• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.7.2012.tde-08032013-140459
Documento
Autor
Nome completo
Gabriela Favaro Faria Guerrer
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Lima, Antonio Fernandes Costa (Presidente)
Castilho, Valeria
Jericó, Marli de Carvalho
Título em português
Auditoria de contas em um hospital de ensino especializado em cardiologia e pneumologia: um estudo de caso
Palavras-chave em português
Auditoria
Cardiologia
Documentação e Faturamento
Resumo em português
As instituições hospitalares que prestam serviços às operadoras de planos de saúde investem na auditoria de contas visando à adequada remuneração do atendimento prestado. No momento da pré-análise das contas a equipe de auditoria realiza correções para fundamentar a cobrança dos procedimentos, evitar glosas e perdas de faturamento. Nesta perspectiva esta pesquisa objetivou verificar os itens componentes das contas dos pacientes internados, conferidos por enfermeiras, que mais receberam ajustes no momento da pré-análise; identificar o impacto dos ajustes no faturamento das contas analisadas pela equipe de auditoria (médicos e enfermeiras) do hospital após a pré-analise; calcular o faturamento que esta equipe consegue ajustar nas contas e identificar as glosas relacionadas aos itens por ela conferidos. Tratou-se de uma pesquisa exploratória, descritiva, retrospectiva, de abordagem quantitativa na modalidade de estudo de caso, desenvolvida no Instituto do Coração (InCor) do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Foram estudadas 2.613 contas pré-analisadas pela equipe de auditoria do InCor no período de janeiro a dezembro de 2011. O faturamento concentrou-se em 04 (62,9%) das 34 operadoras de planos de saúde credenciadas. Houve predominância da operadora A (27,6%), porém o maior valor médio obtido por conta referiu-se a operadora D com R$ 19.187,50. Os itens mais incluídos nas contas pelas enfermeiras foram gases (90,5%); materiais de internação (85%) e serviço de enfermagem (83,2%). Materiais de Hemodinâmica com média de R$ 1.055,90 (DP± 3.953,45); gases com média de R$ 707, 91 (DP± 843,95) e equipamentos com média de R$ 689, 42 (DP± 1145,20) constituíram os itens de maior impacto financeiro nesses ajustes. Os itens mais excluídos das contas referiram-se a medicamentos de internação (41,2%); equipamentos (28%) e serviços de enfermagem (17%). Em relação aos ajustes negativos os itens que tiveram maior impacto financeiro foram os materiais de Hemodinâmica com média de R$ 3.860,15 (DP± 15.220,80); medicamentos utilizados na Hemodinâmica com média de R$ 1.983,04 (DP± 8.324,42) e gases com média de R$ 1.048,51 (DP± 3.025,53). As enfermeiras incluíram R$ 1.877.168,64 e excluíram R$ 1.155.351,36 e os médicos incluíram R$ 563.927,46 e excluíram R$ 657.190,19. Caso não fosse realizada a pré-análise, haveria a perda de R$ 628.554,55 no faturamento. Dentre as contas analisadas 91,42% receberam ajustes, sendo 57,59% positivos, com média de R$ 1.340,75 (DP±2.502,93) e 33,83% negativos, com média de R$ 1.571,58 (DP± 5.990,51). O total de glosas dos itens analisados por enfermeiras ou por médicos, bem como em itens examinados por ambos, correspondeu em média a R$ 380,51 (DP±1.533,05). As glosas referentes aos itens conferidos por médicos perfizeram um total médio de R$ 311,94 (DP±646,86) e as glosas referentes aos itens conferidos por enfermeiras de R$ 255,84 (DP± 1.636,76). O excesso de ajustes evidenciou a deficiência e a falta de uniformidade dos registros da equipe de saúde. Considera-se que esta pesquisa representa a possibilidade de avanço no conhecimento acerca da auditoria de contas hospitalares à medida que investigou o processo de pré-análise realizado por enfermeiras e médicos auditores
Título em inglês
Audit of Accounts in a Specialized Cardiology and Pneumology Teaching Hospital: a case study
Palavras-chave em inglês
Audit
Billing
Cardiology
Documentation
Resumo em inglês
Hospitals that provide services to health plan companies invest in the audit of accounts aiming to provide adequate remuneration of their service. The pre-analysis of accounts is when the audit team makes corrections to determine the foundations for billing the procedures, and to avoid disallowances and revenue losses. From that perspective, the objective of the present study was to identify the patient bill items that were most corrected after being submitted to pre-analysis; identify the impact of those corrections on the revenue of accounts that were analyzed by the hospitals audit team (physicians and nurses) after the pre-analysis; calculate the revenue that the referred team is able to correct, and identify the disallowances related to the items they checked. This exploratory, descriptive, retrospective case study was performed at the Heart Institute (InCor) of the University of São Paulo School of Medicine Clinics Hospital (HCFMUSP) using a quantitative approach. The study included a total of 2,613 accounts that had been pre-analyzed by the InCor audit team in the period spanning January to December of 2011. The revenue was concentrated in four (62.9%) of the 34 credited health plan companies. There was predominance by company A (27.6%), but the highest mean value per account was obtained by company D, with R$ 19,187.50. The items most often included in the accounts by the nurses were gauzes (90.5%); hospitalization materials (85%) and nursing care (83.2%). Hemodynamics materials, with a mean R$ 1,055.90 (SD± 3,953.45); gauzes, with a mean R$ 707.91 (SD± 843.95), and equipment, with a mean R$ 689.42 (SD± 1145.20) were the items with the strongest financial impact on the corrections. The items most often excluded from the accounts referred to hospitalization medications (41.2%); equipment (28%) and nursing care (17%). Regarding the negative changes, the items with the strongest financial impact were Hemodynamics materials, with a mean R$ 3,860.15 (SD± 15,220.80); medications used in Hemodynamics, with a mean R$ 1,983.04 (SD± 8,324.42), and gauzes, with a mean R$ 1,048.51 (SD± 3,025.53). Nurses included a total of R$ 1,877,168.64, and excluded R$ 1,155,351.36, while physicians included R$ 563,927.46 and excluded R$ 657,190.19. If the pre-analysis had not been performed, there would have been a revenue loss of R$ 628,554.55. Of all the accounts submitted to analysis, 91.42% were corrected, of which 57.59% were positive, with a mean R$ 1,340.75 (SD±2,502.93) and 33.83% were negative, with a mean R$ 1,571.58 (SD± 5,990.51). Regarding disallowances, the final sum considering the items analyzed by nurses, physicians or both corresponded to a mean R$ 380.51 (SD±1,533.05). The disallowances referring to the items analyzed by physicians added up to a mean total of R$ 311.94 (SD±646.86), and those referring to the items analyzed by nurses to R$ 255.84 (SD± 1,636.76). The excessive number of corrections showed the lack of uniformity in the records made by the health team. This study represents a possibility of knowledge advancement regarding the audit of hospital accounts as it investigated the pre-analysis process performed by nurses and physicians
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-03-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.