• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.71.2009.tde-15042009-140624
Documento
Autor
Nome completo
Laércio Loiola Brochier
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Afonso, Marisa Coutinho (Presidente)
Araujo, Astolfo Gomes de Mello
Giannini, Paulo Cesar Fonseca
Kipnis, Renato
Oliveira, Maria Cristina Tenorio de
Título em português
Controles geoarqueológicos e modelos morfoestratigráficos: implicações para o estudo das ocupações pré-históricas na costa sul-sudeste do Brasil
Palavras-chave em português
Geoarqueologia costeira
Informação e incerteza
Modelagem preditiva
Modelos morfoestratigráficos
Probabilidade Bayesiana
Sítios arqueológicos enterrados
Resumo em português
A presente tese refere-se a uma proposta de abordagem geoarqueológica voltada ao estudo de sítios arqueológicos costeiros, enfocando pressupostos teóricos e metodológicos ligados à uma aproximação entre a Arqueologia, Geociências e Ciências da Informação. Objetivou em um primeiro momento, inserir questões e problemáticas relativas a necessidade de inclusão da incerteza no raciocínio e práticas arqueológicas, vislumbrando as possibilidades de seu tratamento. Neste sentido, a percepção do "problema da não informação" constituiu o argumento conceitual para a elaboração de um modelo de raciocínio dialético sobre a aquisição, geração, seleção e transmissão de informações na disciplina. Nessa perspectiva, sobreveio a necessidade da interação constante entre Teorias de Formação e de Recuperação, como passo essencial ao controle das perdas e ganhos informacionais e, ao tratamento das imperfeições, incompletudes, imprecisões e ambiguidades ligadas aos fenômenos arqueológicos e seu registro científico. Um dos aspectos explorados refere-se à percepção das incertezas e vieses envolvidos na interpretação das ocupações costeiras, notadamente quanto às problemáticas de origem e migração das primeiras populações nessas áreas. Em um modelo atual dicotômico entre o interior e o litoral, onde mesmo os sítios mais antigos (somente sambaquis) acham-se dispostos sobre a superfície dos terrenos, a percepção da dinâmica e complexidade dos sistemas costeiros, fica restrita ao enquadramento desses sítios em sucessões de cenários geomórficos e paeogeográficos. Deste modo, pouca atenção é dada às conseqüências de agentes dinâmicos sobre a configuração e seleção de sítios na atual paisagem costeira, bem como, à possibilidade de ocorrência e detecção de diferentes classes de sítios, que foram preservados em profundidade por meio de processos de capeamento sedimentar. Assim, em um segundo momento, foi proposto à utilização do conceito de "Controles Geoarquelógicos" (CG) no estudo e explicitação dos condicionantes naturais e analíticos envolvidos em uma pesquisa de caráter regional, cujo enfoque está nas relações informacionais estabelecidas entre sítios arqueológicos e meio (natural e analítico), e cujo resultado (síntese dialética) compreenderia a noção de evento arqueológico. Diante da explicitação da variabilidade envolvida na caracterização do Registro Arqueológico Regional (RAR), bem como, dos condicionantes complexos derivados da estrutura, dinâmica e evolução da paisagem, o evento arqueológico considerado na tese, compreendeu a investigação da probabilidade de preservação de sítios costeiros antigos (teoria de formação) e do seu potencial de detecção (teoria de recuperação). Neste sentido foi utilizado o raciocínio abdutivo para gerar hipóteses sobre a preservação ou não de sítios encobertos, tendo por base os modelos sedimentares e morfoestratigraficos produzidos para a costa sul-sudeste. Por sua vez, a busca de indicadores nas planícies costeiras de Guaratuba-PR e de Caraguatatuba SP, possibilitou apontar condicionantes (variáveis) favoráveis a geração de um modelo de trapeamento de sítios (capeamento e preservação sedimentar) para a região da Baía de Guaratuba. Por fim, foi testado o raciocínio probabilístico Bayesiano e a Teoria de Evidências (Dempster-Shafer) para a inclusão e representação da incerteza na pesquisa de sambaquis, visualizando um método de tratamento das evidências e inferências geradas em sistemas baseados em conhecimento. Esses mesmos métodos também permitiram determinar os pesos para os diferentes indicadores, e as condições de necessidade, suficiência e ambigüidade das variáveis na geração de mapas aplicados à predição da favorabilidade e suscetibilidade de sítios arqueológicos enterrados na planície costeira de Guaratuba.
Título em inglês
Geoarchaeological Controls and Morphostratigraphic Models: implications for the study of prehistoric occupation on the south-southeast coast Brazil
Palavras-chave em inglês
Bayesian Probability
Buried Archaeological Sites
Coastal Geoarchaeology
Information and Uncertainty
Morphostratigraphic Models
Predictive modelling
Resumo em inglês
This thesis refers to a proposal for a geoarchaeological approach focused on the study of coastal archaeological sites, concentrating on theoretical and methodological assumptions related to a closeness between the archeology, the Information Sciences and Geosciences. It aimed in a first moment, to insert issues and problems concerning the need for inclusion of uncertainty in archaeological reasoning and practice, foreseeing the possibilities of their treatment. In this sense, the perception of the "no information problem" was the argument for the conceptual development of a model of dialectical thinking about the acquisition, generation, selection and transmission of information in the discipline. Accordingly, the need for constant interaction between Formation and Recovery Theories became an essential step to the control of informational losses and gains, and the treatment of imperfections, incompleteness, inaccuracies and ambiguities relating to archaeological phenomena and their scientific record. One of the aspects exploited, is the perception of slants and uncertainties involved in the interpretation of coastal activities, notably on issues of origin and migration of the first people in those areas. In a current dichotomic model between the interior and the coast, where even the oldest sites (only sambaquis) are found placed on the surface of the land, the perception of the complexity and dynamics of the coastal systems, is restricted to the framework of these sites in a succession of geomorphic and paleogeographics "scenarios". Thus, little attention is given to the dynamic agents consequences on the configuration and selection of sites in the coastal landscape, and the possibility of occurrence and detection of different classes of sites, which were preserved indepth by a sedimental capstone process. Therefore, in a second moment, it was proposed to use the concept of "geoarchaeological control " (GC) in the study and explanation of natural and analytical conditions involved in a research of regional manner, whose focus is on the informational relations established between archaeological sites and the environment (natural and analytical), whose result (dialectical synthesis) understand the concept of the archaeological event. Given the explicit characterization of the variability involved in the Regional Archaeological Record (RAR), as well as the complex condition agent derived from the structure, dynamics and evolution of the landscape, the archaeological event considered in the thesis, understand the research of the probability of preservation of ancient coastal sites (formation theory) and its potential for detection (recovery theory). In this sense abdutive reasoning was used to generate hypotheses about the preservation or not of covered sites, based on the sedimentary and morphostratigraphic models produced for the south-southeast coast. In turn, the search for indicators in the coastal plains of Guaratuba- PR and Caraguatatuba-SP, it made possible to point constraints (variables) favorable to the generation of a trap model for sites (sedimental capstone and preservation) for the region of Guaratuba Bay. Finally it was tested the probabilistic bayesian reasoning and Evidence Theory (Dempster-Shafer) for the inclusion and representation of uncertainty in the research of sambaquis foreseeing a method of treatment of the evidence and inferences generated by knowledge-based systems. These methods also allowed to determine the weights for different indicators, and the conditions of necessity, sufficiency and ambiguity of the variables in the generation of maps applied to the prediction of favorability and susceptibility of buried archaeological sites in the coastal plain of Guaratuba.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2009-04-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.