• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
Documento
Autor
Nome completo
Consuelo Garcia Corrêa
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2003
Orientador
Banca examinadora
Cruz, Dina de Almeida Lopes Monteiro da (Presidente)
Almeida, Miriam de Abreu
Angelo, Margareth
Pimenta, Cibele Andrucioli de Matos
Riccio, Grazia Maria Guerra
Título em português
"Raciocínio clínico: o desafio do cuidar"
Palavras-chave em português
cognição
cuidado
diagnóstico de enfermagem
intuição
Raciocínio clínico
Resumo em português
Corrêa CG. Raciocínio Clínico: o desafio do cuidar. [tese] São Paulo (SP): Escola de Enfermagem da USP; 2003. RESUMO O objetivo deste estudo é compreender a experiência do raciocínio clínico de enfermeiros especialistas. Utiliza-se como referencial teórico o Interacionismo Simbólico e como referencial metodológico a Teoria Fundamentada em Dados (Grounded Theory). Em entrevistas, 11 enfermeiros especialistas foram solicitados a relatar a experiência de identificar necessidades de cuidados em uma situação clínica que haviam vivenciado. A análise comparativa dos dados conduziu o delineamento de um modelo sobre a experiência do raciocínio clínico do enfermeiro especialista. O raciocínio diagnóstico apresentou-se indissociável do raciocínio terapêutico na maioria dos relatos. O modelo foi definido por três constructos. O constructo ENCONTRANDO-SE NO DESAFIO DO CUIDAR representa os processos pelos quais o enfermeiro vivencia o desafio do raciocínio clínico. A partir da vivência do desafio emerge o segundo constructo CUIDANDO que se refere ao processo central do raciocínio clínico. Trata-se de um processo sistematizado e dinâmico, composto de uma seqüência de pensamentos do enfermeiro no sentido de tomar decisões sobre suas ações. Esses dois constructos integrados são permeados por um terceiro, ATRIBUINDO VALOR AO CUIDAR, que os modula e dá especificidade a cada situação vivenciada. Dar continuidade ao estudo do modelo derivado nesta pesquisa possibilitará propor hipóteses que permitam testá-lo e aprofundar a compreensão do raciocínio clínico. Palavras chave: Raciocínio clínico; diagnóstico de enfermagem; intuição; cognição; cuidado.
Título em inglês
Clinical Reasoning: the challenge of caring
Palavras-chave em inglês
caring
clinical reasoning
cognition
intuition
nursing diagnosis
Resumo em inglês
Corrêa CG. Clinical Reasoning: the challenge of caring. [Phd Thesis]. São Paulo (SP): Escola de Enfermagem da USP; 2003. ABSTRACT The aim of this study is to understand the specialist nurses experience of clinical reasoning. The Symbolic Interactionism is the theoretical framework, and the Grounded Theory is the methodological one. Eleven specialist nurses were asked to report their experience on identifying nursing care needs in a clinical situation that they had experienced. Comparative analyses of the data led to the design of a clinical reasoning model for the specialist nurse. The diagnostic reasoning presented itself inseparable from the treatment reasoning in most reports. The model was defined by three constructs. The construct FINDING HIM/HERSELF OUT ON THE CARE CHALLENGE represents the processes by which nurses experience clinical reasoning challenge. Experiencing the caring challenge led to the second construct, CARING, which is concerned about the major judgement process. It refers to a systematic, dynamic process consisting of a sequence of thoughts in order to make decisions about the nurse actions. These two integrated constructs are permeated by a third one, ASCRIBING VALUE TO CARING, which modulates and gives uniqueness to each experienced situation. Further studies of the model devised in this research will develop hypotheses to test it and to deepen the understanding on clinical reasoning. Key words: clinical reasoning, nursing diagnosis, intuition, cognition, caring.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2006-05-30
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.