• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Thandryus Augusto Guerra Bacciotti Denardo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Alves, Marcia Angelina (Presidente)
Campos, Sandra Maria Christiani de La Torre Lacerda
Morais, Jose Luiz de
Título em português
Cadeias operatórias e sistema tecnológico do sí­tio Santa Luzia, município de Pedrinópolis, Minas Gerais
Palavras-chave em português
Arqueometria
Cadeia operatória e sistema tecnológico
Educação Patrimonial
Kayapó Meridional
vale do Paranaíba
Resumo em português
Os primeiros vestígios arqueológicos cerâmicos do sítio arqueológico Santa Luzia foram descobertos durante a realização de curvas de nível na fazenda homônima; os fragmentos foram então enviados ao IEPHA-MG para restauração. Desde 2014, o sítio foi inserido no âmbito do Projeto Quebra-Anzol por Alves e equipe a fim de se estudar a história de longa duração da ocupação indígena no vale do Paranaíba; as datações preliminares colocam o sítio Santa Luzia como o sítio lito-cerâmico mais antigo da região, com cerca de 1830 anos. O presente trabalho descreve tanto o trabalho de campo realizado, com prospecções com coleta de superfície e pesquisa intensiva de campo, bem como as análises morfológicas e arqueométricas realizadas sobre os fragmentos cerâmicos e análises tipológicas dos artefatos líticos encontrados no sítio arqueológico, dentro dos conceitos de cultura material, fato social total, habitus, cadeias operatórias e sistemas tecnológicos, cadeias comportamentais e Arqueologia da Paisagem. Através da análise da cerâmica, bem como da tipologia lítica, buscou-se assim evidenciar as cadeias operatórias presentes na produção material do assentamento descoberto. Foi possível perceber o profundo domínio do meio ambiente, através da escolha do local onde o sítio se encontra, que se constitui em um lugar persistente dentro do contexto estudado no Projeto Quebra-Anzol, estando a meia-vertente e próximo a fontes de água. Também é inegável o domínio tecnológico do povo que ali viveu, seja pela produção de grandes vasilhames cerâmicos, alguns com mais de 400 litros, seja pela manufatura lítica. Os dados aqui discutidos mostram que era um povo agricultor-ceramista e com grande adensamento populacional, relacionado aos Kayapó Meridionais. Por fim, a fim das peças não se tornarem estáticas e mortas atrás de vitrines de Museu, também foi realizada uma proposta de educação patrimonial, considerando os processos de ressignificação no fato museal, bem como a questão da acessibilidade, além de possibilidades de se levar os vestígios à sala de aula. Também se pensou na ocupação do Museu de Arqueologia pelo público através de propostas como oficinas de lascamento e de bordado ou programas radiofônicos.
Título em inglês
Operational chains and technological system of Santa Luzia site, municipality of Pedrinópolis, Minas Gerais.
Palavras-chave em inglês
Archaeometry
Heritage Education
Operational chains and technological systems
Paranaíba valley
Southern Kayapó
Resumo em inglês
The first ceramic archaeological sherds of the archaeological site Santa Luzia were discovered when the contour lines were being made in the homonymous farm; the sherds were then sent to IEPHA-MG for restauration. Since 2014, the site has been inserted in the framework of Projeto Quebra-Anzol by Alves and team to study the history of long duration of the indigenous occupation in Paranaíba valley; the preliminary datings place the site of Santa Luzia as the oldest litho-ceramic site in the region, dating back to about 1830 years. The present work describes both the fieldwork carried out with prospecting with surface collection and intensive field research, as well as the morphological and archaeometric analysis carried out on the ceramic fragments and typological analysis of the lithic artifacts found in the archaeological site, within the concepts of material culture, total social fact, habitus, operational chains and technological systems, behavioral chains and Archeology of Landscape. Through the analysis of the ceramic, as well as of the lithic typology, it was sought to show the operational chains present in the material production of the discovered settlement. It was possible to perceive the deep domain of the environment, by choosing the place where the site is located, which is a persistent place within the context studied in the Projeto Quebra-Anzol, being in the half-slope and close to water sources. It is also undeniable the technological domination of the people who lived there, either by the production of large ceramic vessels, some with more than 400 liters, or by the lithic manufacture. The data discussed here shows that it the site was occupied by farming-ceramist people with great population density, related to the Southern Kayapó. Finally, in order to make the pieces not static and dead behind Museum showcases, a proposal of heritage education was also carried out, considering the processes of resignification in the museum fact, as well the necessity of accessibility, besides the possibilities regarding taking the vestiges to the classroom. It was also thought of the occupation of the Museum of Archeology by the public through proposals such as chipped-stone industry production and embroidery workshops or radio programs.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Liberação
2021-05-01
Data de Publicação
2019-05-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.