• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.64.2005.tde-17102005-145321
Documento
Autor
Nome completo
Cantidio Fernando Gouvêa
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2005
Orientador
Banca examinadora
Rodriguez, Adriana Pinheiro Martinelli (Presidente)
Cuco, Silvia Marina
Dusi, Diva Maria de Alencar
Fonseca, Tamara Canto
Mori, Edson Seizo
Título em português
"Estudo do desenvolvimento floral em espécies arbóreas da família Meliaceae"
Palavras-chave em português
Cedrela fissilis
Cedrela odorata
desenvolvimento floral
Guarea guidonea.
Melia azedarach
Meliaceae
modelo ABC
Swietenia macrophylla
Toona ciliata
Trichilia claussenii
Resumo em português
A família Meliaceae compreende cerca de 51 gêneros e 550 espécies distribuídas principalmente na região Neotropical. Incluídas nesta família, estão espécies de elevado interesse comercial para a produção de madeiras nobres. Há carência de informações quanto à biologia floral dessas espécies, que aliada a problemas silviculturas dificulta a elaboração de programas efetivos de melhoramento genético das espécies de interesse econômico da família. O presente trabalho visa contribuir para o entendimento do desenvolvimento floral na família Meliaceae, com destaque para sete espécies de interesse econômico e/ou ecológico: Cedrela fissilis L., Cedrela odorata L., Swietenia macrophylla R. A. King, Trichilia claussenii C. DC., Guarea guidonea (L.) Sleumer, Toona ciliata M. J. Roem e Melia azedarach L. Para os estudos morfo-anatômicos utilizaram-se técnicas de microscopia óptica e microscopia eletrônica de varredura. Analisou-se igualmente o padrão de expressão de genes do modelo ABC, relacionados ao desenvolvimento floral, via hibridização in situ. Os estudos morfo-anatômicos permitiram caracterizar o desenvolvimento dos primórdios dos órgãos florais e o estabelecimento de estágios arbitrários de desenvolvimento, auxiliando na caracterização da expressão gênica. Estes resultados permitiram ainda a identificação de flores funcionalmente femininas ou masculinas em S. macrophylla C. fissilis, C. odorata e T. ciliata, as quais apresentam dimorfismo sexual. O padrão de expressão dos homólogos dos genes: APETALA1 (AP1), APETALA3 (AP3) e AGAMOUS (AG) foram diferentes daqueles previstos pelo modelo ABC. A expressão dos homólogos de AP1 foi verificada em todo o meristema floral nos estágios iniciais de desenvolvimento, em todas as espécies estudadas. O sinal de expressão concentrou-se nos primórdios das sépalas e pétalas em estágios mais avançados do desenvolvimento, porém um fraco sinal de hibridização de AP1 foi verificado em todos os verticilos. A expressão dos homólogos de AP3 foi verificada nas regiões previstas pelo modelo ABC, correspondentes ao segundo e terceiro verticilos. Porém um fraco sinal de AP3 foi também observado no quarto verticilo, o que não é previsto pelo modelo teórico. A expressão dos homólogos de AG foi restrita à região central do meristema floral, correspondente ao terceiro e quarto verticilos, em todos os estágios do desenvolvimento floral de todas as espécies estudadas. Entretanto, sinais adicionais de hibridização dos homólogos de AG foram visualizados na região abaxial dos primórdios de sépalas e pétalas em C. fissilis, C. odorata e T. ciliata. Os estudos da expressão dos genes do modelo ABC em Meliaceae revelaram padrões de expressão que não concordam com o modelo teórico vigente do controle molecular da determinação da identidade dos órgãos florais.
Título em inglês
Floral development in woody species of the Meliaceae family
Palavras-chave em inglês
ABC model
Cedrela fissilis
Cedrela odorata
floral development
Guarea guidonea.
