• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.7.2005.tde-30052007-084709
Documento
Autor
Nome completo
Maria Fernanda Pellegrino da Silva Dornaus
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2005
Orientador
Banca examinadora
Silva, Isilia Aparecida (Presidente)
Abrão, Ana Cristina Freitas de Vilhena
Praça, Neide de Souza
Título em português
A experiência de amamentação de um grupo de mulheres com mamoplastia redutora e de aumento
Palavras-chave em português
Aleitamento materno
Imagem corporal
Mamoplastia
Resumo em português
As transformações sociais com a excessiva valorizção da imagem corporal idealizada esteticamente, em especial das mamas como símbolo da feminilidade, submete as mulheres a procurar recursos cirúrgicos para adequar sua aparência aos padrões vigentes. A maior facilidade de acesso às cirurgias estéticas repercute na prática assistencial e observamos um número crescente de mulheres com mamoplastia. O objetivo deste estudo foi de compreender a experiência de amamentação de um grupo de mulheres com mamoplastia redutora e de aumento. A pesquisa qualitativa foi desenvolvida utilizando o modelo teórico representativo da experiência de amamentar, "Pesando Riscos e Benefícios", elaborado por Silva (1997), e o Discurso do Sujeito Coletivo (DSC) para organização dos dados. Participaram do estudo 14 mulheres, sendo oito com mamoplastia redutora e seis com implante mamário, as quais expressaram o desejo de amamentar e apresentavam boas condições clínicas e, mãe e recém-nascido tinham qualquer distúrbio impeditivo à amamentação. Na ocasião das entrevistas, cerca de um mês após o nascimento, no grupo de mulheres com mamoplastia redutora, a amamentação exclusiva foi observada em caráter de exceção, duas mulheres desmamaram e seis estavam em aleitamento materno. As mulheres com prótese mamária, metade estavam amamentando exclusivmente e as restantes, em aleitamento materno. Na análise dos dados foram extraídos 16 DSC, distribuídos em quatro temas: "Opção pela cirurgia plástica e o projeto de amamentação", "Vivenciando a prática da amamentação", Reflexão sobre a interface da cirurgia com o processo de amamentação" e "Conciliar o papel de mãe, nutriz e mulher - não é fácil". Os DSC revelaram o movimento de mulheres em buscar a mamoplastia para obtenção de maior satisfação com a imagem corporal e as ansiedades decorrentes da opção cirúrgica que afloram na gestação ou no pós-parto ao se depararem com a prática da amamentação. Ao vivenciarem a amamentação, as mulheres avaliaram a capacidade de produzir leite em quantidade adequada às necessidades do filho. O complemento lácteo apareceu como benefício à mulher, sendo uma estratégia para prolongar o período de amamentação e postergar o desmame e, por vezes, como auxílio para recuperação dos traumas mamilares. As mulheres em sua maioria acreditam que a mamoplastia interferiu na amamentação, observando dificuldade de ejeção e produção láctea reduzida. As mulheres que não foram capazes de manter a amamentação exclusiva expressam sentimento de culpa pela opção cirúrgica e procuraram garantir o vínculo com o filho e transmitir o amor materno construindo outras estratégias. As dificuldades em amamentar foram pautadas em questões biológicas e estruturais da glândula mamária e não em questões culturais de valorização do corpo feminino. A crença social e dos profissionais da área da saúde que a mulher com mamoplastia não deseja amamentar, para não comprometer o resultado estético de suas mamas obtido pela cirurgia não se evidenciou. Percebe-se que permanece a intenção da mulher em manter sua imagem em corcordância com os padrões idealizados, projetando a possibilidade de repetir a cirurgia no futuro
Título em inglês
The breastfeeding experience of a group of women with reducing and enlarging mammoplasty
Palavras-chave em inglês
Body image
Breastfeeding
Mammoplasty
Resumo em inglês
The social transformations with excessive valuation of the aesthetically idealized body image and, specially the breasts as femininity, submit the women to search surgical resources in order to adequate their appearance to the present patterns. The bigger easiness of access to the aesthetical surgeries reverberates on the first-aid practice and we observe an increasing number of women with mammoplasty. The object of present study was to understand the breastfeeding experience of a group of women with reducing and enlarging mammoplasty. The qualitative research was developed utilizing the representative theoretical model of the breastfeeding experience "Pesando Riscos e Benefícios" [Weighing Risks and Benefits] elaborated by Silva (1997) and for the data organization the Discurso do Sujeito Coletivo (DSC) [Collective Subject Speech]. It has participated in the study 14 women being 8 with reducing mammoplasty and 6 with mammary implant, that expressed the desire for breastfeeding and that presented good clinical conditions and both, mother and newborn, did not have any impeditive disturbance to the breastfeeding. By the occasion of the interviews, about one month after the birth, in the group of women with reducing mammoplasty, the exclusive breastfeeding was observed in exception character, two women have weaned and six were in maternal feeding. On the women with mammary prosthesis, half of them was exclusively breastfeeding and the remaining, on maternal feeding. In the data analysis there were drawn 16 DSCs, distributed in four themes: "Options for the plastic surgery and the breastfeeding project", "Experiencing the breastfeeding practice", "Reflection about the surgery interface with the breastfeeding process" and "Conciliating the mother, nourisher and woman role - it is not easy". The DSCs have disclosed the women motion searching the mammoplasty for achieving greater satisfaction with the body image and the anxieties elapsing from the surgical option that arise on the gravidity or on the post-partum when facing with the breastfeeding practice. When experiencing the breastfeeding, the women have assessed the capacity for producing milk in a quantity adequte to the child necessities. The lactic complement has shown up as a benefit for the woman, being a strategy for extending the beastfeeding period and postponing the weaning and, many times, as a help for recovering from the mammilary traumas. Most of the women believe that the mammoplasty has interfered in the breastfeeding, observing ejection difficulty and reduced lactic production. The women that were not capable of sustaining the exclusive breastfeeding expressed guilty sense for the surgical option and tried to ensure the entailment with the child and to transmit the maternal love building new strategies. The difficulties for breastfeeding were guided by biological and structural questions of the mammary gland and not by cultural questions of female body valuation. The social belief and among the professionals of the area that the woman with mammoplasty do not desire to breastfeed in order to not compromise the static results of her breasts achieved through surgery has not been shown clearly, although being perceived that it remains the intention for keeping her image according to the idealized patterns, projecting the possibility for repeating the surgery in the future
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2007-08-29
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.