• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.64.2015.tde-24082015-150307
Documento
Autor
Nome completo
Raphael Florêncio Garrone
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2015
Orientador
Banca examinadora
Lavres Junior, José (Presidente)
Silva, Maria Ligia de Souza
Zambrosi, Fernando César Bachiega
Título em português
Interação cálcio e boro na fixação biológica de nitrogênio na soja: avaliação morfológica, ultraestrutural e da atividade da nitrogenase
Palavras-chave em português
Acúmulo de massa seca
Microscopia eletrônica de transmissão
Morfologia de raiz
Solução nutritiva
Superfície de resposta
Teor de óleo
Resumo em português
Destacam-se as semelhanças entre os nutrientes boro (B) e cálcio (Ca) quanto às formas e as funções que eles exercem nos vegetais. Partindo do princípio que a interação Ca - B afeta os atributos morfológicos, ultraestruturais e bioquímicos, bem como a nodulação nas plantas leguminosas, objetivou-se com esse estudo determinar a relação Ca:B mais adequada para a produção de grãos e matéria seca de soja, bem como avaliar os efeitos da interação B e Ca na fixação biológica de N2 (atividade da nitrogenase -N-ase [EC 1.18.6.1]), na morfologia de raízes (comprimento e superfície total), anatomia de raízes (nódulos) e de folhas, assim como as avaliações ultraestruturais dos mesófilos foliares, rendimento do teor de óleo nos grãos das plantas de soja (cultivar BRS 284), crescidas em solução nutritiva. Foram avaliadas ainda a produção de massa seca das plantas, as concentrações e os acúmulos de Ca, B, Mg, K e N na parte aérea e raízes. Foi empregado um esquema fatorial 5² incompleto, perfazendo treze combinações de doses de Ca (mmol L-1) e B (µmol L-1), as quais foram distribuídas segundo o delineamento experimental de blocos ao acaso, com quatro repetições. As maiores atividades da N-ase foram obtidas com as maiores doses de Ca e B (7,25 mmol L-1 de Ca e 50 µmol L-1 de B). A menor dose de Ca resultou na inibição da N-ase em cerca de 90%. Os maiores comprimentos e superfícies totais de raízes foram obtidos na combinação de doses de 7,25Ca e 12,5B, enquanto que para a combinação das menores doses de Ca e B observou-se uma redução de cerca de 70% e 60% para comprimento e superficial de raízes, respectivamente. A maior produção de biomassa seca das plantas e de grãos, os maiores acúmulos de Ca, B, N, K e Mg nas folhas e o maior rendimento de óleo foram obtidos com o fornecimento de 4,25 mmol L-1 de Ca e 12,5 µmol L-1 de B, observando-se relação Ca:B na solução nutritiva próxima de 350:1 e nas folhas de 700:1. O teor de óleo nos grãos incrementou cerca de 20% com o aumento das doses de B de 3,125 para 50 µmol L 1. O número de camadas de células do córtex dos nódulos aumentou com o incremento das concentrações de Ca e B na solução. Observou-se ruptura da membrana dos cloroplastos no mesófilo foliar e elevado número de bactérias fixadoras de N2 penetrando o interior dos tecidos nodulares quando as plantas foram submetidas ao menor suprimento de Ca e maior de B. A combinação da menor dose de B junto a maior dose de Ca provocou ruptura da parede celular e o espessamento da lamela média das folhas. O aumento no fornecimento de Ca ameniza os efeitos negativos do baixo suprimento de B na produção de biomassa das plantas e de grãos, no comprimento e superfície de raízes e na atividade da nitrogenase. A relação Ca:B, tanto na solução, quanto no tecido vegetal, não pode ser entendida como parâmetro exclusivo de equilíbrio nutricional
Título em inglês
Calcium and boron interaction on biological nitrogen fixation in soybean: morphological, ultrastructural and nitrogenase activity evaluations
Palavras-chave em inglês
Dry matter accumulation
Nutrient solution
Oil content
Response surface
Root morphology
Transmission electron microscopy
Resumo em inglês
Regarding mineral nutrition of plants, we highlight the similarities between nutrients boron (B) and calcium (Ca) in relation to similar functions they play in plant physiology. However, the mechanisms involved in the interaction between these nutrients are not very well known. Assuming that the interaction Ca - B affects the morphological, ultrastructural and biochemical attributes, as well as the nodulation in leguminous plants, the objective with this study was to determine the optimum Ca:B ratio, in the solution and plan tissue as well for dry matter yield of grain and dry matter of soybean, and to evaluate the effects of B - Ca interaction in the biological N2 fixation (nitrogenase activity - N-ase [EC 1.18.6.1]), root morphology (total root length and total root surface area), root anatomy (nodules), as well as in the ultrastructural evaluation of foliar mesophilic, and yield of oil content of soybean (cultivar BRS 284), grown in nutrient solution. Dry matter yield of plants, Ca-concentrations and amounts of Ca, B, Mg, K and N in shoots and roots were also evaluated. The experimental arrange used was an incomplete 5² factorial, making thirteen combinations of Ca (mmol L-1) and B (µmol L-1) rates, which were set in a randomized block design, with four replications. The highest N-ase activity was obtained with the highest doses