• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.64.2012.tde-20092012-102334
Documento
Autor
Nome completo
Fabiana de Souza Cannavan
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2011
Orientador
Banca examinadora
Mui, Tsai Siu (Presidente)
Andreote, Fernando Dini
Baretta, Dilmar
Madari, Beata Emoke
Oliveira, Valéria Maia de
Título em português
A estrutura e composição de comunidades microbianas (Bacteria e Archaea) em fragmentos de carvão pirogênico de Terra Preta de Índio da Amazônia Central
Palavras-chave em português
Archaea
Bacteria
Biologia molecular
Carvão pirogênico
Ecologia microbiana
Solos
Resumo em português
As Terras Pretas de Índio (TPI), também conhecida por Amazonian Dark Earth, apresentam horizonte A antrópico, elevado pH, nutrientes importantes para o crescimento das plantas, elevado teor de carvão pirogênico e intensa atividade biológica quando comparadas aos seus solos de origem. A comunidade microbiana do solo é essencial para o funcionamento dos ecossistemas, sendo fundamentais em processos de decomposição da matéria orgânica, na disponibilização de nutrientes para as plantas e na ciclagem de nutrientes. Este estudo teve como objetivo acessar as estruturas e composição das comunidades de Bacteria e Archaea em fragmentos de carvão pirogênico (provenientes de TPI), TPI e solo adjacente (ADJ) utilizando as técnicas moleculares. Os solos foram coletados em quatro sítios arqueológicos (Balbina, Barro Branco, Costa do Açutuba e Hatahara), localizados na Amazônia Central. Em geral, as TPIs apresentaram elevados valores de pH, P e Ca corroborando com resultados anteriores em TPIs. As amostras de TPI dos sítios Balbina, Barro Branco e Hatahara apresentaram maior número de cópias do gene 16S rRNA de Bacteria quando comparadas com as amostras de solo ADJ. Os resultados obtidos pelas técnicas de fingerprinting (Terminal Restriction Fragment Length Polymorphism - T-RFLP e Denaturing Gradient Gel Electrophoresis - DGGE) utilizando o gene 16S rRNA de Bacteria e Archaea revelaram que as estruturas das comunidades bacterianas em fragmentos de carvão apresentaram diferenças significativas quando comparados com os solos ADJ. A partir da técnica de pirosequenciamento, os filos Proteobacteria, Actinobacteria e Crenarchaeota apresentaram predominância nos fragmentos de carvão. Observou-se também que em fragmentos de carvão, os microorganismos encontrados podem estar diretamente relacionados aos ciclos do N e C. Além disso, a presença desses micro-organismos em fragmentos de carvão pode favorecer a microbiota do solo e, consequentemente, sua qualidade. Neste sentido, o carvão pode também servir como elemento de recuperação em ambientes degradados, agindo como condicionador do solo sendo esta uma alternativa promissora no manejo de solos agrícolas.
Título em inglês
Structure and composition of bacterial communities (Bacteria and Archaea) in fragments of pyrogenic charcoal from Amazonian Dark Earth in the Central Amazon
Palavras-chave em inglês
Archaea
Bacteria
Microbial Ecology
Molecular Biology
Pyrogenic charcoal
Soils
Resumo em inglês
Amazonian Dark Earth (ADE), also known as Terra Preta de Índio, present tropical A horizon, high pH, important nutrients for plant growth, high pyrogenic charcoal levels and intense biological activity when compared to its soil of origin. Soil microbial community is essential for ecosystem function, which is involved in fundamental processes such as the decomposition of organic matter, availability of nutrients to plants and the nutrient cycling. The objective of this study was to assess the structure and composition of bacterial and archaeal communities in fragments of pyrogenic charcoal (from ADE), ADE and adjacent soil (ADJ) using molecular techniques. The soils were collected in four archaeological sites (Balbina, Barro Branco, Costa do Açutuba and Hatahara), located in the central Amazon. In general, ADE presented high values of pH, P and Ca agreeing with previous results in ADE. ADE samples in Balbina, Barro Branco and Hatahara sites presented higher bacterial 16S rRNA gene copy number in comparison with ADJ soil samples. The results obtained with the fingerprinting techniques (Terminal Restriction Length Polymorphism, T-RFLP and Denaturing Gradient Gel Electrophoresis, DGGE) using the bacterial and archaeal 16S rRNA genes revealed that bacterial community structure in charcoal fragments differed significantly when compared to the ADJ soils. Using the pyrosequencing technique, the phyla Proteobacteria, Actinobacteria and Crenarchaeota were predominant in charcoal fragments. It was also observed that microorganisms from charcoal fragments may be directly related to the N and C cycles. Furthermore, the presence of these microorganisms in charcoal fragments may favor the soil microbiota and, consequently, its quality. In this context, pyrogenic charcoal can serve as an element to recover degraded areas acting as soil conditioner and a promising alternative to the management of agricultural soils.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Fabiana.pdf (11.79 Mbytes)
Data de Publicação
2012-09-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.