• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.7.2014.tde-10122014-181813
Documento
Autor
Nome completo
Fabiana Pereira das Chagas Vieira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Fugulin, Fernanda Maria Togeiro (Presidente)
Gaidzinski, Raquel Rapone
Laus, Ana Maria
Título em português
Correlação entre tempo de Assistência de Enfermagem e indicadores de qualidade assistencial em UTI Pediátrica e Neonatal
Palavras-chave em português
Administração de recursos humanos em enfermagem
Enfermagem
Indicadores de qualidade em assistência à saúde
Resumo em português
Introdução: A associação entre tempo médio de assistência de enfermagem dispensado aos pacientes e indicadores de qualidade assistencial tem sido considerada uma importante ferramenta gerencial, possibilitando demonstrar a relevância da adequação quantitativa e qualitativa de profissionais para a promoção de cuidados de excelência aos usuários dos serviços de saúde. Objetivo: Analisar a correlação entre tempo médio de assistência de enfermagem e indicadores de qualidade assistencial em unidade de terapia intensiva pediátrica e neonatal. Método: Pesquisa de abordagem quantitativa, documental, correlacional, realizada na Unidade de Terapia Intensiva Pediátrica e Neonatal (UTIPN) do Hospital Universitário da Universidade de São Paulo (HU-USP), compreendendo o período de 01 de janeiro de 2008 a 31 de julho de 2013. Os dados foram coletados dos instrumentos gerenciais utilizados pela chefia de enfermagem da Unidade. A análise correlacional foi realizada mediante a utilização do coeficiente de correlação de Spearman para as variáveis que não seguiam distribuição normal e do coeficiente de correlação de Pearson, para as variáveis com distribuição normal. Resultados: O tempo médio de assistência de enfermagem dispensado aos pacientes, no período analisado, correspondeu a 15,23 horas, das quais 32% foram disponibilizadas por enfermeiras e 68% por técnicos-auxiliares de enfermagem. A análise correlacional entre o tempo de assistência de enfermagem e o indicador saída não planejada de sonda oro/nasogastroenteral (SOG) evidenciou coeficiente de correlação de Spearman de (r = 0,433 - 0,485), com valor de p 0,001, indicando que a disponibilidade de tempo influencia as notificações ou subnotificações desses eventos. Os resultados encontrados permitiram verificar que o tempo médio de cuidado dispensado aos pacientes da UTIPN corresponde ao preconizado pelo COFEN, porém o percentual de enfermeiras disponível para assistir o paciente crítico é menor que o indicado por esse Órgão. Conclusão: Os resultados desta pesquisa não evidenciaram alteração nos índices dos indicadores de qualidade em função do tempo médio de cuidado dispensado aos pacientes internados na UTIPN, mas sugerem que os valores encontrados podem estar relacionados ao tempo de experiência profissional e à capacitação da equipe de enfermagem, bem como à implementação de ações educativas que buscam a melhoria contínua dos processos assistenciais. Desse modo, é necessária a realização de novas investigações que contemplem outros cenários e variáveis, além dos indicadores assistenciais e do tempo de assistência de enfermagem, subsidiando o processo de tomada de decisão referente ao quantitativo e qualitativo de profissionais de enfermagem, visando melhorar a qualidade e a segurança dos pacientes pediátricos.
Título em inglês
Correlation between nursing care time and indicators of quality care in Pediatric and Neonatal ICU
Palavras-chave em inglês
Nursing
Nursing Administration of Human Resources
Quality indicators in health care
Resumo em inglês
Introduction: Introduction: The association between the mean time of nursing care given to the patients and the indicators of quality care have been considered an important management tool, enabling to demonstrate the relevance of quantitative and qualitative adequacy of the professionals to promote excellence of care to the health service users. Goal: To analyze the correlation between the mean time of the nursing care and indicators of quality care in a pediatric and neonatal intensive care unit. Method: Research of quantitative, documentary, and correlational approach, held in the Pediatric and Neonatal Intensive Care Unit (UTIPN) at the University Hospital of the University of São Paulo (HU-USP), between January 01, 2008 and July 31, 2013. All the data were collected from management instruments used by the Unit's Nursing Director. The correlational analysis was done upon use of Spearman Correlation Coefficient for the variables that did not follow normal distribution and Pearson correlation coefficient for the variables with normal distribution. Results: The mean time of nursing care given to the patients, in the above mentioned period, was 15,23 hours, of which 32% were from Licensed Nurses and 68% from Certified Nursing Assistants. The correlational analysis between the nursing care time and the non planned output of the nasogastric tube indicator highlighted a Spearman correlation coefficient of (r = 0,433 - 0,485), with p < 0,001value, indicating that the availability of time influences the notification or sub notifications of these events. The results allowed to verify that the mean time of the care given to the UTIPN patients matches the one recommended by the COFEN, however the percentage of Licensed Nurses available to assist the acute patient is less than the indicated by this Agency. Conclusion: The results of this research did not highlight alteration of the quality indicators index regarding the mean time of care given to the UTIPN patients, but they suggest that the values found could be related to the professional experience and continued education of the nursing team, as well as the implementation of education actions that will keep improving the care plan. This way, it is necessary that new investigations that contemplate other scenarios and variables, in addition to the assistance and time indicators of the nursing care, subsidizing the decision making process regarding the quantitative and qualitative of the nursing professionals, aiming to improve the quality and security of the pediatric patients.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-03-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.