• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.7.2014.tde-01122014-115054
Documento
Autor
Nome completo
Jaqueline Alcantara Marcelino da Silva
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Peduzzi, Marina (Presidente)
Capozzolo, Angela Aparecida
Leite, Maria Madalena Januario
Rivera, Francisco Javier Uribe
Teixeira, Ricardo Rodrigues
Título em português
Educação interprofissional em saúde e enfermagem no contexto da atenção primária
Palavras-chave em português
Agir Comunicativo
Atenção Primária à Saúde
Educação Interprofissional em Saúde
Ensino Superior
Trabalho
Resumo em português
Introdução: O tema central deste estudo é a prática e a educação interprofissional em saúde (EIP) e enfermagem. Na EIP as profissões aprendem conjuntamente sobre o trabalho coletivo e as especificidades de cada área profissional, orientadas para o trabalho colaborativo em equipe interprofissional, interdisciplinar e o compromisso com a integralidade. Objetivos: O objetivo geral é analisar como ocorre a educação interprofissional na atenção primária à saúde (APS) no contexto brasileiro. Os objetivos específicos são: analisar as concepções da EIP e sua articulação com a prática interprofissional no cotidiano do trabalho da APS, na perspectiva de docentes, estudantes e trabalhadores. Método: Pesquisa qualitativa com abordagem compreensiva e interpretativa, cuja coleta de dados foi realizada em duas etapas. A primeira, por meio de 18 entrevistas semiestruturadas com docentes de oito universidades públicas brasileiras, que atuam na formação em saúde no contexto da APS. A segunda, com quatro sessões de grupos focais (GF) homogêneos, nas quais participaram cinco estudantes, seis docentes e 15 trabalhadores de duas Unidades Básicas de Saúde, vinculados ao Programa de Educação pelo Trabalho na Saúde (PET-Saúde). A análise dos dados foi realizada por meio da perspectiva crítico hermenêutica, com a triangulação dos resultados das duas etapas da pesquisa, à luz do quadro teórico, utilizando os conceitos: processo de trabalho em saúde e enfermagem, profissionalismo, teoria do agir comunicativo, interdisciplinaridade, EIP, prática colaborativa centrada no usuário e APS. Resultados: A triangulação dos resultados, da primeira e segunda fases da pesquisa, corroborou as três categorias empíricas contruídas a partir da análise das entrevistas, que indicam as concepções de EIP articuladas a prática de APS: A EIP desloca a ênfase da formação e das práticas para a integralidade do cuidado, A EIP contribui para a reconfiguração das relações profissionais colaborativas, Preservação das competências complementares da especificidade profissional, reconhecimento das competências comuns e construção das competências colaborativas. Porém, os GF permitiram identificar diferenças no olhar dos atores sociais: os estudantes destacam a participação do usuário no cuidado, os docentes enfatizam a ausência de apoio institucional para EIP e os trabalhadores ressaltam a desarticulação ensino-serviço, pois usualmente não participam do planejamento das atividades de ensino no campo. A triangulação também revela tensões para o avanço da EIP, com destaque para incompatibilidade da grade curricular dos diferentes cursos. Conclusão: As concepções de EIP identificadas, indicam a necessidade da reconfiguração das relações profissionais, com articulação de competências comuns, complementares/específicas e colaborativas para promover a prática interprofissional centrada no usuário no contexto da APS no Sistema Único de Saúde (SUS).
Título em inglês
Interprofessional education in health and nursing in Primary Health Care
Palavras-chave em inglês
Communicative Action
Interprofessional Education
Primary Health Care
Work
Resumo em inglês
Introduction: The central theme of this study is the practice and interprofessional education in health (IPE) and nursing. In IPE professions learn together on collective work and the specifics of each professional field, oriented collaborative work in interprofessional and interdisciplinary team and a commitment to comprehensive health care. Objectives: The overall objective is to analyze how IPE occurs in primary health care (PHC) in the Brazilian context. The specific objectives are: to analyze the conceptions of EIP and its articulation with the interprofessional practice in PHC daily work, from perspective of teachers, students and health workers. Method: Qualitative research with comprehensive and interpretative approach, which data collection was performed in two stages. The first, through structured interviews, with 18 teachers from eight Brazilian public universities, who work in health education in PHC. The second, with four sessions of homogeneous focus groups (FG), which involved five students, six teachers and 15 health workers of two PHC units linked to Education Program for Health Work (PET-Health). Data analysis was performed using the critical hermeneutic perspective, with the triangulation of the two stages results of research, based on theoretical framework, using concepts: work process in health and nursing, professionalism, Theory of Communicative Action, interdisciplinarity, IPE, patient centered collaborative practice and PHC. Results: The triangulation of results, the first and second phases of the study corroborated the three empirical categories from analysis of the interviews indicate that the conceptions of IPE articulated the practice of PHC: 'IPE emphasis of training and practice for comprehensive health care', 'IPE contributes to reconfiguration of collaborative professional relationships', 'Preservation of complementary competences of professional specificity, recognition of common competences and construction of collaborative competences'. However, the GF allowed to identify differences in the look of stakeholders: students highlight user participation in health care, teachers emphasize the lack of institutional support for IPE and health workers emphasize the teaching health service disarticulation, as usually workers do not participate in the planning of teaching activities in field. Triangulation also reveals tensions to advance of IPE, especially curriculum incompatibility of different courses. Conclusion: The conceptions of IPE identified indicate the need for professional relationships reconfiguration, with articulation of common, complementary/specific and collaborative competences to promote patient centered interprofessional practice in PHC settings in the Unified Health System (SUS).
