• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.7.2014.tde-17042015-103037
Documento
Autor
Nome completo
Rafaella Queiroga Souto
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Merighi, Miriam Aparecida Barbosa (Presidente)
Berzins, Marilia Anselma Viana da Silva
Jesus, Maria Cristina Pinto de
Praça, Neide de Souza
Tocantins, Florence Romijn
Título em português
Violência doméstica psicológica sob a perspectiva da mulher idosa: um enfoque na fenomenologia social
Palavras-chave em português
Enfermagem
Pesquisa Qualitativa
Saúde do Idoso
Violência Contra a Mulher
Resumo em português
Introdução: A violência doméstica psicológica perpetrada pelo familiar contra a mulher idosa é uma importante e pouco pesquisada questão de saúde pública global. Objetivo: Compreender a experiência da mulher idosa que vivencia violência doméstica psicológica. Método: Pesquisa qualitativa ancorada pela fenomenologia social de Alfred Schütz, realizada com onze mulheres idosas identificadas nos registros de dois serviços localizados no município de Campina Grande, Paraíba e um serviço localizado no município de São Bernardo do Campo, São Paulo. A coleta de dados ocorreu entre novembro de 2012 e fevereiro de 2013 por meio de entrevista aberta, norteada pelas questões: conte-me o seu dia a dia em relação à situação de violência doméstica? O que a senhora faz em relação a isso? O que a senhora pretende com essa ação? A análise dos dados foi realizada seguindo os passos adotados por pesquisadores da fenomenologia social. Resultados: O contexto vivencial da mulher idosa é marcado pela ameaça, agressões verbais, situações humilhantes, desrespeito, descaso, exploração, sentimentos negativos que impactam a sua saúde, como tristeza, raiva, sofrimento e medo. Ela manifesta compaixão pelo agressor e necessita de apoio para conviver com a violência ou tentar enfrentá-la. Quando recebe o apoio solicitado, tenta enfrentar a situação de violência, no entanto, sente-se impotente e apega-se a Deus. Sua expectativa refere-se à mudança de atitude do agressor e à possibilidade de afastar-se da situação de violência. Considerações finais: A compreensão da experiência da mulher idosa que vivencia violência doméstica psicológica pode ser utilizada pelos profissionais de saúde durante o atendimento de rotina, favorecendo a identificação de novos casos e tratando do assunto de acordo com a expectativa do sujeito envolvido. Ações voltadas para o acolhimento das vítimas e tratamento dos agressores, envolvendo profissionais (médicos, enfermeiros, psicólogos e assistentes sociais), pesquisadores e poder público precisam ser consolidadas.
Título em inglês
Psychological domestic violence from the perspective of older adult women: a focus on social phenomenology
Palavras-chave em inglês
Health of the elderly
Nursing
Qualitative research
Violence against women
Resumo em inglês
Introduction: Psychological domestic violence against older adult woman by a family member is an important and under-researched global public health issue. Aim: To understand the experience of older adult woman who live with psychological domestic violence. Method: This is a qualitative research supported by Alfred Schützs social phenomenology. It was conducted with eleven older adult women identified in the database of two services located at Campina Grande, Paraiba and one located at Sao Bernardo do Campo, Sao Paulo. Data collection was between November 2012 and February 2013 by open interview, using the following questions: tell me about your day-to-day related to your domestic violence situation experience? What do/did you do about that? What do you want/hope with this action? Data analysis was conducted following social phenomenological researchers` steps. Results: The older adult woman`s lived context is marked by threatening, verbal abuse, humiliating situations, disrespect, neglect, and financial abuse. Negative feelings such as sadness, anger, suffering, and fear impact her health. She manifests compassion for the aggressor, and needs help to live with the violent situation or try to face it. When she gets the needed help, she tries to face the situation but she feels powerless and ask God`s help. Her expectation is related to changing the aggressor`s behavior and the possibility of running away from the violent situation. Final considerations: Health professionals can use the understanding of the experience of the older adult woman who lives with psychological domestic violence during their regular appointments, helping with the screening and facing the subject, according to the involved subject`s expectation. Actions focused on the victims` welcome/refuge and on the aggressors` treatment, which involves professionals (physicians, nurses, psychologists and social workers), researchers and law enforcers need to be consolidated.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-05-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.