• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.7.2018.tde-20092018-173749
Documento
Autor
Nome completo
Irene Mari Pereira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Gaidzinski, Raquel Rapone (Presidente)
Bonfim, Daiana
Fugulin, Fernanda Maria Togeiro
Lima, Antonio Fernandes Costa
Possari, João Francisco
Título em português
Carga de trabalho dos profissionais de saúde: instrumentos de medida segundo a Classificação das Intervenções de Enfermagem
Palavras-chave em português
Administração de Recursos Humanos
Carga de Trabalho - Instrumentos
Intervenções de Enfermagem
Recursos Humanos em Saúde
Resumo em português
Introdução: Conhecer e medir a carga de trabalho dos profissionais de saúde pode contribuir para a gestão eficiente e eficaz das organizações de saúde, a carga de trabalho excessiva é a principal causa de estresse e insatisfação. Objetivo: Levantar e analisar as dissertações e teses referentes à distribuição da carga de trabalho dos profissionais de saúde, fundamentadas na Classificação das Intervenções de Enfermagem, desenvolvidas por participantes do grupo de pesquisa Gerenciamento de recursos humanos: conceitos, instrumentos e indicadores do processo de dimensionamento de pessoal, cadastrado no diretório do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Método: Estudo secundário tipo documental para identificar os instrumentos produzidos para medir a carga de trabalho, as intervenções/atividades realizadas, bem como a probabilidade de ocorrência e o percentual do tempo produtivo na jornada de trabalhadores profissionais de saúde. As fontes de dados foram dissertações e teses desenvolvidas pelos participantes do grupo de pesquisa disponíveis no banco de TESES-USP e DEDALUS. Resultados: Foram selecionados dezessete estudos nos quais foram construídos dezessete instrumentos de medida da carga de trabalho para profissionais de saúde sendo: 11,7% enfermeiros, 76,5% enfermeiros e técnicos/auxiliares de enfermagem, 5,9% assistente técnico administrativo e 5,9% nutricionista clínico. Os instrumentos foram aplicados nas unidades de alojamento conjunto, ambulatório de especialidades de oncologia e hematologia, centro cirúrgico de oncologia, centro de diagnóstico por imagem, clínica cirúrgica, clínica médica, emergência, serviço de nutrição, sala de recuperação pós-anestésica, unidade de internação pediátrica, unidades de terapias intensivas: adulto, pediátrica e neonatal; unidade de saúde da família. Os instrumentos apresentaram 192 intervenções de cuidado direto, 75 com frequência 1% e 80 intervenções de cuidado indireto, 39 com frequência 1%. As intervenções com maior frequência, no conjunto das unidades, foram Documentação, Administração de medicamentos, Passagem de plantão. O tempo produtivo dos profissionais na jornada ficou distribuído entre intervenções de cuidado direto e indireto e atividades associadas ao trabalho. Conclusões: Os instrumentos elaborados e aplicados evidenciaram as intervenções/atividades essenciais em cada unidade estudada e por categoria profissional que mais contribuem na medida da carga de trabalho e no tempo produtivo, mostrando ser importante estratégia gerencial para reorganizar os processos de trabalho.
Título em inglês
Health professionals workload: measurement instruments according to the Nursing Interventions Classification
Palavras-chave em inglês
Human Resources Administration
Human Resources in Health
Nursing Interventions
Workload - Instruments
Resumo em inglês
Introduction: Knowing and measuring the workload of health professionals can contribute to the efficient and effective management of health organizations; excessive workload is the main cause of stress and dissatisfaction. Objectives: Analyze the dissertations and theses related to the distribution of the workload of health professionals, based on the Classification of Nursing Interventions, developed by participants of the research group "Human resources management: concepts, instruments and indicators of the nursing staff process registered in the directory of the National Council of Scientific and Technological Development (CNPq). Methods: Documentary study secondary type to identify the instruments produced to measure the workload, was performed, the interventions / activities performed, the interventions / activities performed, as well as the probability of occurrence and the percentage of productive time in the workday of health professionals. The data sources were dissertations and theses, developed by the research group participants available at the thesis base USP and DEDALUS. Results: Were selected seventeen studies were carried out in which 17 workload measurement instruments were constructed for health professionals: 11.7% nurses, 76.5% nurses and technicians/Nursing assistants, 5.9% administrative assistant and 5, 9% clinical nutritionist. They were applied in pediatric areas, medical clinic, surgical clinic, emergency, rooming-in, surgical center, units of intensive therapies: adult, pediatric and neonatal, oncology and hematology outpatient clinic, diagnostic imaging center; family health unit and nutrition service. The instruments presented 192 direct care interventions, 75 with 1% frequency and 80 indirect care interventions, 39 with frequency 1%. The most frequent interventions, in the units as a whole, were Documentation, Medication Administration, Shift work. The productive time of the professionals on the journey was distributed between direct and indirect care interventions and work-related activities. Conclusions: The instruments elaborated and applied showed the essential interventions / activities in each unit studied and by professional category that contribute the most to the work load and productive time, showing that it is an important managerial strategy to reorganize work processes.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-09-26
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.