Melia azedarach
Meliaceae
Swietenia macrophylla
Toona ciliata
Trichilia clausseni
Resumo em inglês
The Meliaceae family comprises approximately 51 genus and 550 species mainly distributed in the Neotropical region. In this family there are many species of commercial interest for the production of noble wood. The lack of information on the floral biology associated with silvicultural problems limits the elaboration of effective breeding programs with species of economic interest. The present work aims to contribute with the understanding of floral development in Meliaceae, focusing in seven species of economical or ecological interest: Cedrela fissilis L., Cedrela odorata L., Swietenia macrophylla R. A. King, Trichilia claussenii C. DC., Guarea guidonea (L.) Sleumer, Toona ciliata M. J. Roem e Melia azedarach L. Morpho-anatomical analyses were done by light and scannning electron microscopy. The expression pattern of the ABC model genes, which are related to floral development, was analyzed by in situ hybridization. The characterization of the development of floral organ primordia and the establishment of arbitrary stages of floral development was done and was important for the characterization of gene expression. These results allowed for the identification of functionally female and male flowers in Swietenia macrophylla, Cedrela fissilis, Cedrela odorata and Toona ciliata, characterizing sexual dimorphism. The patterns of gene expression of the homologous of APETALA 1, APETALA 3 and AGAMOUS were different from those predicted by the ABC model. AP1 expression was observed in the entire floral meristem in the initial stages of development, in all seven species. The expression signal was more concentrated in sepal and petal primordia in further stages of development, although a weak hybridization signal of AP1 was verified in all four whorls. The expression of AP3 homologs was observed in the second and third whorls, as predicted by the ABC model. However, a weak signal of AP3 was also observed in the forth whorl, which was not predicted by the ABC model. AG homolog expression was restricted to the central region of the floral meristem, corresponding to the third and forth whorls, in all stages of development of all seven species. However, additional hybridization signal of AG homologs were seen in the abaxial region of sepal and petal primordia in Cedrela fissilis, Cedrela odorata and Toona ciliata. The analyses of the ABC model genes in Meliaceae revealed that the expression patterns do not agree with the theoretical currently accepted model that determines the molecular control of the identity of the floral organs.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Cantidio.pdf (18.44 Mbytes)
Data de Publicação
2007-05-08
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • GOUVÊA, CANTÍDIO FERNANDO, DORNELAS, MARCELO CARNIER, and MARTINELLI, ADRIANA PINHEIRO. Characterization of unisexual flower development in the endangered mahogany tree Swietenia macrophylla King. (Meliaceae) [doi:10.1111/j.1095-8339.2007.00758.x]. Botanical Journal of the Linnean Society [online], 2008, vol. 156, n. 4, p. 529-535.
  • GOUVEA, C. F., DORNELAS, M. C., and RODRIGUEZ, A. P. M.. Floral Development in the Tribe Cedreleae (Meliaceae, Sub-family Swietenioideae) : Cedrela and Toona [doi:10.1093/aob/mcm279]. Annals of Botany [online], 2007, vol. 101, n. 1, p. 39-48.
  • Gouvêa, C. F., Dornelas, M. C., and MARTINELLI, A. P. Characterization of the unisexual flower development in the endangered mahogany tree Swietenia macrophylla King. (Meliaceae) [doi:10.1111/j.1095-8339.2007.00758.x]. Botanical Journal of the Linnean Society [online], 2008, vol. 156, p. 529-535.
  • Gouvêa, C. F., Dornelas, M. C., and RODRIGUEZ, A. P. M. Floral development in the tribe Cedrelae (Meliaceae, subfamily Swietenioideae): Cedrela and Toona [doi:10.1093/aob/mcm279]. Annals of Botany [online], 2008, vol. 101, p. 39-48.
  • GOUVêA, CF, DORNELAS, MC, e RODRIGUEZ, AP. Ontogênese floral em mogno (Swietenia macrophylla KING., MELIACEAE. In Congresso Nacional de Botânica, 53, Recife, PE, 2053.
  • GOUVêA, CF, DORNELAS, MC, e RODRIGUEZ, APM. Caracterização do desenvolvimento reprodutivo de mogno brasileiro e mogno australiano. In Encontro Científico dos Pós-Graduandos no CENA, 10, Piracicaba, SP, 2004.
  • Faion, M., Gouvêa, C. F., e RODRIGUEZ, A. P. M. Cultura de tecidos de mogno (Swietenia macrophylla King.): organogênese in vitro. In 11 SIICUSP, Piracicaba, SP, 2003. Anais do 11 SIICUSP.Piracicaba, SP : Universidade de São Paulo, 2003. Resumo.
  • Gouvêa, C. F., Dornelas, M. C., e RODRIGUEZ, A. P. M. Caracterização do desenvolvimento reprodutivo de mogno brasileiro (Swietenia macrophylla King.) e mogno australiano (Toona ciliata M. J. Roem). In Encontro Científico dos Pós-Graduandos no CENA, X, Piracicaba, 2004. Resumos., 2004. Resumo. Dispon?vel em: http://www.cena.usp.br/posgrad/apg/encontros/Xencontro/Index.htm.
  • Gouvêa, C. F., Dornelas, M. C., e RODRIGUEZ, A. P. M. Ontogênese floral em mogno (Swietenia macrophylla KING., MELIACEAE. In 53 Congresso Nacional de Botânica, Recife, PE, 2002. Biodiversidade, conservação e uso sustentável da flora brasileira.Recife, PE : Sociedade Botânica do Brasil, 2002. Resumo.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.