• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.7.2011.tde-13022012-113517
Documento
Autor
Nome completo
Eliara Pilecco Machado
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2011
Orientador
Banca examinadora
Zoboli, Elma Lourdes Campos Pavone (Presidente)
Colvero, Luciana de Almeida
Sá, Luís Octávio de
Título em português
Os elementos da comunicação terapêutica na relação clínica enfermeiro-usuário na atenção básica em São José dos Campos
Palavras-chave em português
Atenção básica a saúde
Comunicação em saúde
Enfermagem
Resumo em português
Trata-se de um estudo transversal de natureza compreensiva. Teve como objetivo discutir os aspectos comunicacionais da relação enfermeiro-usuário na atenção básica, tendo em vista o princípio do vínculo. Teve como base as produções científicas sobre comunicação terapêutica em saúde. O método utilizado foi a triangulação de métodos. O processo compreendeu três momentos distintos: no primeiro, a aplicação do Inventário de Problemas Éticos na Atenção Primária à Saúde (IPE-APS) para uma primeira visão dos enfrentamentos e conflitos nas relações entre os enfermeiros e usuários, e que serviu para a triagem das unidades/sujeitos para a etapa seguinte; no segundo, a observação do atendimento de enfermagem com base em um roteiro sobre os aspectos comunicacionais (verbais e não-verbais); e no terceiro, entrevista aberta, com as enfermeiras cujo atendimentos foram observados, na sequência da observação. A análise permitiu evidenciar o uso da comunicação terapêutica pela enfermeira através da utilização de seus elementos como a empatia, a escuta receptiva, respeito e o acompanhamento do paciente em suas reflexões discutidos no marco teórico desta pesquisa. Em vista do que foi percebido nas condutas das enfermeiras, desvela-se que a comunicação deve ser percebida como base para o cuidar em enfermagem mas, entretanto, por alguns momentos, é apenas entendida como algo inerente à prática e como processo mútuo de troca de informações técnicas a fim de estabelecer um plano terapêutico ao paciente.
Título em inglês
The elements of therapeutic communication in clinical nurse-user relationship in primary care in São José dos Campos
Palavras-chave em inglês
Health communication
Nursing
Primary care health
Resumo em inglês
It is a comprehensive research that aimed to discuss communicational aspects of primary-care patient-nurse relationship, focusing on bond and therapeutic communication. Data collection used a triangulation of methods with distinct stages: (i) application of the Inventory of Ethical Problems in Primary Health Care (IPE-APS) to an overview of ethical issues in nurse-patient relation and to select the services and nurses for observation of nursing care actions. The observation focus was communication aspects (verbal and nonverbal) during the care action. After observation, nurses should talk about their communication in the action. The analysis used the elements of therapeutic communication: empathy, receptive listening, respect and accomplish of patients in their thoughts, feelings, fear, and believes. The results pointed out that the nurses realize the importance of communication for their actions, however, they consider it inherent to nurse practice and as an exchange of technical information to get patients accomplish to treatments.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2012-02-14
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • HADAD, J. G. V., et al. A comunicação terapêutica na relação enfermeiro-usuário da atenção básica: um instrumento para a promoção da saúde e cidadania. O Mundo da Saúde (CUSC. Impresso), 2011, vol. 35, p. 145-155.
  • MACHADO, E.P., HADAD, J. G. V., e ZOBOLI, E. L. C. P. A comunicação como tecnologia leve para humanizar a relação enfermeiro-usuário na Atenção Básica. Bioethikós (Centro Universitário São Camilo) [online], 2010, vol. 4, p. 447-452. Dispon?vel em: http://www.saocamilo.sp.br.
  • MACHADO, E.P., et al. A comunicação como tecnologia leve para humanizar a relação enfermeiro-usuário na atenção básica. In VI Encontro Luso-Brasileiro de Enfermagem, São Paulo - SP, 2011. Anais do VI Encontro Luso-Brasileiro de Enfermagem., 2011. Resumo.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.