• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.7.2006.tde-15012007-152058
Documento
Autor
Nome completo
Eliana Cappelletti Tessitore
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2006
Orientador
Banca examinadora
Colvero, Luciana de Almeida (Presidente)
Furtado, Juarez Pereira
Machado, Ana Lucia
Título em português
Os talentos do corpo: uma experiência de trabalho corporal com pacientes com transtorno mental
Palavras-chave em português
Expressão corporal
Fisioterapia
Saúde mental
Resumo em português
A pesquisa se insere na interface da Fisioterapia e Saúde Mental. Buscou-se descrever e analisar a experiência do “Grupo Corpo” enquanto estratégia de atendimento de abordagem corporal, incluindo técnicas fisioterápicas e dança, face ao processo de reabilitação de pessoas com transtorno mental grave e de longa duração, realizada no Centro de Reabilitação e Hospital Dia (CRHD) do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clinicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Os sujeitos dessa pesquisa foram dez pacientes matriculados no Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clinicas, pertencentes ao programa de reabilitação do CRHD, participantes do Grupo Corpo durante o ano de 2004 e dez profissionais que atenderam os pacientes nos diferentes grupos do CRHD. Dados sobre o Grupo Corpo foram colhidos a partir registros efetuados pelos terapeutas nos prontuários dos pacientes sujeitos do estudo, após cada sessão do grupo; registros sobre as sensações corporais escritos por cada participante no início e no final da sessão; entrevistas semi-estruturadas realizadas pela pesquisadora com cada um dos pacientes; e, com cada um dos profissionais pertencentes aos diferentes grupos de atendimento dos quais o paciente faz parte. Como referenciais teóricos, apresentam-se: a origem e trajetória da fisioterapia ao longo do tempo, como ela configurou seu núcleo profissional, por meio do destaque dos momentos importantes dos seus modos de conceber o corpo, a saúde e a doença e seus modos de intervenção para questionar os modelos fisioterápicos hegemônicos de intervenção no corpo das pessoas focalizando aquelas acometidas de transtornos mentais; a articulação da história da fisioterapia com a história da psiquiatria; as diferentes concepções de abordagem do corpo, da perspectiva de filósofos e de acordo com abordagens não convencionais, como a dança e a música. Os resultados indicam que o Grupo Corpo desenvolveu-se de acordo com necessidades expressas pelos pacientes, prevalecendo a demanda dos pacientes sobre o roteiro pretendido. A análise da compreensão dos pacientes sobre o Grupo Corpo foi feita a partir de quatro casos, sob o formato de pequenas histórias que, segundo suas características singulares, representaram as vivências dos pacientes no Grupo Corpo. Essa análise nos mostrou que o Grupo Corpo contribuiu para o desenvolvimento pessoal dos pacientes, com efeitos motores e não motores, que contribuíram para o incremento da contratualidade e exercício de autonomia desses pacientes. Os profissionais entrevistados enfatizaram a necessidade de um trabalho corporal para os pacientes em reabilitação, consideraram que o Grupo Corpo potencializou os trabalhos da equipe, preencheu uma lacuna no Programa de Reabilitação. Discutiu-se o papel de uma “fisioterapia ampliada” e de uma “clinica do inusitado”: uma forma de ver e tratar pessoas portadoras de transtorno mental grave e de longa duração, em que “a ênfase não é mais colocada no processo de “cura” mas no projeto de “invenção de saúde” (Rotelli, 1990, p. 30)
Título em inglês
Talentos do Corpo: a bodily work experience with mentally disordered patients
Palavras-chave em inglês
Bodily expression
Mental health
Physiotherapy
Resumo em inglês
The research is inserted in the Physiotherapy and Mental Health interface. It tried to describe and analyze the “Grupo Corpo’s experience” as strategy to assist the bodily approach, including physiotherapeutic techniques and dance, facing the process to rehabilitate people with severe and long lasting mental disorder, accomplished at Centro de Reabilitação e Hospital Dia (CRHD) of the Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. The individuals of this research were ten patients enrolled at Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas, belonging to CRHD’s rehabilitation program, participants of Grupo Corpo during 2004, and ten professionals who assisted the patients in the different groups from CRHD.Data on Grupo Corpo were collected from records accomplished by therapists in the patients’ medical registers, after each show of the group: records on bodily sensations written by each participant at the beginning and at the end of the show; semi-structured interviews accomplished by the researcher with each patient, and with each professional belonging to the different assistance groups of which the patient is part of. As theoretical references: the physiotherapy’s origin and path as time goes by; how it has configured its professional core through the distinction of important moments from its manners of conceiving body, health and disease, and its intervention ways to question the hegemonic physiotherapist models of intervention in the people’s bodies focusing the ones accessed by mental disorders; the articulation of the physiotherapy history with the psychiatry history; the different conceptions of the body approaching, of the philosophers’ perspective and according to unconventional approaches as dance and music.The results reveal that Grupo Corpo has been developed according to the needs expressed by the patients, being prevailed the patients’ demand on the intended path. The analysis of the patients’ understanding on Grupo Corpo was accomplished based on four cases, presented as brief histories that, according to their unique characteristics, they represent the patients’ experiences in the Grupo Corpo. This analysis has shown us that Grupo Corpo has contributed to the patients’ personal development, with motor and non-motor effects, which aided to improve the contracture and independence exercise to patients. The professionals who were interviewed emphasized the need of a bodily work to patients during rehabilitation stage, and they considered that Grupo Corpo has empowered the work group, fulfilling the Rehabilitation Program. The role of a “broaden phisiotherapy” and an “untold clinic” was discussed: a way to see and treat people suffering with severe and long lasting mental disorder in which “the emphasis does not focus the “cure” process, but the “health invention” project (Rotelli, 1990,p. 30)
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Eliana_Tessitore.pdf (918.19 Kbytes)
Data de Publicação
2007-02-01
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.