• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.7.2005.tde-23102006-100109
Documento
Autor
Nome completo
Carla Andrea Trapé
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2005
Orientador
Banca examinadora
Soares, Cassia Baldini (Presidente)
Dalmaso, Ana Silvia Whitaker
Lacaz, Francisco Antonio de Castro
Título em português
A prática educativa dos agentes comunitários do PSF à luz da categoria Práxis.
Palavras-chave em português
Agente comunitário de saúde
Educação em saúde
Programa de saúde da família
Resumo em português
O objeto do presente trabalho é a educação em saúde como uma prática realizada pelo agente comunitário de saúde (ACS) do Programa de Saúde da Família (PSF). Teve como objetivos analisar as concepções de educação, saúde e educação em saúde que norteiam as práticas educativas dos ACS da Coordenadoria de Saúde da Subprefeitura do Butantã bem como analisar o caráter dessas atividades educativas. A coleta de dados ocorreu por meio de grupos focais e entrevistas individuais com 39 agentes das quatro unidades de saúde da coordenadoria que desenvolvem ações vinculadas ao PSF. Os procedimentos de análise seguiram as recomendações da análise temática, tendo a práxis como categoria de análise. Em relação à atividade teórica, componente da práxis, constatou-se que à medida que se partia da concepção de educação e chegava-se na de saúde e de educação em saúde, enfraquecia-se o caráter transformador do discurso. Sendo assim, enquanto os temas a respeito da educação equilibravam-se entre a concepção mais conservadora e a mais transformadora de educação, os temas a respeito de saúde e educação em saúde - mais diretamente relacionados com o saber operante - revestiam-se acentuadamente de um caráter conservador. A saúde então era vista como resultado de múltiplos fatores e a educação em saúde como transmissão de informações para se adquirir saúde. Essa atividade teórica acabou por guiar uma atividade prática característica da práxis reiterativa em que os agentes não participam do planejamento do processo de trabalho em saúde e não dominam o “objeto ideal”, reproduzindo tarefas planejadas por outros. Essa práxis não produz o “novo”, condição essencial para a transformação da realidade de saúde, além de resultar em alienação dos agentes do processo de trabalho em saúde. A superação da práxis reiterativa na direção de uma práxis criadora dar-se-ia por meio da qualificação do trabalho dos agentes, aperfeiçoando as concepções e o saber operante - de educação, saúde e educação em saúde, da perspectiva da saúde coletiva - que iluminam o recorte do objeto e instrumentalizam a prática para apoiar, junto dos grupos sociais, o processo de transformação da realidade de saúde e de construção da cidadania plena. Tarefa que depende fundamentalmente da concretização do SUS nos modelos de atenção que superem as armadilhas da alienação no trabalho.
Título em inglês
Educative practice of the community agents of the PSF analyzed by the category of Praxis.
Palavras-chave em inglês
Community health agent
Education in health
Family health program
Resumo em inglês
The purpose of this work is the health education as a function put into practice by the Community Health Agent (CHA) of the Family Health Program (FHP). It had as H’s purposes an analysis of the education concepts in health that guide the educational training of the CHA of the coordination of the subcouncil of health of Butantã as well as to analyze the character of these educational activities. The collected of data occurred by means of focus groups and individual interviews with 39 agents of the four health units of the coordination that developed collected actions of FHP. The procedures of analysis followed the recommendations of theme analysis, having as a rule the analysis category. In relation to the theorist activity, a component of rule, it was found that as the basis of educational concept got to health, and health education it weakened and transformed the character of the subject. Being so, while the themes about education balanced equally between the most conservative concept and the most educational transformer, the themes about health, health education – related more directly to the production of knowledge – stressed revision of a conservative character. So health was seen as a result of factors multiples and health education as the transmission of information to acquire health. This theorist activity ended up guiding a practical activity characteristic of the retaining rule that the agents did not participate in the planning of the work in health and didn’t control the “ideal object”, reproducing tasks planned by others. This rule doesn’t produce the “new” condition that is essential to the transformation of the reality of health, as well as resulting in the alienation of the agents in the health work process. The overcoming of the changing rules can be done by creating a rule to qualify the agents work, improving the concepts and the operating knowledge - of education, health and health education giving a perspective of collective health – that show the cutting of the work and reinforcing the practice of supporting together with the social groups the process of transforming the reality of health and the building of “complete citizenship”. Task that depends fundamentally on the consolidation of the “SUS” in the models of attention that overcome the traps of alienation at work.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Carla_Trape.pdf (720.87 Kbytes)
Data de Publicação
2006-11-21
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.