage for concentrate was 85:15 with only using fresh chopped sugar cane. No differences were observed among the treatments in the rumen parameters evaluated and digestibility. Increasing in phosphorus intake resulted in simple linear regression equation Y = 0.03 + 0.610 * X, where P output daily (g (kg bodyweight)-0,75) was used as the dependent variable (Y) and P intake daily (g / kg-0,75) was used as the independent variable (X).
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
1334982.pdf (466.45 Kbytes)
Data de Publicação
2005-04-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.