• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.64.2018.tde-24042018-111701
Documento
Autor
Nome completo
Egon Hion Ieda
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2018
Orientador
Banca examinadora
Louvandini, Helder (Presidente)
Bacchi, Marcio Arruda
Costa, Ricardo Lopes Dias da
Título em português
Análise multielementar por ativação neutrônica e microfluorescência de raios X com seus respectivos mapas de distribuição em testículos de cordeiros oriundos de ovelhas alimentadas com caroço de algodão
Palavras-chave em português
Elementos químicos
Gossipol
Reprodução
Santa Inês
Testículos
Resumo em português
Com este estudo, objetivou-se estudar o efeito da dieta de ovelhas com e sem caroço de algodão (gossipol) no desenvolvimento dos seus cordeiros do nascimento ao desmame por meio das seguintes avaliações: peso corporal dos cordeiros, teores dos hormônios (testosterona, triiodotironina (T3) e tiroxina (T4)) por radioimonoensaio, morfometria histológica dos testículos, concentrações dos elementos químicos por ativação neutrônica e microfluorescencia de raios X e o mapa de distribuição multielementar nos testículos. Foram utilizados 18 cordeiros, com peso corporal médio ao nascimento de 3,94 ± 0,81 kg, descendentes de ovelhas Santa Inês, alimentadas com e sem caroço de algodão, durante as fases de acasalamento, gestação e lactação dos cordeiros, formando assim dois tratamentos: grupo controle (CO), sem a inclusão do caroço de algodão e com a inclusão de caroço de algodão (CA). Do nascimento aos 60 dias de idade, em intervalo de 15 dias, os animais foram pesados, realizadas a medição testicular e amostras de sangue foram coletadas para quantificação dos teores dos hormônios. Aos 60 dias de idade, os cordeiros foram sedados e em seguida orquiectomizados para a coleta de seus testículos para análises de histologia, ativação neutrônica e microfluorescência de raios X. No leite, além da matéria seca (MS), os teores de cálcio (Ca) e potássio (K) foram superiores nas ovelhas CO em relação às do CA. Os cordeiros do tratamento CO apresentaram maior peso corporal a partir dos 45 dias em diante em relação aos animais CA (P < 0,05), bem como maior ganho em peso diário (P < 0,05). Nos teores de testosterona não houve diferenças entre tratamentos (P > 0,05), somente aumento destas variaveis ao final do experimento (P < 0,05). Nos teores T3 e T4 também não houve diferenças entre os tratamentos, porem ocorreu redução nos teores ao final (P < 0,05). Os cordeiros do grupo CO apresentaram características testiculares (peso, volume, comprimento e largura) e histológicas (diâmetros do túbulo e lúmen), superiores aos CA (P < 0,05). Para a espessura do epitélio não houve diferenças entre tratamentos (P > 0,05). Na análise multielementar por ativação neutrônica os teores de rubídio (Rb), selênio (Se) e césio (Cs) foram superiores nos cordeiros CO e o teor de zinco (Zn) foi superior nos cordeiros CA (P < 0,05). Na análise multielementar e mapa de distribuição dos elementos por microfluorescência de raios X não houve diferenças entre os dois tratamentos. Por isso, pode-se concluir que a dieta materna controle apresentou impacto positivo no desempenho e no sistema reprodutivo dos cordeiros (descendentes), devido às melhores características nutricionais do leite (MS, Ca e K) destas ovelhas em relação ao grupo com caroço de algodão
Título em inglês
Multielement analysis by neutron activation and x-ray microfluorescence and their distribution maps on lambs testicles from ewe fed cottonseed
Palavras-chave em inglês
Gossypol
Reproduction
Santa Inês
Testis
Trace-element
Resumo em inglês
The aim of this study was to investigate the effect of sheep diets, with and without cottonseed (gossypol), in the development of their lambs from birth to weaning through evaluation of the: body weight of lambs, levels of hormones (testosterone, triidohyronine (T3) and thyroxine (T4)) by radioimmunoassay, histological morphology of testicles, concentration of chemical elements by neutron activation and X-ray microfluorescence, and multielementary map distribuition in the testicles. Eighteen lambs were used with an average body weight at birth of 3.94 ± 0.81 kg, offspring of Santa Inês sheep, fed with and without cottonseed, during mating, gestation and lactation of lambs, thus forming two treatments: control group (CO), without the inclusion of cottonseed and with the inclusion of cottonseed (CA). From birth to 60 days of age, at 15 days intervals, the animals were weighed, testicular measure were took and blood samples were collected to quantify the levels of hormones. At the age of 60 days, the lambs were sedated and orchiectomized to collect their testicles for histological, neutral activation and x-ray microfluorescence analysis. In milk, besides the dry matter (DM), the levels of calcium (Ca) and potassium (K) were higher in sheep fed CO compared to CA. Lambs from CO treatment presente higher body weight from 45 days onwards as well as higher average daily gain when compared to CA treatment (P < 0.05). The treatments showed no effect on levels of testosterone (P > 0.05) but these variables increased at the end of the experiment (P < 0.05). Levels of T3 and T4 were not affect by treatment (P > 0.05) but at the end of the experiment a reduction occurred (P < 0.05). Lambs from CO treatment presented higher testicular weight, volume, length, width and tubule and lumen diameters compared to lambs from CA treatment (P < 0.05). The treatments showed no effects in testicular epithelium thickness (P > 0.05). Multielementary neutron activation analysis showed greater levels of rubidium, selenium and caesium in the testicles of lambs from CO when compared to CA treatment, while CA showed higher zinc levels (P < 0.05). No differences between treatments were found when analyzing elements levels and distribution using the X-ray microfluorescence analysis (P> 0.05). Therefore we conclude that the maternal control diet (CO) positively affected the performance and the reproductive trait of their lambs due to better nutritional characteristics of milk (DM, Ca and K) from these sheep when compared to CA treatment
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-05-21
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.