• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.71.2006.tde-07082006-104608
Documento
Autor
Nome completo
Marcia Severina Vasques
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2005
Orientador
Banca examinadora
Fleming, Maria Isabel D Agostino (Presidente)
Brancaglion Junior, Antonio
Bustamante, Regina Maria da Cunha
Florenzano, Maria Beatriz Borba
Hirata, Elaine Farias Veloso
Título em português
Crenças funerárias e identidade cultural no Egito Romano: máscaras de múmia
Palavras-chave em português
Costumes funerários
Egito Romano
Etnicidade
Identidade cultural
Máscaras funerárias
Religião funerária
Resumo em português
Por meio da análise das máscaras funerárias do Egito Romano procuramos discutir algumas questões relevantes sobre a sociedade egípcia de então. A principal delas é a criação de uma elite local de origem “grega” pelo governo romano e seu papel na propagação de elementos de origem grega e romana no meio cultural egípcio, os quais podem ser observados nas características faciais e no tipo de vestimenta retratados nas máscaras funerárias. Estas formas artísticas variavam cronológica e geograficamente, conforme as particularidades regionais e o interesse da elite dominante aliada ao Império Romano. Nesta complexa rede de relações sociais, as crenças funerárias do Egito Romano mantêm a tradição que remonta ao período faraônico. A máscara pode ser considerada tanto como uma salvaguarda da memória social do morto, o qual preserva assim seu status social, como seu duplo e substituto mágico no Além.
Título em inglês
Funerary beliefs and cultural identity in Roman Egypt: mummy masks
Palavras-chave em inglês
Burial masks
Cultural identity
Ethnicity
Funerary religion
Roman Egypt
Resumo em inglês
Through the analysis of burial masks of Roman Egypt we discuss some relevant issues bearing on the Egyptian society of those times. Prominent among them is the creation of a local elite of “Greek”origin by the Roman government, and its role in the propagation of elements of Greek and Roman origin in the Egyptian cultural milieu, which can be observed in the facial characteristics and in the garments portrayed in the burial masks. These artistic forms varied chronologically and geographically, according to the regional particularities and the interest of the dominant elite, allied to the Roman Empire. In this complex network of social relationships the funerary beliefs of the Roman Egypt mantain the tradition which reaches back to the pharaonic period. The mask may be considered as much as a safeguard of the social memory of the dead, which, in this way, preserves his social status, as well as his double one and magic substitute in the Beyond.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
tese.volumeI.pdf (4.79 Mbytes)
tese.volumeII.pdf (10.80 Mbytes)
Data de Publicação
2006-08-25
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.