• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.71.2009.tde-16042009-113806
Documento
Autor
Nome completo
João Henrique Rosa
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Funari, Pedro Paulo Abreu (Presidente)
Alves, Marcia Angelina
Nascimento, Flavio Antonio da Silva
Título em português
Entre alagados e penhascos: o ouro da liberdade nas resistências quilombolas do século XVIII na capitania de Mato Grosso - região mineradora Guaporeana
Palavras-chave em português
Economia mineradora quilombola
Quilombos
Resistências negras
Rio Guaporé
Trabalhadores escravizados
Resumo em português
Na atual emergência da construção de um discurso social requerido para a identidade de remanescentes de quilombos, este trabalho busca refletir sobre as resistências dos trabalhadores escravizados na região mineradora do rio Guaporé, na Capitania de Mato Grosso, entre a fundação de Vila Bela da Santíssima Trindade em 1752 e anos iniciais do século 19, tendo como suporte fontes arqueológicas, documentais escritas e de memória. Propõe evidenciar as bases materiais para a construção de táticas de resistência e contraponto à estrutura repressora administrativa/senhorial escravista, e a partir delas o surgimento de quilombos como sua forma mais elaborada. Traz ainda uma possível interpretação dessa construção social em confluência com a invenção de uma economia mineradora paralela ao sistema colonial ao estabelecer os assentamentos quilombolas sobre terrenos auríferos. Ao final, sugere a existência na cidade de um reordenamento interno de falas autorizadas e ainda o surgimento de discursos a reconstruir um passado quilombola necessário.
Título em inglês
Between flooded and cliffs: the gold of the freedom in maroon resistances of century XVIII in the captainship of Mato Grosso - mining region of river Guaporé
Palavras-chave em inglês
Black resistances
Enslaved workers
Maroons
Mining economy
River Guaporé.
Resumo em inglês
The master's dissertation aims at discussing resistance strategies by enslaved workers, at the mining areas at Mato Grosso, since 1752 until the beginning of the 19th.c. The dissertation uses archaeological evidence and documents. It also aims at exploring the material culture strategies used by slaves to resist oppression, during colonial rule. It also studies maroons as a main resistance strategy, relating those settlements to alternative mining practices, out of colonial control. Last but not least, the dissertation explores the ways discourses about the past contribute to reconstruct maroon past experiences.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2009-04-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.