• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.64.2008.tde-16092008-084805
Documento
Autor
Nome completo
Márcio Ramatiz Lima dos Santos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2008
Orientador
Banca examinadora
Arthur, Valter (Presidente)
Alencar, Severino Matias de
Luca, Gilmara Caseri de
Mastro, Nélida Lúcia Del
Mattiuz, Ben-hur
Título em português
Efeitos da radiação gama do Cobalto-60 em frutos de pequi (Caryocar brasiliense Camb.)
Palavras-chave em português
Conservação de alimentos
Irradiação
Pequi
Pós-colheita
Resumo em português
O objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos da radiação gama do Cobalto-60 nas características pós-colheita de frutos de pequi (Caryocar brasiliense Camb.). O cerrado brasileiro e o segundo maior bioma das Américas e concentra grande variedade de espécies vegetais e animais. Muitos frutos, ainda desconhecidos da maioria dos brasileiros, começam a ser revelados e têm atraído a atenção de muitos pesquisadores devido as suas características nutricionais, entre eles está o pequi. Os frutos obtidos no Estado de Goiás foram selecionados, lavados e procedeu-se a retirada da casca (descarte) para se obter o endocarpo comestível (caroço). Os caroços foram pesados, separados em lotes de 150 g, embalados em filme de polietileno biorientado, etiquetados e submetidos à radiação gama nas doses 0,0, 0,4 0,6 e 1,0 kGy, no irradiador multipropósito do IPEN/USP. As amostras foram analisadas quanto aos parâmetros físicos (perda de peso, textura, cor) e químicos (pH, acidez titulável, sólidos solúveis totais, °Brix, relação SST/ATT, extrato etéreo, cinzas, umidade, proteína, fibra alimentar, carotenóides totais e atividade antioxidante). A perda de umidade foi proporcional à dose de radiação aplicada, sendo a maior perda (22,98%) observada nos frutos submetidos à dose 1,0 kGy. Fibra solúvel e proteína não apresentaram diferenças significativas entre os tratamentos. Cinzas, fibra insolúvel, matéria seca e extrato etéreo apresentaram diferenças significativas, mas pequenas. Observou-se decréscimo significativo dos valores de pH para as amostras irradiadas em relação ao controle. A textura das amostras irradiadas teve aumento significativo em relação ao controle, mas não foi significativo entre os tratamentos. O maior valor de textura foi observado para o tratamento com a dose 0,6 kGy (39,89 Newton g-1). O teor de sólidos solúveis totais (SST) apresentou diminuição significativa em relação ao controle, mas não foi significativo entre os tratamentos utilizados. A acidez total titulável (ATT) apresentou decréscimo significativo nos tratamentos com radiação em relação ao controle, mas pouco diferiu entre os tratamentos aplicados. A relação SST/ATT não apresentou diferenças significativas, apenas o tratamento dos frutos com a dose 0,6 kGy diferiu dos demais tratamentos apresentando menor valor (24,12). Observaram-se aumentos significativos entre os tratamentos e o controle, indicando uma ação efetiva das doses experimentais sobre o parâmetro de cor a*, tanto para a dose aplicada quanto para o tempo de armazenamento do pequi. O parâmetro "L" apresentou decréscimo da luminosidade em relação ao tempo de estocagem em todos os tratamentos, sendo que a luminosidade apresentou aumento em relação à dose de radiação aplicada. Houve decréscimo significativo do valor b* para todas as doses aplicadas em relação ao controle. O tempo de armazenagem dos frutos não influi significativamente neste parâmetro. Os menores valores de b* foram observados para tratamentos dos frutos com a dose 10,0 kGy, seguida da dose 3,0 kGy, com redução superior a 50%. Observou-se decréscimo significativo dos teores de ácido ascórbico dos frutos de pequi irradiados, proporcional à dose aplicada. As perdas chegaram à ordem de 49,85% para a dose 0,4 kGy, 82,28% para tratamentos com a dose 0,6 kGy e 85,25% para a dose 1,0 kGy, em relação ao controle. Houve diminuição dos teores de carotenóides totais das amostras irradiadas. As perdas chegaram a 45,56% obtida nos tratamentos com a dose 1,0 kGy em relação ao controle. O maior valor encontrado foi de 16,70 mg 100 g-1 de carotenóides totais para as amostras não irradiadas. O processamento dos frutos teve efeito significativo na redução da capacidade antioxidante. As reduções na capacidade antioxidante foram de 2,92% para frutos irradiados com a dose 0,4 kGy, 5,26% para a dose 0,6 kGy e de 11,52% para a dose 1,0 kGy. A irradiação com raios gama, obtidas de fonte de Co60, é eficiente na conservação pós-colheita do fruto de pequi
Título em inglês
Effects of gamma radiation from Cobalt-60 on pequi fruits (Caryocar brasiliense Camb.)
