• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.7.2018.tde-23012018-154329
Documento
Autor
Nome completo
Monique Sobottka Cavenaghi
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Santos, Marcelo José dos (Presidente)
Mira, Vera Lucia
Moraes, Edvaldo Leal de
Watanabe, Helena Akemi Wada
Título em português
Vivência de enfermeiros no cuidado ao idoso que reside em instituição de longa permanência 
Palavras-chave em português
Enfermagem
Enfermagem geriátrica
Idoso
Instituição de longa permanência para idosos
Resumo em português
Introdução: O envelhecimento populacional acelerado reafirma a necessidade da prestação de cuidados de longa duração e a instituição de longa permanência para idosos (ILPI) é uma das modalidades disponíveis. Pela demanda de cuidado, os enfermeiros estão inseridos na maioria dessas residências. Objetivo: compreender a vivência de enfermeiros no cuidado ao idoso que reside em instituição de longa permanência. Método: trata-se de pesquisa qualitativa, com abordagem fenomenológica, realizada com 11 enfermeiros que trabalham em ILPI. Os dados foram coletados por meio de entrevistas individuais, gravadas em áudio, com as seguintes questões norteadoras: Fale sobre sua vivência no cuidado ao idoso que reside em instituição de longa permanência e O que você espera com a sua atuação em ILPI? Os conteúdos foram transcritos e analisados individualmente, segundo o referencial da fenomenologia social de Alfred Schütz. Resultados: a partir da análise dos discursos foi possível identificar sete categorias concretas do vivido: dificuldades no trabalho, desvalorização profissional, vínculo, valorização do trabalho, oferecer assistência de boa qualidade, ser reconhecido e valorizar o idoso. A vivência do enfermeiro nesse mundo vida é permeada pela escassez de recursos financeiros, materiais e humanos, alta rotatividade de profissionais e qualificação insuficiente para o trabalho, gerando sentimento de insegurança. Também é marcado pela falta de autonomia, baixos salários, preconceitos e desrespeito nas relações interpessoais. Apesar das dificuldades vivenciadas, a formação de vínculos afetivos significativos com os idosos leva o enfermeiro a refletir sobre o processo de envelhecimento e promover uma assistência mais humanizada. A partir da percepção do valor social do trabalho, projeta melhorar a qualidade da assistência oferecida, por meio de qualificação adequada dos profissionais que atuam em ILPI, adequação do quantitativo de recursos humanos e a eliminação da sobrecarga de trabalho. Dessa forma, busca reconhecimento profissional, financeiro e social. Por fim, da vivência desse contexto emerge, no grupo social estudado, a consciência sobre a importância e a premência da mudança do valor do idoso em nossa sociedade. Espera-se que isso aconteça por meio de intervenções educacionais, com enfoque na redução do preconceito, na difusão do envelhecimento saudável e pela ampliação e efetividade de políticas públicas que priorizem a população idosa. Considerações finais: o presente estudo possibilitou a compreensão da ação de cuidar de idosos residentes em ILPI, sob a perspectiva de enfermeiros, evidenciando a vivência desse grupo social, marcada pela dificuldade no trabalho, pela aproximação afetiva com os idosos e pelas expectativas de transformar a realidade do cuidado ao idoso, vislumbrando um envelhecimento digno a todos.
Título em inglês
Nurses experience in care for the elderly living in long-term institutions
Palavras-chave em inglês
Aged
Geriatric Nursing
Homes for the Aged
Nursing
Resumo em inglês
Introduction: Accelerated populational aging reaffirms the need for long-term care, and long-term care institutions for the elderly (LTCI) is one of the available modalities. Given the care demands, nurses are inserted in the majority of these residences. Objective: to understand nurses experience in the care for elderly living in a long-term institution. Method: this is a qualitative research of phenomenological approach, conducted with 11 nurses working in LTCI. Data were collected through individual audio-recorded interviews with the following guiding questions: Talk about your experience in the care of the elderly living in a long-term institution and What do you expect from your performance at the LTCI?. The contents were transcribed and analyzed individually according to Alfred Schützs social phenomenology framework. Results: from the analysis of discourses, it was possible to identify seven concrete categories of the experience: work difficulties, professional devaluation, bonding, valorization of work, provision of good quality care, being recognized and valuing the elderly. Nurses experience in this world is permeated by the scarcity of financial, material and human resources, high turnover of professionals and insufficient qualification for the work, generating a feeling of insecurity. It is also marked by lack of autonomy, low salaries, prejudices and disrespect in interpersonal relationships. Despite the difficulties experienced, the formation of significant affective bonding with the elderly leads nurses to reflect on the aging process and promote a more humanized care. Based on the perception of the social value of work, nurses plan to improve the quality of care provided by means of adequate qualification of professionals working in LTCI, adequate human resources quantitatively, and the elimination of work overload. This way, they seek professional, financial and social recognition. Finally, from the experience in this context, in the studied social group emerges the awareness about the importance and urgency of changing the elderlys value in our society. This is expected to happen through educational interventions focused on reducing prejudice, disseminating healthy aging, and by the expansion and effectiveness of public policies that prioritize the elderly population. Final considerations: the present study enabled an understanding about the action of caring for elderly people living in LTCI from the nurses perspective. It showed the experience of this social group is marked by work difficulties, affective approximation to the elderly and expectations of transforming the reality of care for the elderly, with the view of aging with dignity for all.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-05-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.