• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.7.2006.tde-02102006-104635
Documento
Autor
Nome completo
Aida Maris Peres
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2006
Orientador
Banca examinadora
Ciampone, Maria Helena Trench (Presidente)
Kurcgant, Paulina
Leite, Maria Madalena Januario
Nimtz, Miriam Aparecida
Wolff, Lillian Daisy Gonçalves
Título em português
Competências gerenciais do enfermeiro: relação entre as expectativas da instituição formadora e do mercado de trabalho.
Palavras-chave em português
Administração em enfermagem
Competência administrativa(educação)
Competência profissional
Enfermagem(educação)
Resumo em português
O desenvolvimento desta pesquisa focaliza as questões relacionadas ao ensino superior de enfermagem, mais especificamente no que se refere à formação de competências gerenciais do enfermeiro. O estudo tem como objetivos: identificar as competências gerenciais propostas nos planos de ensino das disciplinas que abarcam conteúdos de Administração em Enfermagem, reconhecendo a relação entre um Projeto Político-Pedagógico (PPP) e o perfil do egresso proposto nas Diretrizes Curriculares Nacionais; analisar o PPP de uma escola de enfermagem em face das expectativas de dirigentes de serviços de enfermagem do mercado de trabalho local em relação às competências gerenciais do enfermeiro ingressante nesses serviços; e, problematizar as convergências e divergências das expectativas do mercado de trabalho em relação às competências gerenciais e as priorizadas na formação, favorecendo intervenções no âmbito do ensino. A sustentação teórica recuperou conceitos de competência no contexto da Administração Geral e da Educação, desencadeando, a partir destes, uma discussão sobre as Políticas de Educação e as Políticas de Saúde no país, como determinantes dos modelos de formação na Área de Enfermagem e do ensino de Administração em Enfermagem. Trata-se de uma pesquisa de abordagem qualitativa do tipo descritivo-exploratório, composta metodologicamente em três etapas: análise documental de um PPP; análise das entrevistas realizadas com onze gerentes representantes do mercado de trabalho de enfermagem em Curitiba, PR, e interpretação hermenêutico-dialética das competências gerenciais esperadas nos âmbitos do ensino e do mercado de trabalho, explicitadas na primeira e segunda etapas. A análise e a interpretação dos dados foram subsidiadas por duas grandes vertentes. A primeira vertente abarca as categorias analíticas: totalidade, práxis, historicidade e dinamicidade, que se complementam a partir da crítica dialética com a análise hermenêutica. A segunda vertente de análise é composta pelas seguintes categorias empíricas, advindas dos discursos dos sujeitos entrevistados: perfil do enfermeiro, para atender às necessidades institucionais; expectativas dos gerentes, quanto às competências gerenciais dos enfermeiros; e bagagem gerencial, que os enfermeiros trazem da formação para a instituição, segundo a percepção dos gerentes. A análise interpretativa norteou-se pelos eixos dos determinantes estruturais, que abrangem as políticas de saúde e as políticas de educação; pelos determinantes da dimensão particular, representada pelo mercado de trabalho local em enfermagem e pela instituição de ensino; e pelos determinantes da dimensão singular, pertinentes ao âmbito do ensino de Administração de Enfermagem. Os resultados apontam a necessidade do ensino estreitar as relações com o mercado de trabalho no sentido de ampliar a valorização das competências gerenciais do enfermeiro para além da dimensão técnica, contemplando estas dimensões: comunicativa, ética, política e de desenvolvimento da cidadania.
Título em inglês
Nurse managerial competences: relation relationship between the expectations of the nursing education and nursing market of work.
Palavras-chave em inglês
Administration in nursing
Administrative competence (education)
Management for competences (education)
Nursing (education)
Professional competence
Resumo em inglês
The development of this research focuses on the questions related to the nursing education, specifically related to the formation of a nurse's managerial competences. The objectives of this study are: (i) to identify the managerial competences proposed at the plans of education of disciplines that contains administration in nursing, recognizing the relationship between a Pedagogic-Politics Project (PPP) and the profile of the National Curricular Guidelines; (ii) to analyze the PPP of a nursing school towards the expectations of nursing services´ managers; (iii) to discuss the convergences and divergences of the work environment expectations towards the managerial competences and those prioritized at nursing school. The theoretical sustentation recouped concepts of competences in the context of general administration and education, promoting reflection and discussion about education and health politics in Brazil, as a determinative of models of formation in nursing and the education of Administration in Nursing. As a descriptive-exploratory research divided into three stages: documentary analysis of a PPP; analysis of the interviews carried out at by eleven representative nursing managers in Curitiba city, Brazil; and hermeneutics-dialectic interpretation of the managerial competences requested in the scopes of the education and work. The analysis and interpretation of the data had been subsidized into two distinct categories. The first is composed by the following analytical categories: totality, praxis, history, and dynamics. The second is composed into the following empirical categories demanded by the interviewed professionals: profile of the nurse; expectations of nursing managers; and management knowledge. The interpretative analysis was guided by: structural dimension that encloses health and education politics; the particular dimension, represented by nursing school; and the singular dimension,pertinent to the scope of the education in nursing administration. The results point out the necessity to approximate the nursing market of work and its formation in order to expand managerial nurses competences beyond the technical dimension, embracing the communicative, ethical, political and citizenship development dimensions.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
tese_aida_maris_peres.pdf (1,013.23 Kbytes)
Data de Publicação
2006-11-21
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.