• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.7.2012.tde-20022013-151341
Documento
Autor
Nome completo
Luciana Magnoni Reberte Gouveia
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Hoga, Luiza Akiko Komura (Presidente)
Bellini, Maria Luiza Gonzalez Riesco
Borges, Ana Luiza Vilela
Kerber, Nalú Pereira da Costa
Takito, Monica Yuri
Título em português
Efeitos do uso de uma cartilha educativa durante o pré-natal
Palavras-chave em português
Cuidado pré-natal
Educação em saúde
Efetividade
Gravidez
Qualidade de vida
Resumo em português
Introdução: A educação para a promoção da saúde no pré-natal deve ser oferecida baseada nas necessidades e avaliações das próprias gestantes. A cartilha educativa Celebrando a Vida deve ser disponibilizada como parte da assistência pré-natal em função dos resultados que pode proporcionar às gestantes. Objetivo Geral: Avaliar os efeitos da cartilha educativa Celebrando a Vida na assistência pré-natal. Método: O método foi quantitativo e o tipo de estudo foi de intervenção, longitudinal, prospectivo, controlado e não paralelo. Locais de estudo: O estudo foi realizado em duas UBS do distrito de saúde do Butantã, em São Paulo: UBS Jd. Jaqueline e a UBS Jd. São Jorge. A população do estudo foi composta por gestantes em acompanhamento pré-natal, na UBS Jd. Jaqueline: grupo controle (sem cartilha) e grupo intervenção (com cartilha), e na UBS Jd. São Jorge: grupo controle (Curso do Pré-natal sem cartilha) e grupo intervenção (Curso do Pré-natal com cartilha). A coleta de dados foi realizada em três momentos: inicial, intermediário e seguimento. Os instrumentos utilizados foram: o questionário Sociodemográfico e Obstétrico, a escala de Qualidade de Vida Ferrans e Powers Quality of Life Index para gestantes e o Formulário de Avaliação da Educação sobre Gravidez durante o Pré-Natal. Análise de Dados: Qui-quadrado, Análise de Variância para Medidas Repetidas (ANOVA), Testes-t, Mann-Whitney e Wilcoxson. Resultados: 135 gestantes participaram do estudo na avaliação inicial, 126 no momento intermediário e 111 no seguimento. As informações recebidas durante o pré-natal foram avaliadas como suficientes pelo grupo intervenção da UBS Jd. Jaqueline após a entrega da cartilha, passando de 69,6% no momento inicial para 87,5% no seguimento. Na UBS Jd. Jaqueline, o conjunto representado por família, amigos e vizinhos foi o recurso mais citado no momento inicial para os dois grupos (76,6% controle, 57,4% intervenção). Após a intervenção, a cartilha foi o recurso mais citado para o grupo intervenção (68,2% no momento intermediário e 70,0% no seguimento). Na UBS Jd. São Jorge, o conjunto família, amigos e vizinhos foi o mais citado no momento inicial para os dois grupos (77,8% controle, 65,2% intervenção). No momento intermediário, os profissionais de saúde foram os mais citados (94,1% controle e 80,0% intervenção) enquanto a cartilha correspondeu a 75%. Na UBS Jd. Jaqueline e na UBS Jd. São Jorge, 100% das gestantes haviam lido a cartilha ou parte dela no seguimento. Mais de 70% das gestantes perceberam um aumento do conhecimento após ler a cartilha. Houve aumento significativo na qualidade de vida das gestantes da UBS Jd. São Jorge no momento intermediário. Conclusão: Houve resposta positiva à cartilha nas duas unidades. As gestantes leem a cartilha - mesmo aquelas com experiência de gestação anterior, utilizam as informações, são ajudadas pelo conteúdo da cartilha e também percebem mudança na vida. O uso da cartilha associada ao Curso do Pré-Natal aumenta a QV das gestantes em relação ao domínio socioeconomico.
Título em inglês
Effects of a booklet during antenatal care in Brazil
Palavras-chave em inglês
Antenatal care
Effectiveness
Health education
Pregnancy
Quality of life
Resumo em inglês
Introduction: Antenatal education should be based on client`s needs and their evaluations. The booklet Celebrating Life must integrates antenatal care in function of its outcomes. General Objective: To evaluate the effects of the educational booklet Celebrating Life. Method: It was quantitative and the study design was an intervention, longitudinal, prospective, controlled and unparallel. Two public health units, Units Jaqueline and Sao Jorge in Sao Paulo City, Brazil were the settings. The studied population was composed of pregnant women receiving antenatal care, according to the groups at Unit Jaqueline: group control (without the booklet) and group intervention (with the booklet), and at Unit Sao Jorge: group control (Antenatal Care Course without the booklet) and group intervention (Antenatal Care Course with the booklet). The data collection was done in three moments: baseline, intermediate time and follow-up. The instruments used were: a Sociodemography and Obstetric Questionnaire, The Ferrans e Powers Quality of Life Index (QLI for Brazilian pregnant women) and a Form of Assesment of Pregnancy Education during Antenatal Care. Data Analysis: Chi-square, Variance Analysis for Repeated Measures (ANOVA) and Paired Sample Statistics Mann-Whitney and Wilcoxson. Results: 135 pregnant women participated in this study at baseline, 126 intermediate time and 111 at follow-up. Group intervention in Unit Jaqueline considered they received enough antenatal information on intermediate time (69.6%) and follow-up (87.5%) than group control. The sources of information were different between groups. At Unit Jaqueline, the booklet became most cited source for group intervention (68.2% intermediate time and 70.0% on follow-up). At Unit Jaqueline, family, friends and neighbours were more cited source at baseline for both groups (76.6% control, 57.4% intervention) at baseline. At intermediate time and follow-up, the booklet was the most cited source by the intervention group (68.2% intermediate time and 70.0% follow-up). At Unit Sao Jorge, family/friends and neighbors were most cited (77.8% control, 65.2% intervention) on baseline. At intermediate time, health providers were most cited until follow-up (94.1% control and 80.0% intervention) and the booklet corresponded to 75%. All pregnant women of both Units read all booklet or part on follow-up. More than 70% of pregnant women had an increase in knowledge after read the booklet. There was a significant increase on quality of life of pregnant women at Unit Sao Jorge after intervention. Conclusion: There was a positive response to the booklet at both units. Booklet is a source of information that pregnant women who received it individualy use most for their doubts. Pregnant women read the booket, even those who had previous experience of pregnancy, they use booklet`s information, are helped by it and realize changes in life. The booklet associated with Antenatal Care Course increases quality of life of pregnant women related to socio-economic domain.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-02-26
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.