• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.7.2006.tde-02102006-161212
Documento
Autor
Nome completo
Silma Maria Cunha Pinheiro Ribeiro
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2006
Orientador
Banca examinadora
Graziano, Kazuko Uchikawa (Presidente)
Alfa, Michelle
Oguisso, Taka
Pinto, Terezinha de Jesus Andreoli
Strabelli, Tânia Mara Varejão
Título em português
Reprocessamento de cateteres de angiografia cardiovascular após uso clínico e contaminados artificialmente: avaliação da eficácia da limpeza e da esterilização.
Palavras-chave em português
Cateter de Angiografia
Esterilização
Microbiologia
Reprocessamento - Cateter
Resumo em português
A prática assistencial na área da saúde implica situações de risco, os quais podem ser maximizados, minimizados ou projetados no julgamento à luz da fundamentação científica. O reprocessamento de materiais de uso único é uma prática que, a cada dia, tem exigido esforços dos profissionais de saúde no sentido de buscar e produzir evidências que auxiliem no processo de tomada de decisão em relação à não-realização ou sob que condições podem ser executadas. O objetivo geral deste estudo foi avaliar a aplicação de diferentes processos de limpeza e a esterilização em óxido de etileno a 100% nos cateteres de angiografia cardiovascular com vista à determinação da capacidade de redução da carga microbiana e do resíduo orgânico neles antes e após a utilização pelo paciente, assim como em situações de simulação com testes desafio. Trata-se de pesquisa experimental, aplicada, comparativa e controlada realizado no Research Centre do Saint Boniface General Hospital filiado à University of Manitoba, localizada em Winnipeg no Canadá. Os cateteres foram utilizados uma única vez por pacientes submetidos a angiografia coronariana e à análise de resíduos orgânicos (hemoglobina, carboidrato, proteína e endotoxina) por meio de testes bioquímicos diretos e indiretos utilizando a técnica de espectrofotometria. A carga microbiana foi avaliada por meio da realização de cultura microbiológica por método indireto. Esses experimentos foram realizados em quatro etapas, sendo a primeira imediatamente após o uso dos cateteres para determinação da sujidade basal; a segunda, após o uso pelo paciente e limpeza do cateter por diferentes métodos; a terceira, após o uso pelo paciente, de inoculação de sujidade artificial e limpeza por diferentes métodos e a quarta, após o uso pelo paciente, teste desafio, limpeza e esterilização simulando-se cinco reusos. Foram utilizadas técnicas de estatística descritiva e analítica por meio de testes estatísticos paramétricos (análise de variância) e, quando necessário, testes não paramétricos (Kruskall-Wallis). Em todas as análises estatísticas, foram considerados testes bilaterais com um nível de significância estatística de 5% ou 0,05 e o intervalo de confiança estabelecido foi de 95%. O resultado positivo em qualquer um dos testes de detecção de resíduo orgânico e microbiológico foi indicativo de ineficácia do método de limpeza testado. As unidades amostrais foram submetidas aos seguintes métodos de limpeza: limpeza manual com detergente enzimático com enxágüe em água de torneira ou água tratada com osmose reversa e esterilizada; limpeza manual com detergente contendo peróxido de hidrogênio com enxágüe com água tratada com osmose reversa e esterilizada; limpeza automatizada com detergente enzimático sem enxágüe ou com enxágüe em água tratada com osmose reversa e esterilizada; limpeza sob pressão contínua com detergente contendo peróxido de hidrogênio com enxágüe em água de torneira ou água tratada com osmose reversa e esterilizada. Os resultados obtidos neste estudo apontam para a manutenção da carga microbiana antes e após a limpeza dos cateteres. Antes da execução de qualquer método de limpeza dos cateteres, a freqüência de culturas positivas foi de 8,2%, com uma carga microbiana média de 500UFC/unidade. Após a limpeza dos cateteres a freqüência de culturas positivas foi de 8,3% e a carga microbiana média foi de 250UFC/unidade. Os resíduos orgânicos basais detectados nos cateteres apresentavam-se nas seguintes concentrações: 146,3 µg/unidade de hemoglobina, 628,5 µg/unidade de proteína e 7,0 µg/unidade de carboidrato e 38,0 UE/unidade de endotoxina. Após a realização de cinco simulações, a concentração de hemoglobina indireta foi abaixo do limite de detecção do teste, proteína indireta =107,7 µg/unidade, carboidrato indireto= 340,1µg/unidade e endotoxina=5,4UE/unidade. A análise da concentração dos resíduos orgânicos de acordo com os métodos de limpeza demonstrou diferentes níveis de redução. Os métodos de limpeza que utilizaram o detergente contendo peróxido de hidrogênio apresentaram melhor desempenho em relação aos que utilizaram detergentes enzimáticos, sendo que o do método de limpeza sob pressão contínua foi superior aos demais métodos. Os resultados dos resíduos orgânicos dos cateteres que foram submetidos a cinco simulações de reuso mostraram-se inferiores aos valores médios absolutos de uma única simulação, com exceção da concentração média de carboidrato.
