• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.71.2019.tde-03012019-121316
Documento
Autor
Nome completo
Eliane Nunes Chim
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Santos, Veronica Wesolowski de Aguiar e (Presidente)
Horta, Andrei Isnardis
Kipnis, Renato
Título em português
Zooarqueologia da Lapa Grande de Taquaraçu
Palavras-chave em português
Zooarqueologia; Método em Arqueologia; Holoceno Inicial; Lagoa Santa; Lapa Grande de Taquaraçu
Resumo em português
A Lapa Grande de Taquaraçu, localizada entre o carste de Lagoa Santa e a Serra do Cipó, apresenta datações do Holoceno Inicial (11.750-11.250 anos cal AP a 9.050-8.990 anos cal AP). Nesta época o território que atualmente corresponde ao Brasil Central já era habitado por diversas populações de caçadores-coletores, cuja economia tem sido caracterizada como de amplo espectro baseada na coleta de recursos vegetais e na caça de animais terrestres de pequeno e médio porte. O material faunístico proveniente de Taquaraçu foi analisado, sob a ótica da zooarqueologia, com a finalidade de testar a eficiência de três diferentes métodos de coleta de faunas (plotagem, peneiramento e triagem em campo e peneiramento e triagem em laboratório de amostras totais de sedimentos) e entender a exploração de recursos faunísticos pelos grupos humanos que utilizaram o abrigo em quatro momentos temporais escalonados ao longo do Holoceno Inicial. Os resultados do teste de métodos indicam que a plotagem privilegia o resgate de ossos de animais grande e médio porte, especialmente mamíferos; o peneiramento e a triagem dos elementos faunísticos em campo é apropriado para evidenciar o espectro faunístico presente no sítio, no entanto não permite a recuperação de ossos de animais menores ou elementos de difícil reconhecimento, subestimando sobretudo os peixes; e o peneiramento e a triagem em laboratório de amostras totais de sedimentos permite a recuperação de elementos pertencentes à taxa de tamanho pequeno, no entanto é pouco eficiente para caracterização da amplitude taxonômica presente no sítio. Diante dos resultados obtidos foi sugerido um protocolo para coleta de vestígios faunísticos em sítios abrigados. Com relação a exploração de recursos faunísticos, o registro zooarqueológico evidenciado em Taquaraçu insere os grupos que ocuparam este abrigo no contexto das economias generalistas do Holoceno Inicial da América do Sul, no entanto, neste sítio há a sugestão de amplo conhecimento de ambientes aquáticos, de modo que se pode afirmar que os caçadores-coletores que ocuparam Taquaraçu no Holoceno Inicial também eram pescadores.
Título em inglês
Zooarchaeology of Lapa Grande de Taquaraçu
Palavras-chave em inglês
Zooarchaeology; Method in archaeology; Early Holocene; Lagoa Santa; Lapa Grande de Taquaraçu
Resumo em inglês
The Lapa Grande de Taquaraçu rockshelter, situated between the karst of Lagoa Santa and the Serra do Cipó, present dates of Early Holocene (11.750-11.250 anos cal AP a 9.050-8.990 anos cal AP). At this time the territory that now corresponds to Central Brazil was already inhabited by several populations of hunter-gatherers, whose economy has been characterized as a broad spectrum based on the collection of vegetal resources and the hunting of small and medium-sized land animals. The faunal material from Taquaraçu was analysed, from the perspective of Zooarchaeology, with the purpose of testing the efficiency of three different methods of collecting faunas (plotting, sieving and field screening and sieving and laboratory screening of total sediment samples) and to understand the exploitation of faunistic resources by human groups that used the shelter in four temporal moments along the Early Holocene. The results of the test methods indicate that the plot favors the rescue of large and medium-sized animal bones, especially mammals; the sieving and screening of the fauna elements in the field is appropriate to highlight the faunistic spectrum present in the site, however it does not allow the recovery of bones of smaller animals or elements of difficult recognition, especially underestimating the fish; and the laboratory sieving and screening of total sediment samples allows the recovery of elements belonging to the small size taxa, but is not efficient for characterizing the taxonomic range present in the site. In view of the results obtained, a protocol was suggested for the collection of faunal remains in sheltered sites. In relation to the exploitation of fauna resources, the zooarchaeological record evidenced in Taquaraçu inserts the groups that occupied this shelter in the context of the generalist economies of the Initial Holocene of South America, however, on this site there is a suggestion of a broad knowledge of aquatic environments, so that it can be said that the hunter-gatherers who occupied Taquaraçu in the Early Holocene were also fishermen.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Liberação
2021-01-02
Data de Publicação
2019-01-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.