• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.71.2018.tde-02052018-114455
Documento
Autor
Nome completo
Caroline Fernandes Caromano
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Murrieta, Rui Sergio Sereni (Presidente)
Almeida, Marcia Bezerra de
Cabral, Mariana Petry
Neves, Eduardo Goes
Silva, Fabiola Andrea
Título em português
Botando lenha na fogueira: um estudo etnoarqueológico do fogo na Amazônia
Palavras-chave em português
Arqueologia Amazônica
Arqueologia do Fogo
Asurini do Rio Xingu
Fogo como Cultura Material
Resumo em português
Evidências do uso do fogo são quase onipresentes em sítios arqueológicos. Embora ele seja um elemento tão comum, são raros os casos em que o fogo é o objeto de estudo principal das pesquisas. Tendo em vista essa contradição, esta tese apresenta o resultado de uma arqueologia do fogo realizada entre os Asurini do Xingu, grupo indígena amazônico que habita a Terra Indígena Koatinemo, localizada na região do médio curso do Rio Xingu, estado do Pará, Brasil. O objetivo da pesquisa de campo foi documentar aspectos técnicos e simbólicos do uso do fogo no cotidiano dos Asurini, identificando e classificando os tipos de estruturas de combustão e de emprego do fogo em diferentes áreas de atividade, das fogueiras e fornos às roças. As informações coletadas em campo foram analisadas com base na literatura sobre os Asurini e complementadas com análises de laboratório, comparando-se os dados de temperatura obtidos com termômetro infravermelho com análises de espectroscopia FTIR realizadas nos sedimentos de fogueiras e fornos. Além da observação e documentação de práticas de queima, foram também realizadas entrevistas com os Asurini sobre questões relativas ao uso do fogo, buscando entender seus papéis funcionais, sociais e simbólicos para este grupo. Por fim, a pesquisa teve a intenção de demonstrar como o entendimento do fogo como cultura material pode ampliar as possibilidades de sua investigação no presente, servindo também como uma fonte interpretativa do fogo no registro arqueológico.
Título em inglês
Adding Fuel to the Fire: An Ethnoarchaeological study of Fire in the Amazon
Palavras-chave em inglês
Amazonian Archaeology
Archaeology of Fire
Asurini of the Xingu River
Fire as Material Culture
Resumo em inglês
Evidences of the use of fire are almost omnipresent in archaeological sites. Even though it is such a common element, there are few cases in which fire is the main study object of researches. With this contradiction in mind, this PhD dissertation presents the result of an archaeology of fire conducted amongst the Asurini of the Xingu River, an indigenous Amazonian group which inhabits the Koatinemo Indigenous Land, located in the region of the middle course of the Xingu River, state of Pará, Brazil. The objective of the field research was to document technical and symbolic aspects of fire use in the daily life of the Asurini, identifying and classifying types of combustion structure and the employment of fire in different activity areas, from hearths and ovens up to the planting fields. Information collected in the field was analyzed based on literature regarding the Asurini and complemented with laboratory analyses, comparing the temperature data obtained with infrared thermometer with analyses of FTIR spectroscopy conducted on hearth and oven sediments. Besides the observation and documentation of burning practices, interviews were also conducted with the Asurini on questions related to fire use, seeking to understand its functional, social and symbolic roles for this group. Lastly, the research had the intention of demonstrating how the understanding of fire as material culture can amplify the possibilities of its investigation in the present, also serving as an interpretative source of fire in the archaeological record.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-05-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.