• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.61.2008.tde-16022009-122327
Documento
Autor
Nome completo
Silvia Amalia Canova Cardoso
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2008
Orientador
Banca examinadora
Lauris, José Roberto Pereira (Presidente)
Bachega, Maria Irene
Machado, Maria Aparecida Miranda de Paula
Título em português
Qualidade de vida nos protocolos clínicos do Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais
Palavras-chave em português
Criança e protocolos clínicos
fissura labiopalatina
qualidade de vida
Resumo em português
Objetivo: Verificar a existência de itens de Qualidade de Vida (QV) nos protocolos clínicos do Hospital de Reabili tação de Anomalias Craniofaciais da Universidade de São Paulo (HRAC/USP) . Modelo: Estudo observacional, transversal e descritivo sobre os seguintes domínios de QV: (1) convívio social, (2) relacionamento interpessoal, (3) educação, (4) desempenho escolar, (5) lazer, (6) satisfação com resultado do tratamento, e (7) queixas, nas áreas de Pediatria, Enfermagem/Saúde Pública, Serviço Social, Nutrição/Dietética, Genética, Cirurgia Plástica, Otorrinolaringologia, Fonoaudiologia, Psicologia, Fisioterapia, Odontopediatria, e Ortodontia. Local: HRAC/USP, Bauru. Participantes: Protocolos clínicos e 314 prontuários de pacientes em idades entre 6 e 12 anos, com fissura unilateral transforame operada. Resultados: Nenhuma das áreas clínicas contemplou os 7 domínios de QV em seus protocolos clínicos. A coleta e registro dessas informações nos protocolos clínicos ocorreram em mais de 50% da amostra somente na área de Serviço Social. A fonoaudiologia é a que mais investiga e registra aspectos de QV nas folhas de evolução. Conclusões: A análise revelou que das 12 áreas investig adas, 42% (5) áreas contemplam domínios relacionados à avaliação de QV na estrutura dos protocolos clínicos e ainda que haja inconsistência na coleta e registro desses dados, a presença de domínios de QV na prática clínica se observa em 66% das áreas que o registram de forma espontânea nas folhas de evolução.
Título em inglês
Quality of life in the clinical protocols of the Hospital of Rehabilitation of Anomalies Craniofacials
Palavras-chave em inglês
Child and clinical protocols
cleft lip
cleft palate
quality of life
Resumo em inglês
Objective: Verifying the existence of items of Quality of Life in the clinical protocols of the Hospital of Rehabilitation of Anomalies Craniofacials. Model: Observational study, cross and descriptive in patients handbooks, about domains of quality of life (1) social conviviality, (2) relationship among people, (3) education, (4) school performance, (5) le isure, (6) satisfaction whit the result of treatment and (7) complaints, in the pediatrics areas, nursing, social work, nutrition, genetics, plastic surgery, ear doctor, speech pathologist, psychology, phisiotherapy, childs dentist and orthodontists. Setting: HRAC/USP, Bauru. Participants: Clinical protocols and 314 patients handbooks whose ages are between 6 and 12 years old, with cleft lip and cleft palate operated. Results: None of the clinical areas contemplated the 7 domains of Quality of life in their clinical protocols. The collection and the registration of those information occurred in 50% of the sample only for the area of social work. The area of speech pathologist is where more investigates are notified and it registers those aspects in evolution sheet of the handbook. Conclusions: The analysis showed that regarding 12 investigated areas, 42% (5) areas contemplate domains related to the evaluation of quality of life in the structure of the clinical protocols and although that there is inconsis tency in the collection and registration of those data, the occurrence of domains of Quality of Life in clinical practice is observed in 66% of the areas that make it as spontaneous way in the evolution sheet.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Silvia.pdf (1.28 Mbytes)
Data de Publicação
2009-02-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.