• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Rafael Amaral Stabile
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Santos, Veronica Wesolowski de Aguiar e (Presidente)
Figuti, Levy
Pinto, Andrea de Lessa
Título em português
Ossos do ofício: análise de marcadores de estresse ocupacional em séries esqueléticas da Baixada Santista - SP
Palavras-chave em português
estresse mecânico
marcadores de comprometimento articular
marcadores de estresse ocupacional
modo de vida
osteoartroses
pescadores-coletores
sambaquis
Resumo em português
As últimas décadas viram ser publicados diversos trabalhos que se debruçaram sobre aspectos paleopatológicos de séries esqueléticas de sítios do tipo sambaqui. Tal como o litoral Sul e o restante do Sudeste, o seguimento paulista da costa brasileira apresenta grande quantidade de sítios do tipo sambaqui que guardam em si um grande potencial informativo. Entretanto, no levantamento realizado por Mendonça de Souza e colaboradores (2009) sobre os aspectos paleopatológicos dos sambaquis brasileiros, salienta-se a escassez de dados sobre as séries paulistas, que quando aparecem na literatura em geral restringem-se à duas ou três séries melhor estudadas. O presente estudo, de caráter exploratório, procurou gerar dados sobre o modo de vida dos grupos construtores de sambaquis do litoral de São Paulo, a partir dos padrões de ocorrência e distribuição dos sinais indicativos de osteoartrose. As articulações sinoviais de 48 indivíduos provenientes de dois sambaquis litorâneos da Baixada Santista foram analisadas quanto a frequência e distribuição dos seguintes sinais de osteoartrose: porosidade; eburnação; erosão; exostoses superficiais; labiamentos e osteófitos, considerando sua ocorrência diferenciada entre superfície e bordo da área articular. As séries estudadas apresentaram prevalências elevadas dos marcadores na maioria das áreas articulares destacadas. Os dados apontam para uma caracterização da osteoartrose nestas populações como um processo generalizado a nível populacional e individual e reforçam a interpretação vigente de que os grupos sambaquieiros devem ter exercido um domínio generalizado sobre as fontes alimentares e recursos necessários para a reprodução da vida material cotidiana.
Título em inglês
Analysis of occupation stress markers in skeletal series of shellmounds of Baixada Santista - SP
Palavras-chave em inglês
fisher-gathers
lifestyle
markers of occupational stress
mechanical stress
osteoarthritis
shellmounds
Resumo em inglês
The past decades witnessed the publication of several papers that dealt with paleopathological aspects of skeletal series of shellmoun-builters. As the southern coast and the rest of the Southeast Brazilian coast, the large number of shellmounds located in the São Paulo portion beheld information of great potential. However, in the study conducted by Mendonça de Souza et al. (2009) the scarcity of paleopathological data on the São Paulo series was highlighted, which when presented in the literature are generally restricted to the two or three best studied series. This exploratory study aimed to generate data about lifestyle of the shellmound-builters groups of the coast of São Paulo from the patterns of occurrence and distribution of signs indicative of osteoarthritis. The synovial joints of 48 individuals from two coastal sambaquis of Baixada Santista were analyzed for frequency and distribution of the following signs of osteoarthritis: pitting; eburnation; erosion; superficial new bone formation; lipping and osteophytes, considering its differentiated occurrence between surface and margin of the articular area. A high prevalence of injuries was noticed in most prominent articular areas. The data suggests a characterization of osteoarthrosis in these populations as a generalized process at the population and individual level.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-01-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.