• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.61.2014.tde-13012015-094449
Documento
Autor
Nome completo
Luciana Lourenço Ribeiro Vitor
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2014
Orientador
Banca examinadora
Valarelli, Thais Marchini de Oliveira (Presidente)
Gomide, Marcia Ribeiro
Silva, Thiago Cruvinel da
Título em português
Microscópio operatório no diagnóstico de cárie dentária em crianças com fissura labiopalatina
Palavras-chave em português
Cárie dentária
Fissura labial
Fissura palatina
Resumo em português
O presente estudo teve como objetivo comparar o microscópio operatório e um aparelho de fluorescência óptica como método de diagnóstico de lesões de cárie dentária em pacientes com fissura labiopalatina por meio da classificação do sistema ICDAS-II. Foram selecionadas para amostra 352 faces dentárias dos dentes localizados na região da fissura labiopalatina de 73 crianças entre 6 a 12 anos (média de 10 anos e 8 meses), em fase de dentadura mista, com fissura transforame unilateral (direita ou esquerda), fissura transforame bilateral, fissura pré-forame completa unilateral (direita ou esquerda), fissura pré-forame completa bilateral. Os dentes adjacentes à área da fissura labiopalatina foram observados de acordo com os seguintes grupos: exame clínico visual-tátil (Grupo 1), exame clínico visual-tátil em microscópio operatório (Grupo 2), exame visual com aparelho de fluorescência (Grupo 3). Antes dos exames, as superfícies dos dentes foram previamente limpas com uso de fio dental e profilaxia com pedra pomes, tergentol, escova de Robinson e auxílio de uma sonda tipo OMS. Primeiramente sob a luz de um refletor, após secagem de cinco segundos com seringa tríplice os dentes foram avaliados pelo exame clínico visual-tátil convencional (Grupo 1). Imediatamente após, o mesmo dente foi examinado por meio do exame visual-tátil em microscópio operatório (Grupo 2) e pelo exame com o aparelho de fluorescência (Grupo 3). Em todos os exames, os códigos do sistema ICDAS-II foram utilizados por dois examinadores previamente treinados e calibrados. Para análise da reprodutibilidade interexaminador foram obtidas as medidas de 103 faces por 2 avaliadores e realizado o teste Kappa. A comparação entre os métodos de diagnóstico e da porcentagem de cada escore do sistema ICDAS-II entre os métodos foi realizada utilizando-se, respectivamente, os testes de Friedman e Qui-quadrado com nível de significância de 5%. Não houve diferenças estatisticamente significativas entre os tipos (P=0,214) e eficácia (P=0,725) dos métodos de diagnóstico para os diferentes escores do sistema ICDAS-II. O exame por meio do microscópio operatório e do aparelho de fluorescência não foi mais eficaz que o exame clínico visual-tátil na detecção de lesões de cárie nos dentes próximos a área da fissura labiopalatina. Novos estudos envolvendo amostras com maiores prevalências de lesões de cárie dentária são necessários para verificar a eficácia das novas tecnologias.
Título em inglês
Operating microscope for caries diagnosis in children with cleft lip and palate
Palavras-chave em inglês
Cleft lip
Cleft palate
Dental caries
Resumo em inglês
The aim of this study was to compare the operating microscope and optical fluorescence device as diagnosis methods of caries lesions in cleft and lip palate patients through ICDAS-II system. Three-hundred and fifty-two labial, palatal, mesial and distal surfaces of the teeth closest to the cleft area of children aging 6-12 years-old (mean of 10 years and 8 months-old) at mixed dentition, with complete unilateral cleft lip and palate (right or left), complete bilateral cleft lip and palate, unilateral cleft lip and alveolus (right or left) and bilateral cleft lip and alveolus were assessed. The teeth closest to cleft area were observed according to the following groups: visual-tactile examination (Group 1), visual-tactile examination with the aid of operating microscope (Group 2), visual examination with the aid of fluorescence device (Group 3).Prior to the assessments, dental surfaces were cleaned by dental floss and dental prophylaxis with pumice and tergentol with the aid of a rubber cup and a WHO dental probe. Firstly, under light and after 5-second air-drying, the surfaces were evaluated by unaided visual-tactile clinical examination (Group 1). Immediately after, the same surfaces were examined by visual-tactile clinical examination with the aid of operating microscope (Group 2) and optical fluorescence device (Group 3). In all assessments, ICDAS-II scores were used by two examiners previously calibrated and trained and inter-examiner agreement was obtained by Kappa test in 103 surfaces. The comparison among diagnosis methods and of the percentage of each ICDAS-II score among the methods was respectively performed by using Friedman and Chi-square tests with level of significance of 5%. No statistically significances were detected among the types (P=0.214) and effectiveness (P=0.725) of the different diagnosis methods for the different ICDAS-II scores. The operating microscope and optical fluorescence examinations were not more effective than unaided visual-tactile clinical examination of teeth closest to cleft area. Further studies comprising greater prevalence of caries lesions are necessary to verify the effectiveness of these new technologies.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-01-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.