Título em inglês
Reprocessing of cardiovascular angiography catheter after clinical use and artificial soil: evaluation of the efficaccy of the cleaning and sterilization.
Palavras-chave em inglês
Angiographic catheter
Microbiology
Reprocessing - Catheter
Sterilization
Resumo em inglês
The healthy assistance implies in risk, which can be maximized, minimized or projected based on the scientific data. The reprocessing of single used devices is a practice that each day has demanded efforts of the healthcare professionals in order to search and to produce scientific evidences to help them make decision in relation to not reuse or reuse under safety conditions. The objective of this study was to evaluate different cleaning processes and sterilization in ethylene oxide 100% of the angiographic catheters in order to determine the capacity in reducing of the bioburden and the organic residual before and after patient use, as well as in simulated use with soil test. It is an experimental research, comparative and controlled permed in the Research Centre of the Saint Boniface General Hospital affiliated to the University of Manitoba located in Winnipeg, Canada. The catheters had been used only one time for coronariographic exam and submitted to the analysis of organic residues (hemoglobin, carbohydrate, protein and endotoxin) by in situ and destructive test reading by spectrophotometer. The bioburden was evaluated by microbial culture. These experiments had been performed in four phases, being the first immediately after patient use to determine the basaline soil; the second after patient use and cleaning of the catheter by different methods; the third after patient use, soil test inoculation and cleaning by different methods. The fourth phase was performed after patient use and simulated reuse. Descriptive and analytical statistic analysis by parametric statistical tests (variance analysis) or no parametric tests (Kruskall-Wallis) were performed. Had been considered bilateral tests with a significance level < 0,05 and the confidence interval was 95%. It was considered clening failure of the cleaning process any positive results of the detention of organic and microbiological residue. The catheters were submitted to the following cleaning methods: manual washing with enzymatic detergent with tap water or reverse osmosis sterile rinsing; manual washing with hydrogen peroxide detergent rinsing in reverse osmosis sterile water, automated washing with no rinse or reverse osmose sterile water; hydrogen peroxide detergent pumping with tap water or reverse osmosis sterile rinsing . The results gotten in our study showed the maintenance of the bioburden before and after the cleaning of the catheters. In the baseline phase 8,2% of the cultures were positive cultures and the microbial load was 500CFU/device. After cleaning it was 8,3% and the average microbial load was 250 CFU/device. The baseline organic residues data were hemoglobin 146,3µg/device, protein 628,5 µg/device, carbohydrate 7,0µg/device and endotoxin 38,0EU/device. After five simulated use, the indirect hemoglobin concentration was lower of the test limit of detention, protein = 107,7 µg/device, carbohydrate = 340,1µg/device and endotoxin=5,4EU/device. The organic residual analysis according the cleaning methods found different levels of reduction. The cleaning methods that had used a hydrogen peroxide detergent showed better performance relating the enzymatic detergents methods, as well as hydrogen peroxide detergent pumping with reverse osmosis sterile rinsing was the best method. After simulated use phase the organic residue showed lower concentration, excepted the carbohydrate level.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Silma_Ribeiro.pdf (1.35 Mbytes)
Data de Publicação
2006-11-21
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.