of Ca and B (7,25 mmol L-1 of Ca and 50 µmol L-1 of B). The lowest Ca rate resulted in approximately 90% inhibition of N-ase. The highest total root length and total root surface area were obtained with combination of 7,25Ca and 12,5B rates, whereas the combination of the lowest Ca and B rates caused reduction of approximately 70% and 60% on root length and area, respectively. The highest dry matter and grain yield, highest accumulations of Ca, B, N, K and Mg on the leaves and the highest oil content in grains were obtained when 4,25 mmol L-1 of Ca and 12,5 µmol L-1 of B were supplied, resulting in a Ca:B ratio of approximately 350:1 on nutrient solution and 700:1 on leaves. The oil content in grains raised about 20% increasing B rates from 3,125 to 50 µmol L-1. The number of cell layers of nodule cortex raised with increasing Ca and B levels in the solution. It was observed membrane rupture of chloroplasts in leaf mesophyll and high number of N2-fixing bacteria entering the interior of nodular tissues when plants were supplied with the lowest Ca rate (1,75Ca) and the highest B (50B). The combination of the lowest B rate (3,125B) and the highest Ca rate (7,25) caused cell wall rupture and thickening of the middle lamella on the leaves. The increase of Ca levels on the solution mitigates the negative effects of the low B supply in plant biomass and grain yield, in root length and root surface area and in N-ase activity. The Ca:B ratio either in the solution or plant tissue, cannot be understood as an exclusive parameter of nutritional status
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-10-19
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • SANTOS, E. F., et al. Photosynthesis rate, chlorophyll content and initial development of physic nut without micronutrient fertilization [doi:10.1590/S0100-06832013000500022]. Revista Brasileira de Ciência do Solo [online], 2013, vol. 37, p. 1334-1342.
  • CAMPOS, A.G., et al. Concentração e acúmulo de macronutrientes em pinhão-manso. In 19º Simpósio Internacional de Iniciação Científica da Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2011. 19º Simpósio Internacional de Iniciação Científica da Universidade de São Paulo.São Paulo : EDUSP, 2011. Resumo. Dispon?vel em: http://www.usp.br/siicusp/.
  • CAMPOS, A.G., et al. Desenvolvimento inicial do pinhão-manso em função das omissões de micronutrientes. In 6º Simpósio Científico dos Pós-graduandos no CENA/USP, Piracicaba-SP, 2013. Agricultura e Recursos Ambientais: da pesquisa e tecnologia aos impactos da inovação.Piracicaba-SP : Associação de Pós-Graduandos do Centro de Energia Nuclear na Agricultura, 2013. Resumo. Dispon?vel em: http://www.cena.usp.br/apg/index.php/simposio.
  • CAMPOS, A.G., et al. Diagnose visual e valores SPAD em pinhão manso cultivado em soluções nutritivas deficientes em macronutrientes. In 18 Simpósio Internacional de Iniciação Científica da Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2010. 18º Simpósio Internacional de Iniciação Científica da Universidade de São Paulo.São Paulo : EDUSP, 2010. Resumo. Dispon?vel em: http://www.usp.br/siicusp/.
  • GARRONE, R.F., et al. Crescimento e partição de biomassa do pinhão-manso cultivado em soluções nutritivas deficientes em macronutrientes. In 18 Simpósio Internacional de Iniciação Científica da Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2010. 18º Simpósio Internacional de Iniciação Científica da Universidade de São Paulo.São Paulo : EDUSP, 2010. Resumo. Dispon?vel em: http://www.usp.br/siicusp/.
  • GARRONE, R.F., et al. Transporte a longa distância e repartição de macronutrientes em pinhão-manso. In 19º Simpósio Internacional de Iniciação Científica da Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2011. 19º Simpósio Internacional de Iniciação Científica da Universidade de São Paulo.São Paulo : EDUSP, 2011. . : http://www.usp.br/siicusp/.
  • LAVRES JUNIOR, J., et al. Teor de clorofila, taxa fotossintética e absorção de macronutrientes em pinhão-manso. In XXX Reunião Brasileira de Fertilidade do Solo e Nutrição de Plantas; XIV Reunião Brasileira sobre Micorrizas; XII Simpósio Brasileiro de Microbiologia do Solo; I Simpósio sobre Selênio no Brasil; IX Reunião Brasileira de Bilogia do Solo, Maceió-AL, 2012. FertBio2012.Viçosa : Sociedade Brasileira de ciência do Solo, 2012. Resumo.
  • PETTAN, M.S., et al. Diagnose visual e valores SPAD em pinhão manso cultivado em soluções nutritivas com omissões de micronutrientes. In 18 Simpósio Internacional de Iniciação Científica da Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2010. 18º Simpósio Internacional de Iniciação Científica da Universidade de São Paulo.São Paulo : EDUSP, 2010. Resumo. Dispon?vel em: http://www.usp.br/siicusp/.
  • GARRONE, R.F., et al. Diagnose visual e foliar e testes bioquímicos em pinhão-manso em função das deficiências de macronutrientes. In XXXIII Congresso Brasileiro de Ciência do Solo, Uberlândia-MG, 2011. Solos nos biomas brasileiros: sustentabilidade e mudanças climáticas.Viçosa-MG : Sociedade Brasileira de Ciência do Solo, 2011. Resumo. Dispon?vel em: http://www.sbcs.org.br.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.