Palavras-chave em inglês
Food conservation
Irradiation
Pequi
Postharvest
Resumo em inglês
The aim of this work was to evaluate gamma radiation effects from Cobalt-60 on postharvest characteristics of pequi fruits (Caryocar brasiliense Camb.). Brazilian savanna is the second biome of American Continent and concentrate a lot of plants and animal species. Many plants and their fruits are still unknown of Brazilian population. Just now, they are gained attention of researchers due their nutritional properties, between then is the pequi fruits. Fruits come from Goiás State was classified, washed and processed to separate the endocarp (edible part) from pericarp. The endocarps were packing in polyethylene bags with 150 g, labeled and submitted to radiation process (0.0, 0.4, 0.6 and 1.0 kGy doses) on multipurpose irradiator located in IPEN/USP. The samples were analyzed to chemical (pH, trititable acidity, °Brix, ratio TSS/TTA, lipids, ash, humidity, protein, soluble and insoluble fiber, total carotenoids and antioxidant activity) and physical properties (loss weight, texture and color). The loss humidity was proportional to radiation applied doses, the highest loss was observed on fruits to 1.0 kGy doses. Soluble fiber and protein showed no significant differences between treatments. Ash, insoluble fiber, dry matter and lipids showed little significant differences. Significant decrease of the pH values was observed for the irradiated samples in relation to control. Irradiated samples texture showed significant increase compared to control, but showed no significant differences between applied doses. The higher value for texture was (39.89 Newton g-1) for 0.6 kGy dose. Total soluble solids (TSS) showed a significant decrease compared to control, but was not significant between applied treatments. Titratable acidity showed a significant decrease for irradiated samples compared to control for all doses, but it was not significant between treatments. The ratio TSS/TTA showed no significant differences compared to control, only for irradiated fruits at 0.6 kGy doses presented differences compared to other treatments with the lowest value (24.12). Significant increases were observed between treatments and control, indicating an effective action of experimental doses on the parameter color a*, both for the applied dose as to the pequi storage time. The parameter "L" showed a decrease in brightness in relation to the storage time for all treatments, and the luminosity presented increase in relation to the radiation applied doses. There was a significant decrease in the parameter b* values for all applied doses compared to control. The storage time was not significantly influence for this parameter. The lowest values of parameter b* were observed for irradiated fruits at 10.0 kGy dose followed by 3.0 kGy, with reductions of more than 50%. There was a significant decrease in the ascorbic acid levels on irradiated pequi fruits, proportional to the applied dose. The losses were to around 49.85% for irradiated samples with 0.4 kGy dose, 82.28% for 0.6 kGy dose and 85.25% for the 1.0 kGy dose, compared to control. There was a decrease in total carotenoids levels of irradiated pequi samples compared to non irradiated (control). The losses were to 45.56% for irradiated fruits at 1.0 kGy dose compared to control. The control presented the highest total carotenoids value found (16.70 mg 100 g-1). The radiation processing presented a significant reducing effect on antioxidant activity of pequi fruits for all applied doses. Antioxidant capacity reductions were 2.92% for the 0.4 kGy dose, 5.26% to 0.6 kGy dose and 11.52% for the 1.0 kGy dose. The irradiation process using gamma rays from Co60 is efficiency to protect pequi fruits in postharvest period
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Doutorado.pdf (770.95 Kbytes)
Data de Publicação
2008-09-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.