• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.61.2004.tde-05052006-163707
Documento
Autor
Nome completo
Trixy Cristina Niemeyer
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2004
Orientador
Banca examinadora
Genaro, Katia Flores (Presidente)
Felicio, Claudia Maria de
Gomide, Marcia Ribeiro
Título em português
"Cirurgia ortognática e produção da fala."
Palavras-chave em português
transtornos da articulação da fala / cirurgia maxilofacial / fissura palatina
Resumo em português
Objetivo: Analisar, em indivíduos com mordida cruzada total, a influência da cirurgia ortognática na produção dos diferentes fonemas da língua portuguesa, agrupados quanto ao ponto articulatório. Modelo: Estudo prospectivo, que comparou a fala de sujeitos submetidos à cirurgia ortognática, nas fases pré e pós-cirúrgica. Local: Laboratório de Fisiologia- HRAC/USP. Participantes: 19 homens e 11 mulheres (média de 21 anos) com mordida cruzada total, que apresentavam fissura labiopalatina reparada. Intervenções: Avaliação da fala, antes e, em média, 4 meses após a cirurgia ortognática. Variáveis: Ponto articulatório dos grupos de fonemas bilabiais, labiodentais, linguodentais, alveolares, palatais e velares, sendo considerada presença ou ausência de alteração. Resultados: Houve o predomínio de permanência sem alteração para os grupos de fonemas bilabiais e velares, permanência com alteração para os labiodentais e linguodentais, e melhora para os alveolares. Já, no grupo de fonemas palatais, houve uma maior distribuição entre os resultados, com equilíbrio entre permanência com e sem alteração. Apesar de raros, houveram casos de piora para esses quatro grupos. Conclusão: Em sujeitos com mordida cruzada total, a cirurgia ortognática não exerceu influência nos fonemas bilabiais e velares, corretos na fase pré-cirúrgica; influência positiva foi observada em menos de 1/3 no grupo de fonemas labiodentais, e ao redor de 50% nos linguodentais, alveolares e palatais; influência negativa ocorreu nos quatro grupos, ao redor de 5%. À exceção dos casos de adequação automática de todos os fonemas do grupo e de permanência sem alteração, os demais resultados evidenciaram a necessidade de terapia miofuncional orofacial.
Título em inglês
Orthognathic surgery and speech production.
Palavras-chave em inglês
speech articulation disorders / maxillofacial surgery / cleft palate
Resumo em inglês
Objective: To evaluate, in individuals with anterior and posterior crossbite, the influence of orthognathic surgery on the production of different Portuguese phonemes grouped as to the place of articulation. Model: Prospective study for comparison of the speech of individuals submitted to orthognathic surgery, before and after surgery. Setting: Physiology Laboratory – HRAC/USP. Participants: 19 males and 11 females (mean age 21 years) with anterior and posterior crossbite with repaired cleft lip and palate. Interventions: Speech evaluation before and about four months after orthognathic surgery. Variables: Place of articulation of the groups of bilabial, labiodental, dental, alveolar, palatal and velar phonemes, considering the presence or absence of alteration. Results: There was predominance of permanence without alteration for the groups of bilabial and velar phonemes, permanence with alteration for the labiodental and dental phonemes, and improvement in the alveolar phonemes. As regards the group of palatal phonemes, there was a greater distribution among the outcomes with balance between permanence with and without alteration. Though rare, there were cases of worsening for these four groups. Conclusion: In subjects with anterior and posterior crossbite, the orthognathic surgery did not yield any influence on the bilabial and velar phonemes, which were correct in the pre-surgical phase; a positive influence was observed in less than 1/3 in the group of labiodental phonemes and close to 50% in the dental, alveolar and palatal phonemes; the negative influence in the four groups was close to 5%. Except for the cases with automatic adaptation of all phonemes in the group and permanence without alteration, the other results indicated the need of orofacial myofunctional therapy.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
dissertacaoTrixy.pdf (697.78 Kbytes)
Data de Publicação
2006-05-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.