• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.7.2018.tde-27042018-095525
Documento
Autor
Nome completo
Talita Raquel dos Santos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Barbosa, Maria Clara Padoveze Fonseca (Presidente)
Lopes, Camila Takao
Nichiata, Lucia Yasuko Izumi
Título em português
O uso de diagnósticos e intervenções de enfermagem na prevenção e controle de infecções relacionadas à assistência à saúde
Palavras-chave em português
Cuidados de Enfermagem
Diagnóstico de Enfermagem
Infecção Hospitalar
Prevenção & Controle
Processos de Enfermagem
Resumo em português
Introdução: A participação do profissional de enfermagem na prevenção e controle de infecção dá-se, predominantemente, por meio da qualificação dos procedimentos técnicos e reorganização dos processos de assistência direta e indireta. No Processo de Enfermagem, utilizando o raciocínio clínico, são identificados diagnósticos de enfermagem (DE) os quais são direcionados cuidados de enfermagem. Dentre as principais classificações de DE, destaca-se a NANDA International (NANDA-I). O uso DE, no processo de enfermagem, favorece a continuidade e o aumento da qualidade da assistência. Objetivo: A fim de contribuir para a atuação do profissional enfermeiro assistencial na prevenção de Infecção Relacionadas á Assistência à Saúde (IRAS), este trabalho buscou analisar o reconhecimento, por parte do enfermeiro, de respostas humanas relacionadas ao risco e ocorrência de IRAS e intervenções implementadas e verificar a correspondência das intervenções propostas com as requeridas nos protocolos de prevenção de IRAS disponíveis na instituição. Método: Estudo observacional, descritivo, longitudinal e prospectivo realizado na Unidade de Clínica Médica do Hospital Universitário da Universidade de São Paulo, com sujeitos de ambos os sexos, adultos hospitalizados no período de maio a setembro de 2016. Trata-se de uma amostra não probabilísticas de conveniência. Na primeira fase do estudo, foram coletados dados pertinentes para caracterização do perfil epidemiológico e clínico dos sujeitos, bem como os DE e intervenções mais prevalentes, a partir de análise de prontuários. Após esta fase, foram comparadas as intervenções propostas pelo enfermeiro com aquelas definidas em manuais e protocolos da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH) da instituição, utilizando Mapeamento Cruzado. Resultados: A amostra consistiu de 159 registros de indivíduos, predominantemente idosos, portadores de hipertensão e diabetes, que permaneceram hospitalizados em média 9,6 dias (DP:+/-7,8). Os principais DE encontrados foram: Integridade Tissular Prejudicada, Risco de Quedas e Risco de Glicemia Instável. As principais atividades de intervenção foram: Monitorar sinais vitais, Manter decúbito elevado a 30º/45º, Observar saturação de oxigênio e Realizar glicemia capilar. Dentre as atividades recomendadas pela CCIH, 81,8% puderam ser mapeadas. Quanto à conformidade, apenas as atividades: Manter isolamento, conforme apropriado e Não molhar curativo de cateter no banho obtiveram índice maior a 60%. Conclusão: Os DE e atividades relacionadas mais prevalentes na população em questão foram relacionados principalmente à mensuração de parâmetros vitais e medidas de higiene; as medidas de prevenção específicas de infecção estavam prescritas, porém em número abaixo do esperado.
Título em inglês
The use of nursing and interventions in the prevention and control of infections related to health care
Palavras-chave em inglês
Hospital Infection
Nursing Care
Nursing Diagnosis
Nursing Process
Prevention & Control
Resumo em inglês
Introduction: The participation of nursing professionals in the prevention and control of infection occurs predominantly through qualification of technical procedures and reorganization of direct and indirect care processes. By using the Nursing Process working method, nursing diagnoses are identified based on clinical reasoning and interventions are implemented towards them. Among the major diagnostic classifications of, there is NANDA International (NANDA-I), which favors continuity of care with increased quality. Objectives: In order to clarify the role of professional nurse care in preventing health-associated infections (HAIs), this study sought to: identify both the recognition of human responses related to the risk and occurrence of HAIs and interventions implemented by nurses, by investigating the most prevalent nursing diagnoses related to the prevention and control of HAIs in hospitalized adults, and nursing interventions towards them; ascertain the correspondence of the proposed interventions with the required activities in HAI prevention protocols available in the institution. Method: An observational, descriptive, prospective and longitudinal study performed at the Clinical Medical Unit of the University Hospital at University of São Paulo, with hospitalized adults of both genders,. In the first phase of the study relevant data were collected to characterize the clinical and epidemiological profile of the subjects, as well as the most prevalent nursing diagnoses and interventions in nursing care charting. After this phase, the interventions defined in manuals and protocols of the institutional Hospital Infection Control Committee (HICC) were compared with those proposed by the Nursing Interventions Classification (NIC) through the cross-mapping method. Results: The sample consisted of 159 patients, mostly elderly, hypertensive and diabetic, who were hospitalized on average 9.6 days (SD:+/-7,8). The main nursing diagnoses identified were: Impaired tissue integrity, Risk of Falling and Risk for unstable blood glucose. The main intervention activities were: Monitor vital signs, Maintain bed head at 30º/45º, Monitor oxygen saturation and perform blood glucose testing. Among the activities recommended by HICC, 81.8% were mapped into NIC. The conformity only activities: Maintain isolation, as appropriate and not wet catheter dressing in the bath had higher index to 60% of actual prescription in situations requiring such care. Conclusion: The diagnosis and activities nursing related to interventions more prevalent in the population of interest are primarily related to monitoring of vital signs and hygiene procedures. Specific actions towards preventing infection were prescribed, but in an insufficient number.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-05-07
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.