• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.7.2007.tde-12062007-110332
Documento
Autor
Nome completo
José Luiz Cassandri
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2007
Orientador
Banca examinadora
Aranha e Silva, Ana Luisa (Presidente)
Oliveira, Marcia Aparecida Ferreira de
Vicentin, Maria Cristina Gonçalves
Título em português
Contribuições da copa da inclusão para a consolidação do campo psicossocial
Palavras-chave em português
Campo psicossocial
Desinstitucionalização
Enfermagem em saúde mental
Processo de trabalho em saúde
Reforma psiquiátrica brasileira
Trabalho em rede
Resumo em português
Esta é uma pesquisa qualitativa cujo objeto de estudo é a Copa da Inclusão, mais precisamente a ação dos trabalhadores na Copa da Inclusão (seus processos de trabalho), o sentido do seu saber e do seu fazer, buscando compreender se tal ação leva em consideração a complexidade do objeto de intervenção, ou seja, a vida real do usuário de serviços de saúde mental. Tem a finalidade de contribuir para a efetivação e consolidação da Reforma Psiquiátrica brasileira e do campo psicossocial, por isso se propôs os seguintes objetivos: a) Caracterizar o perfil profissional do trabalhador responsável pela organização da Copa da Inclusão; b) Compreender seus processos de trabalho na Copa da Inclusão; c) Analisar se estes processos de trabalho produzem transformações no cotidiano do serviço. O cenário de estudo é a Copa da Inclusão. Participam deste estudo seis sujeitos, trabalhadores responsáveis pela coordenação das atividades relacionadas à Copa da Inclusão em seis serviços da Prefeitura Municipal de São Paulo (um Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas - CAPS AD -, quatro Centros de Atenção Psicossocial II - CAPS II - e um Centro de Convivência e Cooperativa - CECCO). Os dados empíricos foram coletados por meio de entrevista semi-estruturada e analisados segundo a técnica de análise de enunciação. Os resultados apontam importantes transformações na vida dos usuários coerentes com as finalidades dos processos de trabalho definidas a priori pelos trabalhadores, ou seja, ampliação da rede social, desenvolvimento da autonomia, melhoria na qualidade de vida e resgate da cidadania dos usuários. Também é possível verificar que os instrumentos utilizados (pessoais, institucionais e intersetoriais), estão adequados para atingir tais finalidades. Além disso, existe coerência na eleição do objeto de trabalho, considerado uma pessoa ativa na construção de sua cidadania. As transformações na vida dos serviços confirmam que na relação dialética entre os meios de trabalho (instrumentos) e os objetos de trabalho ambos são transformados, ou seja, de um lado o objeto passa a apresentar demandas mais complexas, por outro lado o serviço é convocado a desenvolver instrumentos de intervenção mais sofisticados. Tais transformações dizem respeito à ampliação das ações do serviço no território, maior entrosamento entre os trabalhadores dos serviços possibilitando o trabalho em equipe com características interdisciplinares, organização e planejamento das ações de saúde relacionadas à Copa, mudança no papel (poder) do trabalhador na relação com os outros trabalhadores e com os usuários e a incorporação de novos atores com seus saberes no campo psicossocial. As transformações na vida da sociedade, relacionadas à cultura e imaginário coletivo sobre a loucura, apontam para uma maior participação de pessoas da comunidade nas atividades relacionadas à Copa e a diminuição do estigma social da loucura, fruto das atividades preparatórias da Copa da Inclusão. A Copa da Inclusão prova que as atividades intersetoriais com a participação da comunidade são um trabalho vivo em ato, utiliza instrumentos de intervenção potentíssimos no resgate e construção da cidadania das pessoas portadoras de transtornos mentais. As transformações (finalidades dos processos de trabalho), neste caso, podem estar ocorrendo porque o projeto de intervenção não é mais centrado na doença, ou seja, o objeto de trabalho destes serviços foi ampliado e complexificado. Por fim, conclui-se que à medida que os trabalhadores (força de trabalho), frente às dificuldades para a realização de seus processos de trabalho, mobilizam-se para superá-las, criam meios para a consolidação do modelo de atenção psicossocial e superação do modelo asilar. O trabalhador necessário ao campo psicossocial é aquele que tem consciência práxica do seu fazer, é aquele que produz e reproduz conhecimentos com a finalidade clara de transformar as realidades
Título em inglês
Contributions of the Inclusion Cup for the consolidation of psychosocial field
Palavras-chave em inglês
Brazilian psychiatric reform
Deinstitutionalization
Mental health nursing
Network job
Praxis in health
Psychosocial field
Resumo em inglês
This is a qualitative research in which the object of study is the Inclusion Cup, more precisely the action of the workers in the Inclusion Cup (their praxis), the meaning of their knowledge and their practice, looking for the understanding if such action takes into consideration the complexity of the object of intervention, in short, the real life of the users of mental health services. It has the purpose of contributing for the effectiveness and consolidation of the Brazilian Psychiatric Reform and the psychosocial field, so it has been proposed the following objectives: a) Defining the professional profile of the worker responsible for the organization of the Inclusion Cup; b) Understanding their praxis in the Inclusion Cup; c) Analyzing whether these working praxis produce transformation in the daily job. The scenery of study is the Inclusion Cup. Six people participate on this program, workers responsible for the coordination of the activities related to the Inclusion Cup in six services of Sao Paulo City Hall (a Psychosocial Attention Center of Alcohol and Drugs – CAPS AD -, four Psychosocial Attention Centers II – CAPS II – and a Center of Acquaintanceship and Cooperative – CECCO). The empirical data were collected by semi structured interview and analyzed according to the technique of enunciation analysis. The results point out important changing in the users’ lives coherent with the aims of the praxis defined firstly by the workers, in short, the extension of the social network, the development of the autonomy, the improvement in the quality of life and the rescue of the citizenship of the users. It’s also possible to verify that the tools used (personal, institutional and inter-sector) are adequate to achieve such aims. Besides, there is coherence in the selection of the object of work, considering an active person in the construction of their citizenship. The transformation in the lives of the services confirm that in the dialectical relation between the resources of work (tools) and the objects of work both are transformed, in short, on the one hand the object starts to present more complex demand, on the other hand the service is called to develop instruments of intervention more sophisticated. Such changes concern to the extension of the actions of the service in the territory, more connection among the workers of the services making possible the team work with interdisciplinary characteristics, organization and planning of the actions in health related to the Cup, changes in the worker’s role (power) in the relationships with the other workers and the users and the incorporation of new actors with their knowledge in psychosocial field. The transformations in life in society, related to culture and collective unconscious about madness, indicate a bigger participation of the people from the community in the activities related to the Cup and the reduction of the social stigma of madness, result from the preparatory activities for the Inclusion Cup. The Inclusion Cup proves that the inter-sector activities with the participation of the community are a live work in attitude, it uses mental tools. The transformations (the purpose of the praxis), in this case, can be happening because the project of intervention is not centralized on the disease, in short, the object of praxis of these services has been extended and made developed more complex. Finally, it could have been concluded that as the workers (labor force), facing difficulties to accomplish their praxis, they mobilize to surmount them, create ways for the consolidation of the psychosocial attention model and surmount the asylum model. The needed worker to the psychosocial field is the one who has clear definition of the praxis, the one who produces and reproduces knowledge with the clear purpose of changing realities
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Jose_Cassandri.pdf (850.37 Kbytes)
Data de Publicação
2007-06-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.