• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
10.11606/D.7.2011.tde-20062011-142216
Documento
Autor
Nombre completo
Fernanda Aparecida Franco
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2011
Director
Tribunal
Nichiata, Lucia Yasuko Izumi (Presidente)
Santos, Naila Janilde Seabra
Takahashi, Renata Ferreira
Título en portugués
Atenção integral ao HIV/AIDS: para além da referência e contrarreferência
Palabras clave en portugués
Atenção básica
HIV
Pesquisa qualitativa
Saúde da família
Síndrome da imunodeficiência adquirida
Vulnerabilidade
Resumen en portugués
O estudo teve como objetivo principal analisar o sistema de referência e contrarreferência entre Unidades Básicas de Saúde (UBS) que operam o modelo da Estratégia Saúde da Família (ESF) e o serviço especializado para o atendimento às pessoas que vivem com HIV/aids (PVHA), no Capão Redondo, região sul do Município de São Paulo. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, baseada no conceito da Vulnerabilidade, em sua dimensão programática. A coleta de dados foi realizada por meio de entrevistas semiestruturadas com os gerentes das UBS ou pessoas indicadas por eles; realização de grupos focais com as equipes de saúde da família e entrevistas abertas com os gerentes e enfermeiros dos serviços especializados, realizadas no período de junho a dezembro de 2009. Os resultados mostraram que as equipes tomam conhecimento dos casos de HIV/aids por meio de diagnósticos realizados nas UBS, principalmente relacionados a usuários que fazem parte do grupo prioritário de atendimento da ESF e, também, por meio do Agente Comunitário de Saúde (ACS), que tem um papel de destaque no que diz respeito à transmissão de informações entre comunidade e equipes. O trabalho das equipes em relação à atenção em HIV é organizado de acordo com as prioridades estabelecidas pela ESF: gestantes e pacientes com tuberculose. De modo geral, as equipes não encontram dificuldade para encaminhar os indivíduos com HIV/aids para os serviços especializados. Entretanto, a comunicação entre os dois serviços é um dificultador para o atendimento integral ao paciente, uma vez que é praticamente inexistente. O principal instrumento de comunicação entre os serviços é um formulário impresso. A comunicação por telefone ocorre raramente, especialmente no caso de pacientes faltosos. O acompanhamento das PVHA pela ESF ocorre por meio das visitas domiciliárias dos ACS exceto por alguns casos específicos em que a equipe da ESF revelou oferecer suporte emocional, monitoramento da adesão ao tratamento e atendimento às outras necessidades de saúde que podem estar ou não relacionadas ao HIV/aids. Todos os sujeitos da pesquisa revelaram ser importante realizar a contrarreferência, embora reconheçam que ela raramente ocorre ou que ocorre por meio do próprio paciente. Há projeto de realização de matriciamento em HIV/aids, referido por um serviço especializado, cuja proposta se dá sob a lógica do Apoio Matricial já praticado pelas equipes de apoio à saúde da família (NASF), recentemente implantadas com vistas a buscar a integralidade da atenção à saúde e consolidar a ESF. Concluiu-se que há necessidade de construção de uma Linha de Cuidado em HIV/aids, pactuada entre os gestores dos diferentes serviços para a efetivação da integralidade da atenção ao HIV/aids, que garanta referência dos usuários aos serviços especializados de forma segura e contrarreferência às equipes de saúde da família nas UBS, onde se deve dar o vínculo e o acompanhamento permanente desses usuários.
Título en inglés
Full aid to HIV/AIDS: beyond reference and counter-reference
Palabras clave en inglés
Acquired immunodeficiency syndrome
Basic care
Family health
HIV
Qualitative research
Vulnerability
Resumen en inglés
The main purpose of the study was to assess the reference and counter-reference system between health care basic units (UBS) that use ESF model and the special service aimed at PVHA, in Capão Redondo, south region of the city of São Paulo. It is a qualitative research, based on the Vulnerability concept, in its program dimension. The data gathering was carried out by semi-structured interviews with UBS managers or people named by them; focal groups with the family health care teams and open interviews with the managers and nurses of special services, performed between June to December, 2009. The results showed the teams become aware of HIV/AIDS cases through diagnoses made at the UBS, mainly concerning users that are part of the ESF priority group, and also through ACS, which performs an important role regarding the dissemination of information between the community and the teams. The teams work regarding HIV attention is organized according to the priorities determined by ESF: pregnant women and TB patients. According to the teams, they have no problem forwarding people with HIV/AIDS to the special care services. However, the communication between both services makes it difficult to fully take care of the patient, once it barely exists. The main communication instrument between the services is a printed form. The phone communication is rare, mainly in the case of absent patients. The PVHA follow-up by ESF is mainly through domicile visits of ACS, except for some specific cases in which the ESF team stated providing emotional support, monitoring the treatment adhesion and taking care of other health needs that may or not be related to HIV/AIDS. All of the research subjects stated counter-reference is important, although they recognize it rarely talks place or that it takes place through the patient himself. There are planning projects regarding HIV/AIDS referred by specialized service, whose proposal is under the logics of the Matrix Support already performed by NASF teams, recently implemented aiming at looking for the full health care and consolidating ESF. It is concluded that it is necessary to build a Care Line regarding HIV/AIDS, agreed between the managers of the different services to effectively fully service HIV/AIDS, ensuring reference of the users to the specialized services in a safe manner and counter-reference to the family health teams at UBS, where the tie and ongoing follow-up of these users is to take place.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2011-06-21
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2019. Todos los derechos reservados.