• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.61.2007.tde-19112007-152028
Documento
Autor
Nome completo
Ana Paula Fukushiro
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2007
Orientador
Banca examinadora
Trindade, Inge Elly Kiemle (Presidente)
Alonso, Nivaldo
Freitas, Jose Alberto de Souza
Virmond, Marcos da Cunha Lopes
Yamashita, Renata Paciello
Título em português
Análise perceptiva, nasométrica e aerodinâmica da fala de indivíduos submetidos à cirurgia de retalho faríngeo para a correção da insuficiência velofaríngea
Palavras-chave em português
Fissura palatina
hipernasalidade
insuficiência velofaríngea
nasometria
retalho faríngeo
técnica fluxo-pressão
Resumo em português
Objetivos: Determinar a efetividade da cirurgia de retalho faríngeo (CRF) na correção da insuficiência velofaríngea (IVF), por meio de avaliação perceptiva e instrumental da fala, e verificar a influência do grau de hipernasalidade pré-operatória, da idade, do cirurgião e da fonoterapia sobre os resultados. Modelo/Participantes: Estudo prospectivo em 241 pacientes com IVF submetidos à CRF no Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais, Universidade de São Paulo (HRAC-USP). Local de Execução: Laboratório de Fisiologia, HRAC-USP. Variáveis: Hipernasalidade, avaliada perceptivamente e pela medida da nasalância com técnica nasométrica, e, função velofaríngea, avaliada perceptivamente e pela medida da área velofaríngea com técnica aerodinâmica, antes (1 a 4 dias) e após (6 a 48 meses) a cirurgia. Resultados: Observou-se, após a cirurgia, redução da hipernasalidade e da nasalância em 75% e 68% dos casos, e, melhora da função e do fechamento velofaríngeo em 67% e 66%, respectivamente. As proporções foram menores quando utilizado critério mais rigoroso (eliminação/normalização). Maior percentual de sucesso foi observado nos pacientes com hipernasalidade pré-operatória leve, comparativamente aos demais (leve>moderada>grave), nas crianças, comparativamente às demais faixas etárias analisadas (6-12>13-17>18-29>30-57anos) e nos pacientes que haviam concluído a fonoterapia pós-operatória, comparativamente àqueles em outra situação (concluída>em andamento>interrompida). Os resultados não diferiram entre os cirurgiões. Conclusões: A CRF mostrou-se eficiente na redução dos sintomas da IVF em parcela significativa dos pacientes. A resolução completa foi observada em menor proporção de casos. O grau de hipernasalidade pré-operatória, a idade por ocasião da cirurgia e a fonoterapia pós-operatória foram fatores relevantes no sucesso do tratamento.
Título em inglês
Perceptual, nasometric and aerodynamic speech analysis in subjects undergoing pharyngeal flap surgery for velopharyngeal insufficiency
Palavras-chave em inglês
Cleft palate
hypernasality
nasometry
pharyngeal flap
pressure-flow technique
velopharyngeal insufficiency
Resumo em inglês
Objective: To evaluate the effectiveness of pharyngeal flap surgery (PFS) for the correction of velopharyngeal insufficiency (VPI), by means of speech perceptual and instrumental assessment, and to verify the influence of preoperative hypernasality, age, surgeon and speech therapy on the results. Model: Prospective study on 241 patients with VPI, who underwent PFS at the Hospital for Rehabilitation of Craniofacial Anomalies, University of Sao Paulo (HRCA-USP). Setting: Laboratory of Physiology, HRCA-USP. Variables: Hypernasality, assessed by perceptual ratings and by means of nasalance scores provided by nasometry, and velopharyngeal function, assessed perceptually and by means of velopharyngeal orifice area provided by pressure-flow technique, before (1 to 4 days) and after (6 to 48 months) surgery. Results: Reduction of hypernasality and of nasalance scores was observed in 75% and 68% of the cases, and improvement of VP function and area in 67% and 66%, respectively. Smaller proportions were observed by using more rigorous criteria of analysis (elimination/normalization). Greater success rates were observed in patients with mild preoperative hypernasality, as compared to the others (mild>moderate>severe), in children, comparatively to other age groups analyzed (6-12>13-17>18-29>30-57years) and in patients who had concluded postoperative speech therapy, comparatively to those in another situation (concluded>in progress>interrupted). The results did not differ among surgeons. Conclusions: PFS was shown to be effective in the reduction of VPI symptoms for a significant number of patients. Complete resolution was observed in smaller proportion of cases. Preoperative hypernasality, age at surgery and postoperative speech therapy were relevant factors for the treatment success.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2008-01-29
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.