• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.7.2018.tde-15092017-143720
Documento
Autor
Nome completo
Karina Suzuki
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Turrini, Ruth Natalia Teresa (Presidente)
Graziano, Kazuko Uchikawa
Prado, Marinésia Aparecida do
Püschel, Vilanice Alves de Araujo
Souza, Rafael Queiroz de
Título em português
Higienização das viaturas móveis de atendimento pré-hospitalar:intervenção educativa
Palavras-chave em português
Atendimento Pré-Hospitalar
Bombeiros
Desinfecção
Educação em saúde
Emergências
Enfermagem
Resumo em português
Discussões sobre prevenção e controle de Infecção Relacionada à Assistência à Saúde (IRAS) deve ser irrestrita e ampliada a outros estabelecimentos de saúde. A literatura sobre controle de infecção é tradicionalmente fundamentada na prática do contexto hospitalar, e há uma lacuna quando se trata de atendimento pré-hospitalar. Além dos profissionais da área saúde, outros profissionais compõem a equipe entre eles, bombeiros e policiais militares, rodoviários e outros, que não tiveram em sua formação profissional conteúdo específico que lhes fornecesse conhecimento sobre a prevenção e o controle de infecções nas situações de atendimento a vítimas com potencial risco de contaminação por fluidos biológicos, sendo a educação, portanto, a arma contra a disseminação de doenças infecciosas. Objetivo: avaliar a eficácia de uma intervenção educativa utilizando mapas conceituais e indicadores de conformidade para higienização das viaturas móveis do Atendimento Pré-Hospitalar de uma capital da região centro-oeste do Brasil. Método: Estudo de natureza quantitativa, quase-experimental, a coleta de dados foi de julho de 2014 a janeiro de 2015. Participaram do estudo 34 bombeiros do Batalhão de Salvamento em Emergência (BSE) do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiás (CBMGO) que atuam nas viaturas de suporte básico e avançado de vida. O estudo foi desenvolvido em quatro fases: Elaboração e validação de conteúdo do indicador de conformidade para higienização das viaturas; Avaliação da conformidade da higienização das viaturas antes da capacitação; Intervenção Educativa e Avaliação da conformidade da higienização das viaturas após intervenção. Foi aplicado um questionário antes da intervenção e 30 dias depois. Os indicadores de conformidade foram validados por um corpo de oito juízes com cálculo do Índice de Validade de Conteúdo (IVC 70%). A avaliação da eficácia da capacitação foi feita pelo teste de McNemar, sendo considerado p 0,05. A capacitação dos profissionais foi baseada na teoria da aprendizagem significativa de David Ausubel e da construção de um mapa conceitual idealizado por Joseph Novak. Resultados: Dos 71 indicadores de conformidade, foram excluídos 26, totalizando 45 indicadores. Na avaliação pré-intervenção, somente um (2,9%) socorrista sabia definir limpeza, quatro (11,8%) sabiam o conceito de desinfecção, 14 (41,2%) sabiam da importância de se higienizar a viatura e do uso de EPI. Após intervenção no total três (8,8%) bombeiros sabiam conceituar limpeza, cinco (14,7%), desinfecção, quanto à importância da limpeza e desinfecção 16 (47,1%) e em relação à importância do uso de EPI foram 15 (44,1%) A observação do procedimento de higienização melhorou quanto aos parâmetros de secagem da viatura após a lavagem (p=0,004) e desinfecção da viatura (p=0,002). Os dados mostram que após o curso teve uma ligeira melhora no número de questões corretas, sendo estatisticamente significativa (p=0,021). Conclusão: a intervenção educativa utilizando uma metodologia ativa com a construção de mapas conceituais não se mostrou totalmente eficaz. A observação dos procedimentos de higienização das viaturas manteve-se no mesmo padrão, exceto para secagem e desinfecção; os bombeiros socorristas não melhoraram o conhecimento da definição de limpeza e desinfecção e o entendimento da importância de se higienizar a viatura e o uso de EPIs.
Título em inglês
Cleaning of ambulances of the pre hospital care: an educational intervention
Palavras-chave em inglês
Disinfection
Emergencies
Firefighters
Health Education
Nursing
Prehospital Care
Resumo em inglês
Discussions on prevention and control of infection Related to Health Care (IRHC) should be unrestricted and expanded to other health care facilities. The literature on infection control is traditionally based on the practice of hospital context, and there is a gap when it comes to pre-hospital care. In addition to health care professionals, other professionals make up the team, firefighters, police officers and others who have not taken their training specific content to provide them with knowledge about prevention and control of infections in situations with potential risk of contamination by biological fluids, therefore, education is the weapon against the spread of infectious diseases. Objective: To evaluate the effectiveness of an educational intervention using concept maps and compliance indicators for cleaning of mobile cars of Prehospital care from a capital of the midwestern region of Brazil. Method: quantitative study, quasi-experimental, data collection was from July 2014 to January 2015. The study included 34 firefighters Rescue Battalion Emergency (BSE) of the Fire Brigade of the State of Goiás working in basic and advanced life support vehicles. The study was developed in four phases: Development and content validity of compliance indicator for cleaning of vehicles; Conformity assessment of the cleaning of vehicles before training; Educational Intervention and Conformity assessment of the cleaning of vehicles after intervention. A questionnaire was applied before the intervention and 30 days after. Compliance indicators were validated by an 8 experts judge with Content Validity Index (IVC 70%). The evaluation of training effectiveness was taken by McNemar test, being considered p 0.05. The training of professionals was based on the theory of meaningful learning of David Ausubel and the construction of a conceptual map designed by Joseph Novak. The data show that after the course there was a slight improvement in the number of correct questions, being statistically significant (p = 0.021) and that the course brought a homogenization knowledge given to reducing the standard deviation. Results: Of the 71 indicators of compliance, 26 were excluded, totaling 45 indicators.The pre-intervention assessment, only one (2.9%) rescuer knew cleaning definition, four (11.8%) knew the concept of disinfection, 14 (41.2%) knew the importance of sanitize the vehicle and the use of PPE. After intervention a total of three (8.8%) firefighters knew conceptualize cleanliness, five (14.7%), disinfection, on the importance of cleaning and disinfection 16 (47.1%) and of the importance of the use of PPE were 15 (44.1%). The observation of the cleaning procedure improved regarding these parameters drying after washing (p=0,004) and disinfection of the vehicle (p=0,002) Conclusion: The educational intervention using an active methodology and the construction of conceptual maps was not fully effective. The observation of the vehicles cleaning procedures remained the same pattern, except for drying and disinfecting rescuers firefighters have not improved the knowledge of the definition of cleaning and disinfection and understanding of the importance of sanitizing the vehicle and the use of PPE.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-05-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.