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-01-06
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • MIRA, Vera Lucia, et al. Análise do processo de avaliação da aprendizagem de ações educativas de profissionais de enfermagem [doi:10.1590/S0080-62342011000700006]. Revista da Escola de Enfermagem da USP [online], 2011, vol. 45, p. 1574-1581.
  • Peduzzi, Marina, et al. Educação interprofissional: formação de profissionais de saúde para o trabalho em equipe com foco nos usuários. Revista da Escola de Enfermagem da USP , 2013.
  • PEDUZZI, Marina, et al. Trabalho em Equipe da Perspectiva Interprofissional. Programa de Atualização, 2012, vol. 3, p. 9-39.
  • PEDUZZI, Marina, et al. Trabalho em equipe na perspetiva da gerência de serviços de saúde: instrumentos para a construção da prática interprofissional. Physis (UERJ. Impresso), 2011, vol. 21, p. 629-646.
  • Silva, Jaqueline Alcântara Marcelino da, and PEDUZZI, Marina. Educação no trabalho na atenção primária à saúde: interfaces entre a educação permanente em saúde e o agir comunicativo [doi:10.1590/S0104-12902011000400018]. Saúde e Sociedade (USP. Impresso) [online], 2011, vol. 20, p. 1018-1032.
  • Germani ACGG, et al. A Educação Interprofissional como tema de Publicações Científicas. In 10. Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva, Porto Alegre, 2012. Ciência e Saúde Coletiva .Porto Alegre - RS : Abrasco, 2012. Resumo.
  • Germani ACGG, et al. Considerações sobre a educação interprofissional no contexto internacional. In VIII Workshop Multidisciplinar sobre ensino e aprendizagem - Praticas Docentes no Ensino Superior, Campo Limpo Paulista, 2012. Atas do evento do VIII Workshop Multidisciplinar sobre ensino e aprendizagem.Campo Limpo Paulista - SP : Faculdade Campo Limpo Paulista, 2012.
  • PEDUZZI, Marina, et al. Educação e prática interprofissional: Necessidade de definição dos construtos e avaliação dos efeitos. In 10. Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva, Porto Alegre, 2012. Ciência e Saúde Coletiva .Porto Alegre - RS : Abrasco, 2012. Resumo.
  • PEDUZZI, Marina, et al. Educação interprofissional para promover trabalho em equipe colaborativo: Análise dos constructos teóricos. In 10. Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva, Porto Alegre, 2012. Ciência e Saúde Coletiva .Porto Alegre - RS : Abrasco, 2012. Resumo.
  • Peduzzi, Marina, Leonello, Valéria, e SILVA, Jaqueline Alcântara Marcelino. Que profissionais estamos produzindo para o público?. In 13. Congresso Paulista de Saúde Pública, São Paulo - SP, 2013. Anais do 13. Congresso Paulista de Saúde Pública. : Saúde e Sociedade, 2013.
  • PEDUZZI, Marina, SOUZA, Geisa C. de, e SILVA, Jaqueline Alcântara Marcelino. Educação interprofissional em saúde e enfermagem: nova abordagem para formação profissional. Coimbra, 18 a 24 de setembro. In XI Conferência Iberoamericana de Educação em enfermagem, Coimbra, 2011. Referência (Coimbra).Coimbra, 2011. Resumo.
  • Silva, Jaqueline Alcântara Marcelino da, SOUZA, Geisa C. de, e PEDUZZI, Marina. A dimensão comunicativa na educação interprofissional em saúde. In III Encontro Internacional de Pesquisa em Enfermagem - Avanços no cuidado, gestão e política, São Paulo, 2012. Anais do III Encontro Internacional de Pesquisa em Enfermagem - Avanços no cuidado, gestão e política.São Paulo - SP : Escola de Enfermagem da USP, 2012. Resumo.
  • SILVA, Jaqueline Alcântara Marcelino, MONTANHA, Dionize, e PEDUZZI, Marina. Público participante de ações educativas em hospital de ensino e atenção primária à saúde. Coimbra, 18 a 24 de setembro. In XI Conferência Iberoamericana de Educação em enfermagem, Coimbra, 2011. Referência (Coimbra).Coimbra, 2011. Resumo.
  • SILVA, Jaqueline Alcântara Marcelino, MONTANHA, Dionize, e PEDUZZI, Marina. Survey of education needs in primary and hospital care work. São Paulo, 28 a 30 de julho. In VIII Conference Global Network of WHO Colaborating Centers for Nursing & Midwifery, São Paulo, 2010. ANAIS., 2010. Resumo.
  • SOUZA, Geisa C. de, Silva, Jaqueline Alcântara Marcelino da, e PEDUZZI, Marina. Concepções sobre trabalho em equipe de enfermagem. In III Encontro Internacional de Pesquisa em Enfermagem - Avanços no cuidado, gestão e política, São Paulo, 2012. Anais do III Encontro Internacional de Pesquisa em Enfermagem - Avanços no cuidado, gestão e política.São Paulo - SP : Escola de Enfermagem da USP, 2012. Resumo.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.