• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.71.2009.tde-13082009-170044
Documento
Autor
Nome completo
Paulo de Castro Marcondes Machado
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Hirata, Elaine Farias Veloso (Presidente)
Aldrovandi, Cibele Elisa Viegas
Allegrette, Alvaro Hashizume
Brancaglion Junior, Antonio
Morais, Jose Luiz de
Título em português
Estados primitivos em Creta: a administração neopalacial e as unidades sócio-políticas minóicas
Palavras-chave em português
Civilização minóica
Creta
Estados primitivos
Resumo em português
A civilização minóica da Creta da Idade do Bronze foi uma das poucas civilizações européias a organizar a sociedade através de um sistema palacial. Os estudos sobre a formação dos estados minóicos devem analisar em profundidade o sistema administrativo palacial e as mudanças no mesmo ao longo de seus seis séculos de funcionamento - neste trabalho pretende-se analisar a evolução da complexidade das unidades sócio-políticas minóicas através da análise de suas formas administrativas. A definição de categorias de sítios administrativos - pela análise funcional dos vestígios arquiteturais e dos achados arqueológicos dos mesmos - e o estudo dos padrões hierárquicos entre os diversos sítios, serão o cerne do trabalho. O uso de metodologias apropriadas para a análise de processos de mudança e formação de instituições político-administrativas, como a Teoria de Sistemas e os conceitos de peer polity interaction de Colin Renfrew, serão as ferramentas básicas deste projeto. Esse trabalho é um desdobramento de pesquisa desenvolvida em Mestrado realizado no MAE/USP sobre as interações entre os estados primitivos de Creta e as práticas de culto minóicas.
Título em inglês
Early states in Crete: neopalatial administration and the minoan polities
Palavras-chave em inglês
Crete
Early state formation
Minoan civilization
Peer polity interaction
Resumo em inglês
The Minoan Civilization of the Bronze Age Crete was one of the few european civilizations that organized its society through a palatial system. The studies about the development of the Minoan States must analyse thoroughness the administrative palatial system and the changes that have occured on it during its six centuries of functioning. In this thesis we intend to analyse the complexity evolution of the Minoan polities through the analysis of its administrative configurations. The definition of administrative sites - through the function analysis of the architectural vestiges and of its archaeological discoveries - and the study of the hierarchic patterns among the sites, will be the main point of this research. The use of usefull methodologies for the analysis of early state formation and culture change, like systems theory and the concepts of peer polity interaction, will be the basis tools of this project. This research follows research developed in the mastership done in MAE/USP about the interaction between the early states of Crete and the Minoan ritual practices.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2009-08-31
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.