• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.71.2007.tde-25022008-152739
Documento
Autor
Nome completo
Wesley Charles de Oliveira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2007
Orientador
Banca examinadora
Neves, Eduardo Goes (Presidente)
Caldarelli, Solange Bezerra
Kipnis, Renato
Título em português
Caçadores Coletores na Amazônia: eles existem
Palavras-chave em português
Arqueologia Amazônica
Caçador coletor
Carajás
Cultura material
Lítico
Resumo em português
O estudo aqui proposto visa sistematizar os dados arqueológicos e etnográficos sobre sociedades de caçadores-coletores da região Amazônica, bem como os dados paleoambientais dessa mesma região, para testar e refinar modelos sobre a colonização da floresta amazônica por sociedades baseadas em uma economia de forrageiro. Este trabalho também pretende contribuir com novos dados arqueológicos fundamentados em estudos recentes na região de Carajás no estado do Pará. Atenção especial é dada ao material lítico, uma vez que essa é a evidência arqueológica mais duradoura e, portanto, a mais abundante relacionada às sociedades de caçadores-coletores da Amazônia. A viabilidade de uma ocupação humana em áreas de floresta tropical baseada em uma economia de forrageiro tem sido questionada segundo uma perspectiva de fatores limitantes, como ausência de proteína (Lathrap, 1968) ou carboidratos (Bailey, 1989). Estudos etnográficos e ecológicos na região Amazônica têm demonstrado que as generalizações feitas no passado e a limitação ambiental da floresta não procedem. Apesar disso, e do fato de termos presenciado nos últimos anos um crescente número de pesquisas na região voltadas especificamente para a questão da colonização Neotrópical por sociedades de caçadores-coletores, com geração de datações que indicam uma ocupação bem antiga, durante o Pleistoceno final e Holoceno inicial, ainda temos que gerar dados empíricos confiáveis. Além disso, devemos refinar esses modelos para que novos estudos, tanto do ponto de vista teórico, como do ponto de vista empírico, sejam aceitos pelo crivo acadêmico.
Título em inglês
Amazonian hunter-gatheres: they exist
Palavras-chave em inglês
Amazonian archaeology
Carajás
Hunter-gatheres
Litics
Material culture
Resumo em inglês
The present study is a systematization of archaeological and ethnographic data on Amazonian hunter-gatherers societies, as well as a survey of paleoenvironmental studies from the same region with the aim to test and refine models that explain the colonization of Amazon forest by societies based on foraging economy. This work also contributes to new archaeological data based on recent research in Carajás region, Pará state. Especial attention is given to lithic material, which is the most durable archaeological evidence, therefore, the most abundant cultural remain associated with Amazonian hunter-gatherer societies. The viability of human occupation in tropical forest regions based on a foraging economy has been challenged from an environmental limiting-factor perspective such as low accessibility of protein (Lathrap, 1968) or carbohydrate (Bailey, 1989) for human foragers. Ethnographic and ecological studies in the Amazon region have demonstrated that past generalizations and environmental limitations of tropical forest don't proceed. Despite that, and the fact that in the past few years we have witnessed a growing number of research in the area focused on the question of hunter-gatherers colonization of the neotropics, with the generation of a chronology that indicates the antiquity of human occupation, dating back to the terminal Pleistocene, and early Holocene, we still have to generate more robust empirical data. Furthermore, we need to refine our models, theoretically and empirically, so that the new studies are accepted by the scientific community.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
tdeWesley.pdf (2.70 Mbytes)
Data de Publicação
2008-03-07
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.