• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.64.2001.tde-06022007-112504
Documento
Autor
Nome completo
Sarita Priscila Gobbo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2001
Orientador
Banca examinadora
Abdalla, Adibe Luiz (Presidente)
Bueno, Mauro Sartori
Lavorenti, Norberto Antonio
Título em português
Comparações entre procedimentos laboratoriais das técnicas de produção de gases e incorporação de radiofósforo pelos microrganismos na avaliação in vitro de alimentos para ruminantes
Palavras-chave em português
Análise bromatológica
Degradabilidade
Digestibilidade
Rúmen
Resumo em português
Este trabalho foi desenvolvido com a finalidade de testar alterações nas metodologias in vitro de produção de gases (diferentes proporções de inóculo) e incorporação de 32P (velocidade de centrifugação, número de lavagens e diferentes tipos de inóculos) para adequá-las às condições climáticas e às especificidades da microbiota dos ruminantes mantidos no clima tropical brasileiro. Além dessas técnicas utilizadas, foram feitas determinações de análise bromatológica com posterior análise de nutrientes digestíveis totais, degradabilidade ruminal in situ e digestibilidade in vitro a partir da técnica dos dois estágios. Os substratos testados foram divididos em, fibrosos (feno de alfafa e capim colonião), concentrados (milho grão e farelo de soja) e fermentado (silagem de milho). O delineamento experimental utilizado foi inteiramente casualizado, todos os substratos foram avaliados para cada uma das variáveis com pelo menos três repetições no tempo. Cada variável foi comparada por análise de variância considerando a hipótese de nulidade dentro dos substratos. As correlações entre as metodologias foram testadas quando biologicamente significantes e compatíveis. A técnica de incorporação in vitro de 32P, obteve resultados satisfatórios (P<0,05) em relação à velocidade de centrifugação e número de lavagens. Os diferentes tipos de inóculos testados (100% fase líquida do rúmen, 50% fase líquida e 50% fase sólida) não apresentaram diferença significativa (P>0,05). As diferentes proporções do inóculo testado na técnica in vitro de produção de gases (A contendo 100% de fase líquida e 0% de fase sólida; inóculo B, 75% de fase líquida e 25% de fase sólida; inóculo C, 67% de fase líquida e 33% de fase sólida; inóculo D, 50% de fase líquida e 50% de fase sólida) apresentaram diferença significativa (P<0,01); os fatores analisados permitiram a interpretação de que usando o inóculo com maior porcentagem de fase sólida, o processo fermentativo foi mais parecido ao potencial de produção de gases. Para a técnica in vitro de incorporação de 32P sugere-se usar uma velocidade de centrifugação de 39.907g, 4 lavagens e um inóculo com apenas a fase líquida do conteúdo ruminal. É sugerido que para a técnica in vitro de produção de gases pode ser usado um inóculo contendo 50% de fase sólida e 50% de fase líquida do conteúdo ruminal.
Título em inglês
Comparisons between laboratorial procedures of gas production technique and radiophosphorous microbial incorporation in in vitro ruminant feed evaluation
Palavras-chave em inglês
Bromatological analyses
Degradability
Digestibility and Rumen
Resumo em inglês
This study was developed to test the adaptations in in vitro methodologies of gas production (different proportion of solid phase in the inoculum) and 32P incorporation technique (centrifugation speed, number of washings and different kinds of inoculum) to adequate them to the climate condition and to the microbiota specifications of the ruminants kept in the Brazilian tropical climate. Besides these techniques, bromatological analysis determinations were made with further total digestible nutrients and also, in situ rumen degradability and in vitro digestibility from the two-stage technique. The tested substrata were divided in fibrous (Panicum grass and Lucerne hay), concentrated (soybean meal and corn grain) and fermented (corn silage). The experimental design was completely randomized, where all the substrata were evaluated for each of the variables with at least three repetitions. Each variable was compared for analysis of variance considering the hypothesis, within substrata. The correlations between methodologies were tested when biologically significant and compatible. The 32P in vitro incorporation technique obtained satisfactory results (P<0,05) in relation to the centrifugation speed and the number of washings. The two different kinds of tested inocula (100% rumen liquid phase, and 50% both liquid and solid phase) showed no significant difference (P>0,05). The different inoculum proportion tested for in vitro gas production (inoculum A containing 100% liquid phase and 0% solid phase; inoculum B, 75% liquid phase and 25% solid phase; inoculum C, 67% liquid phase and 33% solid phase; and inoculum D, 50% both liquid and solid phases) showed significant difference; the analyzed factors allowed the interpretation that using the inoculum with higher solid phase percentage, the fermentation process was more similar to the gas production potential. In the in vitro 32P incorporation technique it is suggested to use a centrifugation speed of 39,907g, 4 washings and an inoculum with only liquid phase from the rumen. It is suggested that for the in vitro gas production technique can be used an inoculum containing 50% of solid phase and 50% of liquid phase.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
dissertacao_Sarita.pdf (682.27 Kbytes)
Data de Publicação
2007-04-24
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.