• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.7.2005.tde-19102006-123055
Documento
Autor
Nome completo
Lucia Helena Grando
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2005
Orientador
Banca examinadora
Rolim, Marli Alves (Presidente)
Colvero, Luciana de Almeida
Faro, Ana Cristina Mancussi e
Humerez, Dorisdaia Carvalho de
Moreno, Vânia
Título em português
Família e transtornos alimentares: uma forma singular de estar no mundo.
Palavras-chave em português
Anorexia nervosa
Bulimia nervosa
Enfermagem psiquiátrica
Família
Psicologia social
Resumo em português
Trata-se de um estudo qualitativo, que teve como objetivos explicitar as representações de familiares de indivíduos portadores de transtornos alimentares acerca da anorexia e bulimia nervosas e analisá-las na perspectiva das ações e de cuidado que desenvolvem no convívio cotidiano com seus familiares doentes. Teve como cenário o Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, que é centro de referência no atendimento de pacientes com transtornos alimentares. A coleta de dados foi realizada com os familiares, mediante entrevista semi-estruturada, gravada e transcrita literalmente. Os princípios éticos de participação voluntária, esclarecida e consentida foram respeitados. A teoria das representações sociais foi utilizada como referencial teórico e os dados foram submetidos à análise de conteúdo. Os depoimentos permitiram o conhecimento das representações que orientam as ações dos familiares na convivência com o familiar portador de transtorno alimentar. Nos depoimentos, a representação desse adoecer psíquico, ancorada principalmente nas perspectivas psicológica e social, é caracterizada por singularidades que mostram uma fragilidade psíquica, a qual, tanto favorece o aparecimento do transtorno, como se estrutura no curso do mesmo. Tal fragilidade tornaria as adolescentes vulneráveis aos processos de massificação e importação de modelos culturais hegemônicos decorrentes da globalização - o culto à beleza. Vivenciando a exclusão social, pontuada pela erosão nos relacionamentos e isolamento afetivo, esses familiares apontam uma vivência sofrida que lhes impõe carga objetiva e subjetiva, que se traduz numa tarefa difícil e desgastante que é o cuidado possível.
Título em inglês
The family and the eating disorders: a singular way of being in the world.
Palavras-chave em inglês
Anorexia nervosa
Bulimia nervosa
Family
Psychiatric nursing
Social Psycology
Resumo em inglês
This is a qualitative study, aiming to show the representations of eating disorders patients' relatives, regarding anorexia nervosa and bulimia nervosa, as long as to analyze these representations on the context of the daily actions and quotidian taking care of their sick relatives. The research has been developed at the Psychiatric Institute of the Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, which is the center of reference to the assistance of eating disorders patients. The data collection has been made within the relatives, submitted to semi-structured interviews, recorded and literally transcribed. The ethics principles of voluntary, cleared and consented participation have been respected. The social representation theory have been used as a theoretic referential and the data have been submitted to the content analysis. The declarations made possible the knowledge of the representations which guides the family relatives' actions living with the person who suffer from eating disorder. In the declarations, the representation of the psycho becoming sick process, mostly based on the psychological and social perspectives, is characterized as singularities that show psycho fragility which makes easier for the eating disorder to appear and which structures it self in the illness length. This fragility would make the female teenagers vulnerable to the massing process and importing of hegemonic cultural models resulted from the globalization - the cult of beauty. Living the social exclusion, marked by the erosion at the relationships and affective isolation, these family relatives mentioned above, indicate a suffering living that impose objective and subjective load, translated in a hard and tiresome task: the possible care.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Lucia_Helena_Grando.pdf (893.84 Kbytes)
Data de Publicação
2006-11-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.