• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.64.2016.tde-23032016-152758
Documento
Autor
Nome completo
Melissa Gaste Martinez
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2015
Orientador
Banca examinadora
Camargo, Plinio Barbosa de (Presidente)
Sartori, Maria Marcia Pereira
Abe, Augusto Shinya
Martins, Marcio Roberto Costa
Silva, Ana Maria Moura da
Título em português
Influência da paisagem na dieta de Bothrops atrox na Amazônia oriental
Palavras-chave em português
13C
15N
Hábito alimentar animal
Herpetologia
Isótopos estáveis
Serpentes
Viperidae
Resumo em português
No Brasil, 90% dos 26 mil acidentes ofídicos são ocasionados pelo gênero Bothrops, sendo a espécie Bothrops atrox a predominante na região amazônica brasileira. A região de Santarém (PA) está relacionada com 92% dos acidentes ofídicos, dos quais 20% foram considerados graves. Essa alta incidência pode estar relacionada à diversidade dos cenários florísticos da região, possibilitando a existência de uma amplitude deste gênero. Através do uso da metodologia dos isótopos estáveis do carbono (13C) e do nitrogênio (15N), verificou-se se as variações dos hábitos e fontes alimentares existentes nos diferentes ambientes e usos de solo na Amazônia, neste caso, ambientes de floresta, savana e pastagem, influenciaram na composição isotópica dos tecidos coletados das B. atrox encontradas nestes ambientes. Para a captura das B. atrox e de suas presas em potencial, utilizou-se três métodos de coleta, como encontro ocasional, busca ativa e armadilhas de interceptação e queda (Pit fall traps). Após as capturas, essas serpentes foram mantidas no biotério da FIT e retiradas amostras de tecidos periodicamente. Os tecidos das B. atrox e suas fontes alimentares foram analisados isotopicamente por espectrometria de massas para ?13C e ?15N. As diferentes fontes alimentares das B. atrox, foram isotopicamente distintas nos três ambientes, assim como a incorporação em seus tecidos analisados. Para as B. atrox mantidas no biotério, assim como o alimento de biotério oferecido, obteve-se o turnover de alguns tecidos independentemente do ambiente em que foram coletadas inicialmente. Após algum tempo no biotério, esses animais passaram a ter o sinal isotópico da nova alimentação oferecida, sendo que em alguns tecidos, essa troca refletia rapidamente e em outros tecidos mais lentamente. Este estudo contribuiu para o conhecimento da ecologia da serpente e seu uso dos ambientes, ainda pouco relatados e para o entendimento de turnover em tecidos animais
Título em inglês
Landscape influence on Bothrops atrox diet in the eastern Amazon
Palavras-chave em inglês
13C
15N
Animal feeding habits
Herpetology
Snakes
Stable isotopes
Viperidae
Resumo em inglês
In Brazil, 90% of 26,000 snakebites are caused by the genus Bothrops, and the Bothrops atrox the predominant species in the Brazilian Amazon. The region of Santarém (PA) is related to 92% of snake bites, of which 20% were considered severe. This high incidence may be related to floristic diversity of scenarios in the region, enabling the existence of an amplitude of this genus. By using the methodology of carbon stable isotope (13 C) and nitrogen (15N), it was found that the changes in eating habits and sources existing in different environments and land use in the Amazon, in this case, forest environments, savannah and pasture, influenced the isotopic composition of the collected tissues of B. atrox found in these environments. To catch the B. atrox and its potential prey, we used three methods of collection, as chance meeting, active surveillance and interception traps and falling (Pit fall traps). After capture, these snakes were kept in the vivarium of the FIT and tissue samples taken periodically. The tissues of B. atrox and their food sources were analyzed isotopically by mass spectrometry for ?13C and ?15N. The different food sources of B. atrox were isotopically different in the three environments as well as its incorporation into tissues analyzed. For B. atrox kept in a vivarium, as well as the vivarium food offered was obtained turnover of some tissues regardless of the environment in which they were originally collected. After some time in the vivarium, these animals now have the isotopic signal of the new offered food, and in some tissues, this change reflected quickly and others more slowly tissues. This study contributed to the knowledge of the ecology of the snake and its use environments, poorly reported and for understanding turnover in animal tissues
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-05-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.