• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.7.2012.tde-11072012-231753
Documento
Autor
Nome completo
Edina Ferreira Panaino
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Soares, Cassia Baldini (Presidente)
Campos, Célia Maria Sivalli
Pillon, Sandra Cristina
Título em português
Representações cotidianas sobre o início do uso de cigarro em diferentes grupos sociais
Palavras-chave em português
Grupos sociais
Saúde pública
Tabagismo
Resumo em português
Este trabalho tem por objetivo analisar os contextos de início do consumo do cigarro em diferentes grupos sociais, a partir das representações cotidianas em torno do ato de fumar. Partiu-se dos referenciais teóricos do campo da Saúde Coletiva, que compreende a droga como mercadoria, cujo consumo relaciona-se aos diferentes desgastes inerentes às formas de reprodução social dos grupos sociais. Para apreender o objeto, cinco grupos sociais foram identificados no município de Santo André: população em situação de rua, trabalhadores do programa Geração de Trabalho de Interesse Social, estudantes de cursos profissionalizantes oferecidos pela prefeitura de Santo André e dos cursos de Educação para Jovens e Adultos, alunos de curso universitário que apresentam condições estáveis de reprodução social, apresentando situação de trabalho e vida confortáveis e alunos de curso superior com maior estabilidade no trabalho e na vida. Foram utilizados dois instrumentos, um questionário com questões fechadas sobre as condições de reprodução social de cada grupo, e um roteiro de grupo focal mediado por questões abertas, para promover a discussão sobre os contextos de início de uso. Seguindo-se as diretrizes de análise das representações cotidianas, a análise dos dados permitiu contextualizar como cada grupo representa o início do consumo do cigarro, além disso, também foram analisadas as representações comuns aos grupos. Os resultados mostram a existência de representações cotidianas comuns a todos os grupos, mas com nuances particulares, de acordo com o meio social em que os grupos estão inseridos. Algumas representações são preponderantes ou particulares de alguns grupos. A investigação mostra que muitos são os contextos de início de consumo do cigarro, e que compreendê-los pode facilitar o desenvolvimento de ações educativas direcionadas aos diferentes grupos sociais. A posição dos grupos na divisão social do trabalho pode limitar as possibilidades de apreensão das implicações do consumo do cigarro e as possibilidades concretas de promover mudanças.
Título em inglês
Everyday representations on the initiation of cigarette use across different social groups
Palavras-chave em inglês
Public Health
Social Class
Tobacco
Resumo em inglês
This study aims to analyze the context of initiation of cigarette consumption in different social groups, from the everyday representations about smoking. It started from the theoretical framework of the field of Collective Health, which understands drug as a commodity whose consumption is related to damages that are inherent in the different forms of social reproduction of social groups. To grasp the object, five social groups were identified in the municipality of Santo André: 1) homeless people, 2) workers of the a social program of the municipality - Geração de Trabalho de Interesse Social-,3) students of professional courses offered by the city of Santo André and of educational courses especial for young people and adults that lost regular school, 4) college students who have stable conditions of social reproduction, with work and life situations comfortable and 5) college students with greater stability in work and life studying in expensive university Two instruments were used, a questionnaire with closed questions about the conditions of social reproduction of each group, and a focus group mediated by open-ended questions to promote discussion about the contexts of initiation. Following the guidelines for analyses of everyday representations, it was possible to understand how each group represents the beginning of the consumption of tobacco. It was also analyzed the common representations across the groups. The results show the existence of everyday representations common to all groups, but with particular nuances, according to the social environment in which groups are embedded. Some representations are prevalent in specific groups. Research shows that there are many contexts of initiation of cigarette consumption, and that understanding them can facilitate the development of educational actions directed to different social groups. The position of groups in the social division of labor can limit the possibilities for understanding the implications of cigarette consumption and the real opportunities to promote change.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
PANAINO.pdf (1.32 Mbytes)
Data de Publicação
2012-09-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.