• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.7.2007.tde-20062007-093249
Documento
Autor
Nome completo
Valeria Marli Leonello
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2007
Orientador
Banca examinadora
Oliveira, Maria Amelia de Campos (Presidente)
L'Abbate, Solange
Leite, Maria Madalena Januario
Título em português
Competências para ação educativa da enfermeira: uma interface entre o ensino e a assistência de enfermagem
Palavras-chave em português
Competência profissional
Cuidado de Enfermagem
Educação baseada em competências
Educação em enfermagem
Educação em saúde
Resumo em português
Trata-se de uma pesquisa qualitativa que tomou como objeto a interface entre o ensino de enfermagem e o processo de trabalho assistencial em sua dimensão educativa, no que se refere ao desenvolvimento de competências para práticas educativas alicerçadas na Educação Popular em Saúde. Seus objetivos foram construir um perfil de competências para ação educativa da enfermeira em seu processo de trabalho assistencial, a partir da perspectiva dos sujeitos implicados na formação inicial em enfermagem e identificar conhecimentos, habilidades e atitudes para essa ação educativa. Utilizou-se o materialismo histórico e dialético como base teórico-metodológica e, como categoria conceitual, a competência, tal como definida por Perrenoud, ancorada nas concepções de trabalho em saúde e no saber operante postulados por Mendes-Gonçalves. A pesquisa foi realizada na Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo (EEUSP) e em dois serviços de saúde vinculados à USP e utilizados como campo de estágio de disciplinas do Bacharelado em Enfermagem: Hospital Universitário (HU) e Centro de Saúde Escola Butantã (CSE). A coleta de dados envolveu cinco grupos de sujeitos: o grupo 1, formado por cinco docentes que participam do Grupo de Apoio Pedagógico (GAP) da EEUSP; o grupo 2, com cinco alunas concluintes do Bacharelado em Enfermagem da EEUSP; o grupo 3, formado por dez enfermeiras, sendo cinco do HU e cinco do CSE Butantã; o grupo 4, integrado por dois gestores desses dois serviços; e, finalmente, o grupo 5, com oito usuários dos serviços mencionados, totalizando 30 participantes. Utilizou-se o grupo focal como técnica de abordagem para os grupos 1 e 2 e, para os grupos 3, 4 e 5, a entrevista semi-estruturada. Para análise dos dados empíricos, utilizou-se a técnica de análise de discurso proposta por Fiorin e adaptada por Car e Bertolozzi. Os discursos coletados foram decompostos em frases temáticas e essas em conhecimentos, habilidades e atitudes, segundo os quatro pilares da educação, para cada grupo abordado. Em seguida, à luz do referencial teórico utilizado, procedeu-se à recomposição desses conhecimentos, habilidades e atitudes, resultando na construção de dez competências para ação educativa da enfermeira: promover a integralidade do cuidado à saúde; articular teoria e prática; promover o acolhimento e construir vínculos com os sujeitos assistidos; reconhecer-se e atuar como agente de transformação da realidade em saúde; reconhecer e respeitar a autonomia dos sujeitos em relação à suas vidas; respeitar o saber de senso comum, reconhecendo a incompletude do saber profissional; utilizar o diálogo como estratégia para a transformação da realidade em saúde; operacionalizar técnicas pedagógicas que viabilizem o diálogo com os sujeitos assistidos; instrumentalizar os sujeitos com informação adequada e, finalmente, valorizar e exercitar a intersetorialidade no cuidado à saúde. A construção desse perfil de competências revelou, entre outros aspectos, a necessidade de ressignificar a ação educativa nos serviços de saúde, adotando-se a perspectiva da Educação Popular em Saúde. Neste sentido, construir competências para ação educativa da enfermeira constitui uma das tarefas para a formação inicial, na interface entre o ensino e o processo de trabalho assistencial da enfermagem
Título em inglês
Competencies for educational activities in nursing: an interface between education and nursing care
Palavras-chave em inglês
Education based on competencies
Health education
Nursing care
Nursing education
Professional competencies
Resumo em inglês
The focus of this qualitative study is the interface between nursing education and nursing care with regard to the development of competencies for educational practices based on Popular Health Education. The objective was to create a competencies profile for nursing care education activities by identifying requisite knowledge, abilities and attitudes. Historical and dialectical materialism was used as the theoretical and methodological framework. Competence was addressed as a conceptual category, as defined by Perrenoud, based on healthcare concepts and on instrumental knowledge as postulated by Mendes-Gonçalves. This study was conducted at the University of São Paulo Nursing School (EEUSP) and in two health centers linked to the University of São Paulo and used as a training ground for internship courses for the bachelor’s degree program in nursing. Data collection involved five groups of participants: group 1, made up of five professors, who are members of the EEUSP Grupo de Apoio Pedagógico (Education Support Group - GAP); group 2, made up of five USP nursing school graduates (bachelor’s degree); group 3, made up of 10 nurses, five from HU and five from CSE Butantã; group 4, made up of two managers of these two services; and finally, group 5, with eight users of the aforementioned services, for a total of 30 participants. A focus group was used for groups 1 and 2 and semi-structured interviews for groups 3, 4 and 5. Discourse analysis proposed by Fiorin and adapted by Car and Bertolozzi was used for analysis of empirical data. The statements collected were categorized into thematic phrases and these were further categorized into knowledge, abilities and attitudes, according to the four pillars of education for each group studied. In light of the theoretical framework employed, the knowledge, abilities and attitudes were reconstructed, resulting in the creation of 10 core competencies for nursing education activities: promoting full health care; integrating theory and practice; promoting embracement and building ties with patients; recognizing and acting as an agent for change in healthcare; recognizing and respecting the independence of participants; respecting the wisdom of common sense, recognizing the incompleteness of professional knowledge; using dialogue as a strategy to transform healthcare; employing educational techniques that facilitate dialogue with patients; empowering the participants with appropriate information and finally, promoting decentralization of healthcare. The building of this competency profile revealed, among other things, the need to redesign educational activities in healthcare around the Popular Health Education initiative. In this sense, building competencies for nursing education is one of the first tasks required to form the interface between education and nursing care
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Valeria_Leonello.pdf (903.09 Kbytes)
Data de Publicação
2007-07-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.