• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.7.2006.tde-19102006-103553
Documento
Autor
Nome completo
Marli Aparecida Silva Athaniel
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2006
Orientador
Banca examinadora
Takahashi, Renata Ferreira (Presidente)
Guerriero, Iara Coelho Zito
Praça, Neide de Souza
Título em português
Significados e implicações de ser mãe no processo saúde-doença em mulheres com AIDS.
Palavras-chave em português
Doenças transmissíveis (HIV)
Mães (transmissão)
Síndrome de imunodeficiência adquirida
Resumo em português
As mulheres infectadas por aids, ao engravidarem, enfrentam múltiplas dificuldades, entre elas o receio da transmissão vertical. Objetivou-se com este estudo identificar as características sócio-demográficas e as condições de vida e trabalho de mulheres com aids; identificar os significados atribuídos por elas à maternidade e conhecer as implicações de ser mãe no processo saúde-doença. Trata-se de um estudo exploratório, qualitativo, com 16 mulheres com AIDS, matriculadas num serviço especializado em DST/AIDS do município de São Paulo. Os dados foram obtidos meio de consulta aos prontuários clínicos e de entrevista com roteiro semi-estruturado e submetidos posteriormente à análise de conteúdo, sendo interpretados à luz do conceito de Vulnerabilidade. As características do grupo de mulheres estudadas são: solteiras, idade reprodutiva, baixa escolaridade e condições de vida precárias, infectadas por via sexual, souberam do diagnóstico tardiamente. Dos significados da maternidade, emergiram três categorias: a primeira “a vivência da gravidez” abrangendo os determinantes, os sentimentos e as repercussões da gravidez; a segunda categoria, “expressão da maternidade” reuniu os significados atribuídos à maternidade e as dificuldades enfrentadas. A terceira “implicações da maternidade no cotidiano” referem-se ao enfrentamento do processo saúde-doença e ao relacionamento familiar. Na análise das categorias foram identificados elementos potencializadores e protetores da vulnerabilidade à infecção, adoecimento e morte pelo HIV no contexto de transmissão vertical do HIV. Concluiu-se que a maternidade, na ótica das mulheres, constituiu-se em um evento protetor da vulnerabilidade ao adoecimento e morte por HIV, sendo assim necessária uma abordagem dessas mulheres sobre o desejo de ter filhos, pois a maternidade possibilita re-significar suas vidas.
Título em inglês
Meanings and implications of being mother in the health-disease process of women with AIDS.
Palavras-chave em inglês
Mothers (transmission)
Syndrome of acquired immunodeficiency
Transmissible diseases (HIV)
Resumo em inglês
When women who are infected by AIDS get pregnant, they face several difficulties such as the fear of vertical transmission. The objective of this study is to identify the socio-demographic and living and work conditions in the life of women who have AIDS; identify the meaning attributed by them to maternity and identify the implications of being a mother in the health-disease process. It consists of an exploratory and quantitative study with 16 AIDS infected women, enrolled in a specialized service in STD/AIDS in the city of Sao Paulo. The data collected from clinical records and interviews from semi-structured guidelines, were later submitted to the content analysis, and interpreted according to the Vulnerability concept. The characteristics of the women studied are: single, reproductive age group, low education and precarious life condition, sexually infected, with late diagnostic. From de meaning of maternity three categories stood out: the first, “the pregnancy experience”, including the determinants, the feelings and the pregnancy consequences: the second category, “maternity significance”, combined the meanings attributed to maternity and the difficulties encountered. The third “daily implications of maternity” is related to the confront of the health-disease process and family relationship. While analyzing the categories, potential elements, protectors against the vulnerability to infection, falling ill and death caused by HIV in vertical HIV transmission, were identified. We concluded that maternity, from the women’s point of view, was a protective event against the vulnerability to illness and death caused by the HIV. Therefore, it is necessary to approach these women to discuss the willingness of having children, because maternity makes it possible for them to redirect their lives.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Marli_Athaniel.pdf (905.53 Kbytes)
Data de Publicação
2006-11-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.