• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.71.2018.tde-05062018-085208
Documento
Autor
Nome completo
Grasiela Tebaldi Toledo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Bruno, Maria Cristina Oliveira (Presidente)
Carneiro, Carla Gibertoni
Soares, Fernanda Codevilla
Vasconcellos, Camilo de Mello
Wichers, Camila Azevedo de Moraes
Título em português
Musealização da Arqueologia e Conservação arqueológica: experiências e perspectivas para a preservação patrimonial
Palavras-chave em português
Conservação arqueológica
Musealização da Arqueologia
Patrimônio arqueológico
Preservação
Resumo em português
A Musealização da Arqueologia e a Conservação arqueológica são os eixos estruturantes desta tese, que busca delinear o relacionamento entre a Arqueologia, Museologia e Conservação na produção acadêmica nacional e nas experiências desenvolvidas na Universidade Federal de Pelotas (UFPel). Por meio de análises bibliométricas, foram quantificadas e analisadas teses, dissertações e publicações em eventos a fim de mapear e avaliar a construção de conhecimento dessas temáticas. Também foram entrevistados profissionais das áreas e realizado o acompanhamento das atividades dos pesquisadores da UFPel, compondo um quadro de potencialidades e limites das interfaces disciplinares. O diagnóstico de aproximações e distanciamentos entre as três áreas foi fundamental para a compreensão de diferentes momentos e interlocuções, propiciando o entendimento do contexto atual no que se refere às perspectivas para a preservação do patrimônio arqueológico. No ambiente universitário, laboratórios de Arqueologia, projetos de pesquisa, programa museológico e atuações de diferentes profissionais (arqueólogos, museólogos e conservadores) complementam e tornam complexo esse cenário. A partir dessas análises e articulando-se com as legislações e recomendações acerca do patrimônio arqueológico nacional, apresentaram-se alguns aprendizados e premissas para a gestão multidisciplinar do patrimônio arqueológico. A premissa básica estabelece que as três áreas precisam estar em patamares equânimes para articularem-se por meio de conceitos e pressupostos teórico-metodológicos condizentes com os desafios patrimoniais contemporâneos. Dessa forma, aliando as áreas de forma equilibrada, torna-se possível empreender a pesquisa arqueológica de maneira integral, com planejamentos prévios e interdisciplinares embasados na cadeia operatória de procedimentos museológicos, que envolve a salvaguarda (conservação e documentação) e a comunicação (exposições e ações educativo-culturais). Assim, as pesquisas arqueológicas vindouras, bem como as já empreendidas e os acervos arqueológicos salvaguardados em diferentes instituições, têm o potencial de ensejar ações multidisciplinares que oportunizam a proteção e promoção do patrimônio arqueológico. Essas ações, articuladas por um viés preservacionista, que se orienta por perspectivas participativas, multivocais e compartilhadas, possibilita que o patrimônio exerça sua função social na contemporaneidade.
Título em inglês
Musealization of Archeology and Archeological Conservation: experiences and perspectives for patrimonial preservation.
Palavras-chave em inglês
Archaeological conservation
Archaeological heritage
Musealization of archeology
Preservation
Resumo em inglês
The Musealization of Archeology and Archaeological Conservation are the structuring axes of this thesis, which purpose is to outline the relationship between Archeology, Museology, and Conservation in the national academic scenario and in the experiences developed at the Federal University of Pelotas (UFPel). Theses, dissertations, and publications in events were quantified and analyzed through bibliometric analyzes in order to map and evaluate the construction of knowledge of these topics. Also, professionals of the areas were interviewed, as well as the monitoring of the activities of UFPel researchers, composing a framework of potentialities and limits of the disciplinary interfaces. The diagnosis of approximations and detachment between the three areas was fundamental for the understanding of the different moments and interlocutions, providing an understanding of the current context regarding the perspectives for the preservation of the archaeological patrimony. In the university environment, Archeology laboratories, research projects, museological program, and performances of different professionals (archaeologists, museologists and conservatives) complement and turn this scenario into a complex one. From these analyzes, and in articulation with the legislations and recommendations on the national archaeological heritage, some learnings and premises were presented for the multidisciplinary management of the archaeological heritage. The basic premise establishes that the three areas must be at equal levels in order to articulate themselves through concepts and theoretical-methodological assumptions aligned with contemporary patrimonial challenges. Therefore, by combining these areas in a balanced way it is possible to undertake archaeological research in an integral manner, with previous and interdisciplinary planning based on the operational chain of museum procedures, which involve safeguarding (conservation and documentation) and communication (exhibitions and cultural/educational actions). Thus, upcoming archaeological researches, as well as those already undertaken and archaeological collections safeguarded in different institutions, have the potential to lead to multidisciplinary actions that invite the protection and promotion of archaeological heritage. These actions, articulated through a preservationist bias, guided by participatory, multivocal, and shared perspectives enable the heritage to exercise its social role in contemporaneity.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-07-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.